skip to Main Content
31 de março de 2020 | 07:35 am

OS ‘PAUPÉRRIMOS’ SURFISTAS AMERICANOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O controverso presidente da Associação de Turismo de Ilhéus, Luigi Massa, anda sempre envolvido em polêmicas. Na coletiva do Panamericano de Surfe, na quinta passada, disse que o evento será importante para a cidade, mas não terá significância para a rede hoteleira.

E largou lá sua teoria. Disse que surfista não tem dinheiro para ficar em hotel. Instalou-se um mal-estar entre organizadores. Massa mostrou desconhecer que estarão em Ilhéus os tops do surf das três américas, detentores de bons patrocínios – e não vêm sozinhos.

A competição acontecerá pela primeira vez no Brasil, na praia de Batuba (Olivença), e terá transmissões ao vivo pela internet e canais esportivos de tevê. Se liga, Luigi.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Não é de se espantar com o comentário feito pelo presidente da ATIL, Luigi pensa pequeno, fez um grupinho dentro da associação e esquece que o turismo de Ilhéus é mais do que ele e seu grupo pensam.Infelizmente é uma pessoas despreparada como essa que representa o trade em nossa cidade.Todo mundo fala que Itacaré da de 10 a 0 em Ilhéus quanto ao turismo, mas duvido que saisse um comentário ridículo como esse da boca de qualquer empresário de Itacaré, principalmente de um representante do trade local.Acorda Ilhéus!!!!!!!!

  2. Esse comentário do Sr. Luigi Massa mostra toda a falta de preparo que ele possui para poder conduzir uma entidade do porte da Atil. Não tem liderança e nem pensa em prol do coletivo. O trade de Ilhéus hoje é desunido, desarticulado e não contribui significamente para melhorar a cidade. E a gestão desse cidadão é um dos motivos para a manutenção dessa situação.

  3. O sr Luigi precisa viajar! Viajar? Isso mesmo. Um gestor de turismo precisa viajar? Precisa sim para conhecer um turismo de verdade! Uma sugestão: Substitui o presidente da Associação de Turismo por um mais experiente digamos assim e manda o sr luigi viajar por uns 6 meses!

  4. …logo depois peguei o microfone e coloquei alguns pontos importantes sobre esse esporte o qual o “presidente da ATIL” desconhece tais como: O Surf é o segundo maior “garoto propaganda” do nosso município, ficando atás do genial escritor Jorge Amado que nos deixou um belo legado. O surf já vem trazendo para o nosso município bons eventos, e com eles todo o aparato de mídia, seus seguidores e praticantes, Jojó, o bicampeão brasileiro que adotou no sobre nome “Olivença”, rodou pelos 4 cantos do mundo posando de “outdoor” para todos nós, e a industria de surf wear(moda surf) que possue somente no município cerca de 10 lojas exclusivas do seguimento fora as não especializadas…

    …enquanto isso…garçons despreparados e cabanas sem condições de funcionamento continuam operando sem q a entidade de Luiggi tome providencias…

    E…como canta Alceu Valença, “Lá vem chegando o verão…no trem da estação da luz…”

  5. Santa ignorância!O surf movimenta a economia por onde passa. Pesquisas mostram que 8 entre 10 jovens pesam em serem surfistas. e 10 dos 10 consumem moda surf wear…
    Mas, vai aqui um adendo: Eventos, e somente eventos, de todas as naturezas trazem renda e movimentam a cidade. O turista pode não esta especificamente em pousadas mas,esta na cidade.Isso permite que o comercio tenha movimento e que pessoas possam torna-se turistas em potencial para um retorno mais programado à cidade.
    O tal presidente ai, um tremendo “zé pereba”, deveria pensar antes de falar tanta baboseira.

  6. Eu não conheço o Sr. Luigi e imagino que o comentário que ele fez foi por não conhecer de perto o mercado e a economia que movimento o Surf no Brasil e no mundo.
    Além disso, toda a publicidade gerada pelo evento gera horas e horas de tempo de rádio, tv, jornal e internet.
    Ilhéus o Sul da Bahia como um todo precisa mudar o seu pensamento, pensar grande! É preciso trazer mais e mais eventos estaduais, nacionais e internacionais para a cidade e para a região.
    Assim eu poderei, toda vez que visito o Sul da Bahia, ter orgulho de minha região.
    Atualmente quando vou o que sinto é um desânimo porque percebo que tudo está como dantes no quartel d´Abrantes!

  7. Voltei para comentar novamente porque fiz uma busca no google do termo “economia do surf” e encontrei alguns textos interessantes.
    Sugiro que o presidente da Atil também o faça. Para o caso de que ele queira ganhar tempo, abaixo um link de um texto elaborado por um professor português colocando o Surf com uma excelente oportunidade para atrair turistas ao país.
    Ele chega a colocar que o surf pode se tornar para Portugal o que os esportes de neve se tornaram para os Alpes Suíços.
    http://economico.sapo.pt/noticias/a-economia-do-surf_72359.html

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top