skip to Main Content
13 de maio de 2021 | 12:19 pm

POLÍTICOS SE MOBILIZAM PARA REVERTER QUEDA DE MOACIR

Tempo de leitura: < 1 minuto

É intensa a mobilização para reverter a demissão do diretor do Instituto Biofábrica de Cacau, Moacir Smith Lima. Políticos ligados ao Sul da Bahia e ao ex-diretor, a exemplo do deputado federal Geraldo Simões, se movimentam em Salvador, na tentativa de desfazer o ato que derrubou Moacir.

De acordo com informações colhidas pelo Pimenta, até o governador seria simpático à permanência de Moacir, mas sua demissão teria sido sacramentada pelo conselho administrativo da Biofábrica. A reunião que definiu a queda foi na terça-feira, e teve a participação do secretário da Agricultura, Roberto Muniz.

Devido à polêmica que se criou em torno da queda de Moacir, as fontes do Pimenta em Salvador afirmam que o nome do substituto não será conhecido hoje. “Até que se resolva se ele volta ou não, é prudente deixar essa questão para depois”.

Aguardemos prudentemente, então.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. A Biofábrica virou uma vergonha!,em parte pela forma que o Governo Wagner vem permitindo seu funcionamento e, no todo pela forma que Moacir vinha administrando (Opa! fingindo administrar).É prudente substitui-lo e colocar gente com sangue e visão nova. Só assim, a Biofábrica cumprirá o seu papel.

  2. Afastando o objeto do comentário anterior, por sua natureza, deixamos uma indagação: o que esperar de um Governador que renunciou ao passado político em favor da governabilidade/reeleição?
    Adylson Machado

  3. O geraldo hoje é um verdadeiro FDP(FORA DO PODER) foi demitido da Secretaria e, está vendo todos os seu comandados serem mandados embora. Tem mandato mais não tem poder, está FDP(FORA DO PODER).

  4. Zelão diz: – Me engana que eu gosto!

    Se a renomeação de Moacir Lima, depender do “prestígio” e do empenho do deputado Geraldo Simões, junto ao Governador Wagner, é bom que Moacir, procure logo um novo emprego.
    Adervan – quando ainda era inimigo de Geraldo – dizia, que Geraldo era igual a mandacarú,não dava sombra nem encosto.
    Não venha Geraldo dizer; que só agora é que tomou conhecimento das articulações para defenestrar Moacir, da Biofábrica. Se nada fez antes para impedir a demissão, não será com o seu “imenso prestígio” junto a Wagner, por quem também foi demitido do cargo de secretário, que fará com que se dê a “renomeação” de Moacir.
    De todos que trabalharam por Geraldo, e esperavam o seu reconhecimento, só falta cair Miralva, que por enquanto está se “equilibrando” à frente da Direc/Itabuna e Marcão na Dires.

  5. O que fizeram com a nossa biofábrica, um orgão que nasceu de um ideal do ex governador Paulo Souto e foi inauguarada pelo Senador Cesar Borges e brilhantemente administrada pelos gestores da epoca, agora se ver nessa situação sendo disputada por dois, me desculpem a franqueza despreparados Moacir e Henrique. Os conselheiros da biofábrica sentem vergonha pelo que esta acontecendo.

  6. Os Conselheiros da Biofábrica são os maiores culpados pela situação em que esta Empresa chegou, so se reunem para contar piadas, não comparecem na Unidade de produção, não sabem nem quantos funcionarios a Empresa tem!. E manter Moacir na direção se isto acontecer será decretado o fechamento da Biofábrica e eu estou falando do Conselho Fiscal e Administrativo.

  7. A BIOFÁBRICA FOI CRIADA COM O OBJETIVO DE APOIAR O PRODUTOR NA RECUPERAÇÃO DA COMBALIDA LAVOURA CACAUEIRA E NÃO PARA SERVIR DE DISPUTA ENTRE GRUPOS POLITICOS DESGASTADOS SEM A PREOCUPAÇÃO DE COLOCAR A FRENTE DA GESTÃO DO ORGÃO UM PROFISSIONAL COMPETENTE, CHEGANDO -SE AO PONTO DE UMA DISPUTA ENTRE UM XERIFE QUADRADO X HENRIQUE. MELECA

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top