skip to Main Content
31 de outubro de 2020 | 09:32 pm

‘MACONHÓDROMO’ NA BEIRA-RIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Leitor do Pimenta descreve cenário dantesco, preocupante, na margem direita da Beira-Rio, em Itabuna. Todas as noites, a partir das 20h, um grupo de aproximadamente 30 jovens se reúne para consumir bebida alcoólica e fumar maconha, daí o “maconhódromo” do título.

Muitos dos jovens são meninos e meninas de 14, 15 anos de idade apenas. Tudo acontece a menos de 400 metros de um posto da Companhia da Polícia Militar. E, constata o leitor, cada vez o grupo aumenta mais. É óbvio que, se ali tem consumidor, tem gente vendendo drogas, raciocina. “São jovens atraídos para o mundo das drogas”.

O maconhódromo fica ali na praça Rio Cachoeira, ultimamente abandonada e (desculpem a rima!) mal iluminada.

Esta publicação possui 22 comentários
  1. Não somente proximo da policia (que por vezes faz “rondas” naquele local e nada “percebe”), a menos de 100 mts do poder legislativo, e, entre familias que lavam seus filhos para aquela praça (que eu mesmo parei de frequentar com os meus).
    Cadê a guarda municipal?;
    Cadê a policia militar?;
    Cadê a policia civil?;
    Cadê nosso governante e nossos “representantes”?;
    Cadê??????????

  2. Certa feita, um amigo meu de Maceió esteve em Itabuna e resolveu dar uma caminhada na Beira Rio.
    Ao passar por essa área ele estranhou o pessoal fumando maconha. Procurou um policial e disse que havia pessoas consumindo droga e a resposta do policial foi:
    “Não esquente, não. Isso aí é normal”.

  3. A Guarda MUnicipal de Itapetinga faz ronda escolar e em parques e jardins.

    Agora em 2010, a Guarda Municipal de Itapetinga vai receber veículo Ranger.

  4. Isso na verdade não é novo. Mesmo no tempo em que o local era mais frequentado (e zelado) ja se via estes jovens consumindo drogas sem preocupação com transeuntes nem com a polícia.
    A situação piorou quando a praça ficou menos frequentanda, devido à preferência da população pela praça reformada e devido ao abandono por parte da prefeitura.
    E tudo isso é bem simples de se resolver, tanto o abandono quanto o maconhódromo.

  5. seu pimenta vamos deixar de hipocrisia. colocar a culpa na policia pelo consumo de drogas desses jovem é o mesmo que culpar os pinguins pelo aquecimento global. vamos perguntar onde está o poder judiciário?
    a polícia muitas vezes apreende um menor e o judiciário fala que o uso de droga é um caso de saúde, que o menor deve ser levado para a presença de uma profissional de saúde. Agora eu pergunto? a policia trabalha na secretaria de saúde?

  6. tudo isso foi para dizer que a praça esta abandonada e mal iluminada ou para informar que o nosso comandante da PM esta omisso as coisas?

    seria mais fácil dizer que a praça esta abandonada pelo Prefeito José Nilton de Azevedo Leal?

    são coisas desses leitores que não sabe nem criar e nem criticar as coisas e coloca outra no meio.

  7. Já tava na hora de alguem comentar e tomar providencias contra aquilo ali.Soube que um dos meus filhos frequenta, mas não posso fazer nada com medo de represálias deles ( os donos) bem que a civil poderia investigar os fornecedores dos produtos e ai vai alguns codinomes: “binho””KInha””tutu” tem outros… tenho pressa. Mae desesperada.

  8. Sempre a culpa cai em cima da polícia. Se a polícia apreender esses menores, serão logos tratados como coitadinhos pela própria sociedade e pelo próprio leitor denunciante, aja vista, que menor ñ pode ficar preso. Onde estão os familiares desses “aborrecentes”? Outra coisa, onde está o conselho tutelar? Alguém viu, alguém sabe se existe em Itabuna?

  9. Excetuando os menores de idade e o possível tráfico…

    Esses jovens assaltam quantas pessoas??? Já mataram quantas? Estupraram????

    Ou seja, se fossem vereadores tomando wisk com o dinheiro do povo era “confraria de não sei o quê”, sairia até nos jornais daqui.

