skip to Main Content
14 de julho de 2020 | 12:56 am

A MARÉ DO “SECRETÁRIO DAS FUNERÁRIAS”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Exonerado da Secretaria de Agricultura de Porto Seguro, Robson Roberto Santana não enfrenta uma boa maré. Há exatamente um mês, no dia 18 de julho, a esposa de Robson, Lorimar de Souza, atropelou e matou o índio pataxó Manoel Reis Marino de Oliveira, 41 anos. Ela ficou foragida, mesma condição em que se encontra o secretário de agricultura.

Robson Roberto já foi exonerado pelo prefeito de Porto, Gilberto Abade (PSB), quando o esquema foi “detonado” pelo Ministério Público Estadual e a Polícia Civil. Além de Robson, estão foragidos o policial civil Cláudio Bispo e os “laranjas” Ricardo Amaral e Neurimar de Souza. Estão presos os comerciantes Clemerson Bispo e Frederico Porto Leão.

Esta publicação possui 0 comentários

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top