skip to Main Content
8 de maio de 2021 | 05:11 am

‘GANGUE DO MERCADO’ AINDA ESTÁ LIVRE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O vídeo que revela a atuação de uma gangue que furta bolsas de clientes em supermercados de Itabuna tem mais de 1.300 exibições em menos de três dias no ar.

Apesar do sucesso no site de vídeos Youtube, a polícia ainda não conseguiu prender ninguém da gangue, integrada por um trio de mulheres que aproveita descuido de clientes para praticar o furto.

Uma das vítimas deu queixa na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, em Itabuna, no último dia 10. O supermercado onde ocorreu o furto liberou as imagens para a vítima, que as apresentou à Polícia Civil. Por enquanto, nada.

As três ladras são jovens, aparentando entre 25 e pouco mais de 30 anos e aparecem logo nos primeiros segundos do vídeo abaixo (ou acesse direto no Youtube clicando aqui). Elas fingem estar comprando alguns produtos enquanto escolhem a vítima. Depois do furto, elas fugiram num Fiat Uno, placa de Canavieiras.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. por que a segurança do supermercado nao interferiu o furto ele devi ser resposavel é idenizar a vitima pois nesse caso ele é cumplice pois nao fez nada na hora do crime

  2. O operador de vídeo fez toda essa filmagem e nenhuma providência foi tomada durante o ocorrido?? Onde estava a segurança do Supermercado?? Se havia uma suspeita elas já não deveriam ter sido abordadas?? Mas que coisa, Itão!!!

  3. O carro, veiculo Fiat com placa de Canavieiras, não será uma pista para identificação? A divulgação do video conforme “lula” disse, é outra alternativa, ou vai terminar em pizza e o prejuizo sobrar para a vitima.

  4. Que segurança é esse?

    Sádico?

    Ele foi cúmplice do crime.

    Fiquei indignado com o vídeo ao perceber que esse tal Segurança viu tudo; sabia de tudo; permitiu tudo e se omitiu.

  5. Tem gente roubando em outros mercados também. Em Junho passado(Semana do São João), estavamos fazendo compras no Bom Preço(shoping Itabuna) e roubaram um celular na bolsa de minha filha, cuja bolsa ela tinha colocado no carrinho de compras. Na saida quando ela procurou o celular já tinham roubado. Se fosse mais recente este caso do roubo do video acima, iria registrar uma queixa na delegacia e requisitar ao Bom preço as imagens do dia do roubo. Fica aqui um alerta a direção do Bom Preço.

  6. Q absurdo!! Pior q a atitude dessas ladras é a cumplicidade do supermercado…
    A polícia tem condições de identificá-las e deve fazer isso, a impunidade ñ pode se tornar um incentivo!!

  7. Nobre pimenta como o fato ocorreu dentro do supermecado, o mesmo é responsavel, e foi omisso em não acionar a segurança ou a policia e tambem responde. Surgiro que a vítima procure a delegacia registre uma queixa, inclusive contra o mercado, procure um advogado para entra com uma ação, se não poder pagar, busque ajuda na defensoria pública ou ate mesmo no NUPRAJ que ira ajudar a vitima. Qualque duvida em questão de resposabilizar a quem de direito pode mandar um email para mim que eu estou disposta a ajudar a vitima.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top