skip to Main Content
4 de agosto de 2020 | 05:00 am

TRE CASSA PREFEITO DE CORDEIROS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Bahia Notícias

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou o mandato do prefeito de Cordeiros, José Roberto de Oliveira, e do vice-prefeito, Antônio Aparecido Pereira. Eles foram acusados de abuso de poder econômico e compra de votos na eleição municipal do ano passado. O TRE determinou novas eleições, mas ainda não há data.

A assessoria do prefeito disse que ele está recorrendo da decisão junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Se ele for mesmo afastado, quem assume a prefeitura é o presidente da Câmara de Vereadores de Cordeiros, Isauro Ricardo da Silva, até que as novas eleições sejam realizadas. A cidade de Cordeiros fica no Sudoeste do estado, a 662 km de Salvador.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Compra de votos confirmada e com provas, agora improbidade administrativa, o TRE só não CASSA o prefeito de Itabuna.

    Incrível como aqui nessa cidade tudo acontece e as autoridades de Justiça fecham os olhos para o descaso. Desde a gestão passada!

    É vereador que comprou voto, líder do governo na câmara, uma família no poder: pai (secretário de finanças), filha (procuradora-geral do município) e filho (tributos da prefeitura) todos cargos importantes. primeiro escalão!

    Até entendo o esforço do promotor público, Clodoaldo Anunciação, mas parece que TODOS ignoram suas atitudes e denúncias. Parece aquele dito popular: “cachorro que ladra, não morde” ou “santo de casa, não faz milagre”

    Podre Itabuna!

  2. Vergonhosamente em Itabuna se compra votos aos olhos da justiça e da policia, é preso em flagrante, apresenta farto material de capanha, assume a compra para quem e quem o mandou, assina depoimento confessando, e nada acontece, ninguém é cassado.
    Eu acho que o prefeito de Cordeiros foi casssado porque lá não tem CARLOS BURGOS, se tivesse o prefeito tava no cargo tranquilamente.

  3. Esse tal De TRE não da para entender só não cassa o tal Milto Gramacho talvel é porque as provas não sãosuficiente alguém pode me explicar pasme.

  4. Parabéns ao TRE, pois estive em cordeiros e vi com os meus proprios olhos a bagunça que o grupo politico do prefeito JOSE ROBERTO estava fazendo, eles estava conduzindo um municipio de forma errada, perseguindo, com bagunça ,e com um bando de moleque ao seu redor, mas fazer o que se o prefeito é um aproveitador, é triste pra um municipio mas é melhor assim, quem sabe agora as pessoas tomam vergonha e coloca pessoas serias e competentes, como havia antes cordeiros vai voltar a brilhar!!!!!!!!!!!!

  5. Prefeito de Cordeiros, do PT, é cassado acusado de compra de votos

    O TRE (Tribunal Regional Eleitoral da Bahia) cassou o mandato do Prefeito Municipal de Cordeiros José Roberto de Oliveira (PT), conhecido como Zé de Betina, além do vice, Antônio Aparecido de Pereira. A cassação se deu através de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral proposta por Odaildo Altino Ribeiro a qual tinha como objeto apurar o abuso do poder econômico e a compra de votos ocorridos no município nas últimas eleições.
    O advogado Christiano Ferreira, autor da ação eleitoral, esteve na Resenha Geral de hoje (quarta-feira) e explicou o fato. “Ele estava na administração da cidade por causa da liminar, que foi revogada desde a última sexta-feira e acabou caindo. A cassação ocorreu sobretudo pela robusta prova produzida nos autos onde ficou demonstrado inequivocamente o fornecimento de transporte gratuito para mais de 90 eleitores em troca do voto, gerando via de conseqüência o desequilíbrio no pleito eleitoral de 2008”, disse o advogado.
    A partir desta tarde quem assume a prefeitura é o presidente da câmara de vereadores de Cordeiros, Izalro Ricardo(PR).
    Fonte / blog da resenha geral

  6. O PMDB EM CORDEIROS SÃO UM BANDO DE LADRÃO,
    A MAFIA DO DJ GUSMÃO E ADAILTO COMPRANDO CORDEIRO INTEIRO.
    VAI SEUS TROXA, QUER MOLESA SENTA NA MANTEIGA.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top