skip to Main Content
20 de setembro de 2020 | 02:33 pm

REPORTAGEM DO CORREIO DESAGRADA PAULO SOUTO

Tempo de leitura: 2 minutos
Prisão de Ravengar teria detonado movimento do 7 de Setembro, diz Correio.

Prisão de Ravengar seria origem de movimento do 7 de Setembro, diz Correio.

A ala do DEM baiano mais próxima do ex-governador Paulo Souto não gostou nem um pouco da reportagem publicada neste domingo pelo jornal Correio da Bahia que falava das origens do crime organizado em Salvador, segundo revelou fonte do partido que, por motivos óbvios, não quer se identificar.

A matéria explica que criminosos como Cláudio Campanha, Val Bandeira, César Lobão, Aladim e Perna começaram ainda jovens no crime fazendo trabalhos menores no esquema até então dominado por Raimundo Alves de Souza, o Raimundão, preso em 2004. Presos pela polícia, especializaram-se no tráfico de drogas e na organização de quadrilhas nos corredores do sistema prisional baiano, ainda no governo de Paulo Souto.

A fonte diz que nomes ligados ao ex-governador acham que a matéria do Correio tem um importante propósito paralelo: consolidar a idéia de que os atuais líderes do crime foram forjados no péssimo estado das unidades carcerárias do governo passado.”Sem querer, a ação deflagraria nos anos seguintes [ao de 2004] uma ruptura no aparente ordenamento do comércio de drogas na capital, culminando no terror iniciado em pleno feriado de Sete de Setembro”, diz a reportagem.

Como se sabe, o jornal Correio da Bahia é controlado pela família do deputado federal ACM Neto, e para este não é interessante a eleição de Paulo Souto para o governo em 2010. O melhor dos mundos para Neto seria a reeleição de Jaques Wagner porque, desta forma, o deputado surgiria como candidato natural ao governo do estado pelo DEM, em 2014.

E, para isso, ele estaria usando o jornal da família para tentar solapar a candidatura de Souto, mesmo que de forma dissimulada. A fissura entre as alas carlista e soutista do DEM já estava evidenciada. A matéria do Correio serviu para ampliar um pouco mais esse vão. Um dos ‘demos’ via “sacanagem” com Souto na abordagem do jornal carlista. Não é pra tanto, né?

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Paulo Souto deixou de ser cidadão conceituado entre os politicos baianos a partir do instante em que foi percebida a sua falta de personalidade, a sua falta de caráter.
    Não devemos e nem podemos manter um politico que passou o tempo inteiro da sua vida à sombra de outro politico, e quando achamos que este irá assumir o seu espaço, esse passa a demonstrar a sua verdadeira face de fraqueza, sem palavra e do tipo vai com as outras.
    Em Itabuna é muito provável a sua derrota, isto se o mesmo persistir com o seu nome para o governo do estado, fato que não acredito.

  2. Decepcionei-me com PS desde quando faltou com a sua personalidade quando da morte de LEM; mesmo assim ainda acreditava.
    Tomei outro golpe, quando ele aceitou que ACM indicasse RT para o ministério das Minas e Energia em detrimento do seu, um geólogo com passagem pela CNO.
    Recebi outro golpe, quando não rompeu com ACM e não apoiou AI para o Senado.
    Mesmo assim, eu ainda acreditava nele; mas quando da morte de ACM esperei uma reação,, a quebra dos grilhões, a retirada da canga…mas o que assisti foi o beija mão e a ascensão ACMNTº.
    Não acredito em falta de caráter, mas esta falta de coragem para reagir e para se impor é indício de um comportamento pusilânime.

  3. Até que enfim os próprios reconheceram que ficaram décadas e mais décadas produzindo males. Por onde anda este Ravengar? Alguém sabe?Uma vez a polícia prendeu e a justiça soltou. Era no governo de Paulo solto…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top