skip to Main Content
30 de novembro de 2020 | 01:44 pm

ITABUNA ‘GERA’ 20 EMPREGOS EM JULHO; ILHÉUS SOMA 170

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os dois principais municípios do sul da Bahia tiverem desempenho distinto em relação à evolução do emprego formal no mês de julho. O saldo em Itabuna – depois de computadas as contratações e as demissões – foi de 20 postos, levando-se em conta todos os setores da economia. Já Ilhéus teve um resultado bem melhor: 170 empregos.

Em Itabuna, quem mais empregou foi o setor de serviços, contratando 343 novos trabalhadores. Também foi quem mais demitiu – 284 – perfazendo um saldo positivo de 89 empregos. O maior saldo negativo ficou com a indústria: 33. Este setor empregou 153, mas demitiu outros 186. O total de empregos gerados em todos os setores foi de 837, contra 817 desligamentos, o que resultou em saldo positivo de 20 empregos.

Já em Ilhéus, o comércio foi quem mais deu emprego, 256. Mesmo demitindo 120 trabalhadores, ainda assim gerou um saldo de 136 postos no período. Já o setor de serviços foi o grande vilão para o crescimento dos empregos formais: gerou 152 e descartou 175, ficando com um saldo negativo de 23 postos.

Somando todos os setores, Ilhéus abriu 638 vagas e demitiu 468 trabalhadores, criando saldo de 170 novos postos de trabalho. Os dados podem ser consultados a partir do site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) ou clicando aqui.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top