    TÁ LIBERADO!!

  10. Enquanto o poder público não gerar emprego e lazer pra esses jovens, a cena descrita será uma coisa absolutamente natural. A omissão do governo gera a violencia, o consumo de drogas e o tráfico. Itabuna com esse governo que só pensa nos seus vultuosos salários (os maiores do país), fechou os olhos para esse universo que se estampa a olhos nús!
    Gilberto Gil disse um dia: “Não adianta aumentar os muros de suas mansões, a realidade em volta construirá escadas cada vez mais altas…” Pena que Itabuna não tem um eleitorado esclarecido, tudo isso é fruto da falta de cidadania e consciencia politica!

  11. M A C O N H O D R O M O I T A B U N E N S E

    As nossas praças e jardins sempre tiveram como ornamentação, jovens, senhores e senhoras a consumirem drogas. Se o consumo hoje, acontece no lado direito, no passado recente, era no lado esquerdo.
    Vamos as considerações:
    a)Se o consumo de drogas acontece no lado direito ou esquerdo do Rio Cachoeira, esse não é o maior problema;
    b)Se falta Policiamento Militar, esse, também, não é o maior problema;
    c)Se o problema é a falta de iluminação pública, esse, também não é problema;
    d)Se o problema é a falta de investigação da Polícia Civil, esse também não é o maior;
    e)Se os consumidores do passado recente, por natureza, eram também jovens, hoje, são consumidores adultos;
    f)Os traficantes de ontem, são os mesmos de hoje, esse também, não é o maior problema, a justiça conhece-os;
    Somos todos hipócritas! Por natureza, buscamos sempre uma saída que justifiquem nossas irresponsabilidades sobre o que está acontecendo com os jovens, eles sempre são os culpados.
    É público e notório que a Justiça, além de ser lenta, é um complexo de Leis que penalizam as vítimas, no caso específico, a Sociedade, que é constituída por famílias, hoje desagregadas, desamparadas, pais separados, mães solteiras, falta de religião, falta de ações do poder público. A família deixou de ser o foco da sociedade,e, como sabemos, a sociedade só funciona, quando há dignidade, ética, solidariedade e respeito pelos iguais e desiguais.
    As causas apontadas são todas respeitadas, senão, vejamos:
    1)O Policiamento Militar pode ser melhorado, mas, não resolverá o problema, eles ( os viciados) irão para outro lugar;
    2)Iluminação- Praça iluminada não é indicativo para o fim do consumo;
    3)A Polícia Civil já está cansada de prender traficante e a Justiça conceder a liberdade, mas, mesmo assim continua fazendo o seu trabalho;
    4)Traficantes- A raiz do problema. São combatidos, enaltecidos e reverenciados pela Elite da Sociedade Itabunense;
    5)Jovens consumidores- Os de ontem, hoje, são senhores consumidores, mudaram apenas o local de consumo. Os de hoje, serão também senhores consumidores, claro, se sobreviverem.
    Temos na constituição de nossa sociedade itabunense, médicos, professores,advogados,comunicadores,motoristas,jornalistas e mais o universo de profissionais, que ontem eram jovens consumidores de drogas e hoje…
    É o fim!

  12. conheço uns dos jovens q ficam nesse local é uma adolescente minha amiga, nos afastamos por mal conpanhia dos amigos dela .
    Pelo contrario ela ñ presisar de emprego tem boas condiçoes financeira é uma garota inteligente e abandonou a escola pelas drogas,
    é muito triste vc ve uma amiga sua que tinha tudo na vida para ser uma pessoa bem sucessida sendo levada pelas drogas,olha que ela tem 16 anos……….

  13. Alguns colocam culpa na sociedade, na polícia, nos políticos, de certa forma tudo influencia, porque não se dá mais valor à família. Se todos abrissem os olhos poderia mudar e muito situações como esta, mas enquanto isso quem está ,mais proximo da situação é os FAMILIARES, depois a POLÍCIA, e por aí vai. Temos que fazer um mutirão para limpar a beira rio.

  14. GAROTO INTELIGENTE NÃO……BURRO!! POIS USA DROGAS É UM CAMINHO SEM VOLTA, AS VEZES PENSO….. AMIGOS PRA QUÊ???NÓS ESTAMOS EXILADOS NO PLANETA TERRA, NÃO HÁ PRA ONDE FUGIR!!!

