skip to Main Content
28 de fevereiro de 2020 | 07:26 am

MELHOR PARAR DE BRIGAR COM OS FATOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

José Paulo Kupfer

Do blog Crônicas da economia brasileira

Um sexto da população brasileira subiu na escala social, entre 2003 e 2008, ou seja, no governo Lula. Foram 32 milhões de pessoas que passaram a fazer parte das classes A, B e C. A conclusão é da insuspeita Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Desse conjunto, quase dois terços deixaram para trás as classes D e E. Em números absolutos, cerca de 20 milhões de brasileiros saíram das faixas mais pobres. As classes D e E, com o movimento, encolheram, no período, acima de 40%.

Quem diz tudo isso é o economista Marcelo Néri, coordenador do Centro de Políticas Sociais da FGV. Néri é um dos maiores especialistas brasileiros na organização e análise dos microdados fornecidos pelos levantamentos sócio-demográficos, em especial dos censos e das pesquisas por amostras, do tipo das PNADs. Não consta que alguma vez, na sua já longa e bem sucedida carreira de pesquisador, tenha se preocupado com possíveis ”usos eleitorais” de seus achados técnicos.

Leia mais

MP VAI ANALISAR REAJUSTE ILEGAL DA EMASA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Capitão Azevedo (DEM) decidiu peitar a Câmara de Vereadores e o primeiro-secretário da Casa, Roberto de Souza (PR), partiu para a contra-ofensiva. Entregou ao Ministério Público Estadual (MPE) um abaixo-assinado com mais de 3 mil assinaturas contra o reajuste ilegal da tarifa de água, promovido pelo governo municipal. As assinaturas foram apresentadas em audiência da qual também participou o vereador Wenceslau Júnior (PCdoB).

No dia 5 de junho, o prefeito publicou decreto reajustando a tarifa de água. Por lei, a Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) somente poderia reajustar as contas a partir do dia 6 de julho, 30 dias após a publicação do decreto. Mas a empresa decidiu emitir as contas com o aumento a partir do dia 1º.

A guerra já dura quase dois meses. Roberto de Souza e mais três vereadores de oposição exigem do governo que os consumidores sejam ressarcidos pelos 25 dias de cobrança ilegal da tarifa. O prefeito Capitão Azevedo só admite compensar pelos cinco primeiros dias (1 a 5 de julho).

O promotor Clodoaldo da Anunciação ficou de checar as assinaturas e conferir se a quantidade é suficiente para demandar investigação, o que poderá resultar em abertura de inquérito civil público e, possivelmente, uma ação civil pública para pedir, na Justiça, o ressarcimento dos valores cobrados ilegalmente.

Pelo visto, e por enquanto, o consumidor itabunense é quem vai pagar a conta. O reajuste é de 14,52%, escalonado, sendo 9,72%, em julho e a segunda parcela, de 4,52%, em outubro. Ou seja, próximo mês vem mais rebombada no bolso do itabunense.

PORTAL ABORDA VIOLÊNCIA EM SALVADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Portal UOL

A transferência de líderes do tráfico de drogas para penitenciárias de segurança máxima, o aumento do contingente policial nas ruas e a mudança de estratégia adotada pelo governo da Bahia para combater a criminalidade não conseguiram reduzir, pelo menos por enquanto, os índices de criminalidade principalmente em Salvador e região metropolitana.

Entre a 0h deste domingo (20) e 7h desta segunda-feira (21) foram registrados 14 assassinatos na região metropolitana, de acordo com a SSP (Secretaria da Segurança Pública), número bem superior à média diária, que é de seis mortos.

Há duas semanas, uma onda de violência levou pânico à população de Salvador: 16 ônibus foram incendiados e bases da polícia foram metralhadas. Para conter os ataques, o Estado transferiu 14 acusados de ligação com o tráfico para penitenciárias do Mato Grosso do Sul, Catanduva (PR) e Serrinha (BA), prendeu 22 suspeitos e matou outros dez.

Leia mais

PT DE ITABUNA LONGE DO CONSENSO

Tempo de leitura: 2 minutos
Chico do PT e Zito do Queijo vão para bate-chapa com Miralva.

Chico do PT e Zito do Queijo vão para bate-chapa com Miralva.

Vai haver bate-chapa na eleição do novo diretório do PT em Itabuna. Além da candidatura da professora Miralva Moitinho, quem também entra na disputa é Ozilton Monteiro Ferreira, o “Zito do Queijo”, da corrente O Trabalho.

Ele é candidato a presidente do diretório e terá como vice um dos quadros históricos da legenda em Itabuna, o contabilista Francisco Estevam, o “Chico do PT”. A eleição do diretório aconterá no dia 22 de novembro.

A estratégia de Zito, segundo o próprio, é partir para o convencimento de “cada um dos militantes do partido” e ganhar a eleição. Segundo ele, a sua candidatura prova que o diretório local não tem dono. “O partido precisa voltar às origens”, conclama.

