skip to Main Content
9 de março de 2021 | 08:16 am

DEBATE ‘MORNO’ PELA PRESIDÊNCIA DO PT

Tempo de leitura: 2 minutos
.

Miralva (em pé) e Zito (camisa vermelha, à direita) debateram 'na paz'

Os dois postulantes a presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Itabuna, Miralva Moitinho e Zito do Queijo, debateram com a militância suas propostas para a presidência do DM nos próximos dois anos. O evento ocorreu na manhã de hoje, no plenário da Câmara Municipal. O processo de eleição direta do PT em todo o país ocorre no próximo dia 22.

Embora o choque de ideologias seja evidente entre as correntes que estão na disputa, o debate em si foi marcado por muitos pontos comuns entre os dois candidatos. Divergência, mesmo, só em relação à postura do partido na questão das demissões dos secretários do governo Wagner ligados ao Sul da Bahia – Geraldo Simões (Agricultura) e Adeum Sauer (Educação).

E é nesse ponto também que as duas candidaturas contradizem suas posições históricas: a chapa liderada por Miralva e ligada aos ex-secretários Geraldo e Adeum, entende que o governo é maior do que as duas secretarias. Portanto, mesmo sem concordar com as decisões de Wagner, as aceita como um mal necessário para a governabilidade e a reeleição do governador.

Já a tendência “O Trabalho”, que exige um governo petista “de raiz”, acaba por fazer a defesa dos dois ex-secretários, membros da CNB. “Não aceitamos alianças com PP e outros partidos da direita, em detrimento de nossos companheiros petistas”, disparou Zito.

No mais, as duas chapas prometem reorganizar a militância no município. “Vamos discutir a formação de núcleos nos bairros, garantir melhor comunicação interna e externa e apertar o cerco na questão da fidelidade partidária. Petista não pode, por exemplo, sair apoiando candidatos de outros partidos com a justificativa de que são da base aliada”, disparou a professora.

Ela se referia, claro, ao episódio do apoio de Francisco Estevam ao vereador Wenceslau Júnior, do PC do B. Chico é candidato a vice de Zito do Queijo.

Em um debate morno, porrada, mesmo, só em Caetano Veloso. Caê foi o alvo preferido de todos que se manifestaram na tribuna. Também, foi atacar logo a maior estrela do PT, o presidente Lula…

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Interessante!
    No PT bandeira antigamente era vermelha. Observe leitor que agora derrepente ficou totalmente brança como nesta mesa dos postulantes ao cargo de presidente…Isso é mais que mudança, é uma ante-evolução depois que chegou ao poder.

  2. pena que nao pude ir e nem voto pois nao sou filiadoao partido de carteirinha, porem sou ptista, desde o meu primeiro voto , tenho 47 anos, nao idolatro lula pois so tenho um idolo em mnha vida jesus cristo,sou fá do cara , por sua historia e alem do mais da sua persistencia , pena que eu sei que a politica tem uma canalice que se chama “acordo”, porem fidelidade forçada nao serve nem mesmo no casamento piorou na politica, se vender por cargos , porem cada um sabe da sua vida.
    os politicos em geral tem que repensar a maneira de ver e lidar com os eleitores, parece que todos e de todos os partidos . so veiem os eleitores como fazedores de voto doadores de bons salarios.
    itabuna esta abandonada por todos os politicos e por todos os partidos, nao entendo de politica, secretario da saude tem 10 meses que nao presta conta ao estado, parece que o estado nao esta nem ai, o restaurante popular obra da uniao foi detonado em 3 anos no gov. de azevedo e fernando , azevedo diz ter feito uma reforma depois de eleito prefeito aumentou o preço , mudou o nome do restaurante , a pintura colocou a pintura que representa o gov dele, ate hoje nao vi em lugar nehum o quanto ele gastou na reforma??? o sorridente nhumça funcionou em itabuna, e etc???

  3. È bem irônico a Dona Miralva falar de fidelidade partidária, logo ela que deu um calote no Partidão após ganhar as eleições para a presidente do Sindicato com a ajuda deste.
    Nas eleições do PCdoB os Capa Pretas mandam e os filiados obedecem, nas do PT local, Geraldo passa o Rolo Rompreessor e quem sobrevive obedece.
    Para mim um debate inútil num partido que é comandado por um neo-coronézinho. tendo Miralva ora como capataz, ora como capitã do mato.
    Mas sempre com o Chicotinho na mão.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top