skip to Main Content
11 de julho de 2020 | 05:58 pm

MUDANÇA EM RECEPTIVO NO PORTO CAUSA PROTESTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Táxis e vans interditam o acesso ao porto do Malhado (Foto Mary Melgaço).

Táxis e vans interditam o acesso ao porto do Malhado (Foto Mary Melgaço).

Taxistas e donos de locadoras fecharam o acesso ao porto internacional de Ilhéus, hoje, em protesto contra a proibição de receptivos a turistas dentro do terminal portuário. Eles acreditam que a medida da Organização Marítima Internacional vai prejudicar os negócios na temporada.

As negociações começaram em julho, mas a Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) e a Secretaria Especial dos Portos se mantêm irredutíveis e não aceitam abrir mão da exigência da Organização Marítima. A temporada de verão 2009/2010 prevê 42 paradas de transatlânticos em Ilhéus. Uma alternativa está sendo a construção de área para receptivo na concha acústica.

O cumprimento da determinação da Organização Marítima Internacional poderá representar um grande baque financeiro para os taxistas e donos de vans que fazem receptivo a turistas que aportam em Ilhéus em transatlânticos.

A pressão do grupo cresce quando se aproxima o período de paradas de cruzeiros marítimos. A primeira escala de um cruzeiro em Ilhéus, na temporada, está prevista para o dia 22 de novembro, quando atraca no porto do Malhado o transatlântico MSC Opera.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top