O vice, Chico Estevam, defende um partido de massas, revolucionário. “Nosso projeto é socialista, não é projeto de família”, alfineta. Zito é filiado ao PT desde a década de 80 e Chico tem 20 anos no partido, além de ser um dos fundadores do núcleo do PT do São Pedro e presidente da Associação dos Moradores do São Pedro.

Os cabeças-de-chapa também reclamam da falta de posicionamento da legenda em relação ao governo local (DEM) e aos partidos PSDB e PMDB. “O partido não deixa claro em Itabuna, hoje, se é oposição ao governo do prefeito Capitão Azevedo”. Quanto ao PSDB e PMDB, a posição da corrente é de total afastamento das duas legendas, “mas os diretórios local e estadual não têm um posicionamento claro em relação a isso”.

A corrente O Trabalho quer levar o PT a refletir e repensar os rumos tomados nos últimos anos, segundo Chico.  “O partido está aliado ao mercado, não vive sem a política de mercado. Nós, da corrente O Trabalho, pensamos diferente e defendemos o socialismo”. Nessa linha, os petistas da corrente pregam a reforma agrária, reestatização em vários setores e maior participação do estado nas políticas públicas.

APESAR DOS ESFORÇOS, DIRETOR DA BIOFÁBRICA NÃO VOLTA

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Parece que não tem volta a demissão de Moacir Smith Lima da direção do Instituto Biofábrica de Cacau. Até agora não renderam resultados positivos os esforços de lideranças políticas da região em favor do retorno do ex-diretor. Com isso, já tem quem acredite numa ação deliberada do governo Wagner, no sentido de promover uma poda nos cargos ligados ao deputado Geraldo Simões.

Os defensores dessa tese afirmam que o ‘rebaixamento de copa’ começou com a exoneração do próprio Geraldo, da Secretaria da Agricultura, continuou com a demissão do titular da Educação, Adeum Sauer, e já chegou às empresas ligadas ao deputado, caso de Moacir.

Mas essa explicação carece de fundamentos. Se forem observados os postos que Geraldo ainda mantém na estrutura do governo e o recomeço das indicações – a Sudic é um exemplo – deduz-se que os que saíram, caíram pelos seus próprios méritos.

Claro que nisso tiveram uma ‘ajudinha’ do próprio governo, que passou pelo maior perrengue nos últimos meses, sacrificando investimentos nas diversas áreas. As vítimas mais recentes e notórias dessa complicada relação foram, justamente, Adeum e Moacir. Ambos se viram tolhidos em seus projetos mas, ainda assim, pagaram o pato e saíram como maus administradores.

AZEVEDO E MOACYR PARTICIPAM DE POSSE DE MINISTRO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A posse do novo ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, terá dois representes da região como convidados. O prefeito de Uruçuca e presidente da Amurc, Moacyr Leite, e o seu colega de Itabuna, Capitão Azevedo, estão na lista do novo titular da pasta. A posse está marcada para o próximo dia 28, no salão nobre do Palácio do Itamaraty.

A pasta é uma das mais procuradas por prefeitos em busca de recursos da União. Nesse sentido, esse convite pode se traduzir num bom presságio para Itabuna e região. Sabe-se, porém, que não basta ter boas relações em Brasília. De 2003 pra cá, vale mais ter projetos.

ZIGNAL NO PCdoB?

Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado Gilberto Brito está de namorico com o PCdoB, mas o seu destino partidário pode ser mesmo o PDT. Brito teria sido decisivo no ingresso de Félix Júnior no partido de Brizola. Júnior é filho do deputado federal Félix Mendonça, que abandona a disputa política e abre espaço para o pupilo. Gente como o presidente Mário Negromonte dava como fatura liquidada a ida de Júnior para o PP.

PÃES DUROS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Liga Itabunense de Futebol resolveu, como se diz no popular, passar a sacolinha para garantir a Seleção de Itabuna na disputa do título do Intermunicipal. Corre daqui, corre dali, o presidente da Liga, Roberto Nascimento, o Deco, decidiu procurar ajuda na Câmara de Vereadores.

Deco abriu o coração e o livro de ouro para os vereadores e conseguiu sensibilizar 9 dos 13 edis. Rose Castro (PR), Didi do INPS (PDT), Ruy Machado (PRP) e Gerson Nascimento (PV) se negaram a ajudar a causa de apenas R$ 100,00 por assinatura.

Apesar dos muquiranas, Itabuna venceu Jequié, por 2×0, em jogo válido pela segunda fase do Intermunicipal.

Atualizada às 10h15min 22/09

WILSON BRITO ASSUME O DERBA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mudança no Derba. Depois da saída do peemedebista Jorge Tufic, há cerca de um mês, finalmente o órgão estadual de infraestrutura de transporte terá novo comando. Quem assume o Derba é o ex-prefeito de Prado, Wilson Brito, dentro da cota do PP.

A solenidade de posse acontece no CAB. Por lá, estão os secretários estaduais João Leão (Infraestrutura) e Roberto Muniz (Agricultura), além do deputado Roberto Brito e do presidente do PP baiano, Mário Negromonte. Quem também participa do ato é Fábio Lima, pré-candidato a deputado estadual.

Back To Top