skip to Main Content
24 de setembro de 2020 | 07:26 pm

MAIS UM ABACAXI PARA DESCASCAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois de pedir à Câmara autorização para fatiar um débito de mais de  R$ 900 mil com a Coelba, o prefeito Capitão Azevedo deseja agora o aval do legislativo para resolver problema bem maior.

Ocorre que nos últimos anos, os ilustres prefeitos cometeram o grave deslize de não recolher as parcelas do FGTS às contas dos trabalhadores na Caixa Econômica Federal. O rombo cresceu e hoje alcança a cifra astronômica de R$ 21 milhões.

Azevedo mandou projeto para a Câmara, que detém o poder de liberar a repactuação do débito. A proposta do governo é dividi-lo em 137 prestações, que não chegam a ser suaves.

De acordo com o prefeito, a regularização da dívida com o Fundo de Garantia atenderá uma antiga reivindicação dos servidores municipais. Hoje, muitos deles estão com o saldo praticamente zerado no FGTS, apesar de alguns terem anos e anos de trabalho.

O projeto tramita em regime de urgência e no próximo dia 1º o vereador Solon Pinheiro, relator da matéria, vai emitir parecer.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Nem precisa fazer isso, é só os trabalhadores recorrerem ao TRT e todos os órgãos competentes da justiça trabalhista que resolve esse problema fácil, fácil. Estamos nos organizando para isso, nos aguardem….

  2. Zelão diz: – Toma que o filho é teu!

    Sinceramente, não vejo como ser este uma abacaxi nas mãos do prefeito Azevedo. Vejo-o, muito mais, nas mãos dos vereadores. O prefeito propõe agir legalmente no comprimento de uma obrigação legal do município, que infelismente não foi honrada pelos seus antecessor(es).

    Se for negada a autorização, a responsabilidade caberá aos edis, perante a justiça e aos funcionários do municipio os maiores prejudicados. O prefeito Azevedo, assume a responsabilidade que lhe cabe, como atual gestor. Caberá aos edis, assumirem as responsabilidades que lhes cabe, aprovando o pleito do executivo e instaurando inquerito através da instalação de uma CI (Comissão de Inquérito), para apuração de responsabilidades pelo ônus causado ao município.

  3. engraçado uma coisa, se o cara (Prefeito) erra o povo cai matando, agora se Cuma e Pedinha erram feio e dá calotes ai o problema ai sim é de Azevedo rssss… José Nilton de Azevedo, fique tranquilo você é o reeleito!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top