  15. Maconhódromo constituido por jovens de 15, 16 anos cabe reflexões diversas. a) esses meninos não tem família, não tem lar, não tem o que fazer em casa, tarefas de casa, da escola, para realizar? b) os pais não se incomodam em saber o que fazem seus filhos nessas reuniões? c) O ECA não se incomoda com essas reuniões, ou imagina que essas crianças estão discutindo formas de participar de atividades solidárias, de preservação ambiental e outros. Mas se eles estivessem ajudando os pais em alguma tarefa, a lei já tinha tomado providências…

    Penso que falta compromisso, amor… Eu não ficaria tranquila se meus filhos tomassem parte de uma reunião assim, estaria por perto, não deixaria… Uso meu amor extremo, pois se eu deixar eles podem se tornar farrapos humanos, aí eu não me perdoaria…

  16. A polícia prender os menores não! Coitadinhos? podem até ser. Encaminhá-los para o Conselho Tutelar, Juizado de Menores, isso a polícia tem a obrigação de fazer sim! Omissão como a que vemos hoje, certamente não! E não só da pólícia que esta´proxima dali, mas prefere ficar guardando o posto e assistindo a novela, que cuidar da área de sua atuação.
    Quanto aos cuidados que esses jovens necessitam, fica sim a cargo das autoridades responsáveis pela área: Os Pais, Juizado da Criança e Adolescente, Conselho Tutelar, Secretaria de Saúde, Igrejas, Centros de Recuperação a viciados, entre outros.
    Não resta dúvida que o abandono da praça mencionada, contribui para agravar a situação, além de privar famílias de um lugar agradável para passear.
    Que a prefeitura cuide também da praça!
    Aproveitando a oportunidade: que o diretor/chefe responsável pela abertura dos buracos na praça, faça o favor de plantar árvores ou mandar fechá-los.

  17. o que q há?? voce vai deixar de levar seus filhos para passear
    por causa “deles”?? assim voce só está dando mais liberdade
    e privacidade para q eles possam fumar maconha em paz…
    aposto que se a praça estivesse cheia, bem iluminada, bem frequentada
    e com pelo menos dois guardas em vigilância não teria ninguem fuman-
    do nada ali.
    **Não tem somente jovens de 14,15,16 anos….
    há muitos jovens de 18,19,20 e até mais velhos fumando naquele meio.
    Cabe a policia (não prendê-los, pq n sei s consumir é crime) mas pelo menos de algum modo mostrar que a policia tem poder perante a ‘eles’… Só temos de ser consientes de que prendendo os usuários
    não vão acabar com o problema, pois os traficantes permanecerão vendendo, e afinal maconha é uma planta como qualquer outra, os usuarios “podem” cultivar e usar dificultando o trabalho das autoridades…
    a sociedade é o reflexo das ações de cada componete…

  18. Posha gente vcs são preconceituoso ate de mais, eu frequento o beira rio e nao são nada disso que a poilicia mostrou ninguem estava traficando i nem com um saco de maconha, nos gostamos de ir paara akele local pois o ambiente e publico i bem agradavel nois nao fazemos mau a ninguem , ate os policias perceberam isso agt vai fuma um pra fikr de boa i ir pra casa dormir,eu sou um rapaz trabalhador tenho 22 anos to fazendo faculdade de educaçao fisica, i outra nem todos que ficam ali sao marginais eu concordo com vcs ficam na part do ralf um monte de marginaiszinhos cheerando cola isso sim e feio pra sociedade pessoas que nao se arrumam ficao todo jogado mais nois nao agt vai todo arrumado ate as meninas vao . enquanto esse grupo sao o grupo dos roqueros porque eu mesmo so vou pra la com um dois amigos porque andar de galera e barril

  19. po vey cade a policia ,merda , fikam tudo ali deixando , que coisa absurda , muitas vezes eu passo a andar por lá e já fui assaltada , maiiis oqe e qe a policiia faz ????? nada ???? mesmo concerteza temos qe fzer um mutirão ser apossivel meu deus como pode sserr assim apos as 20h da noite reunir um grupo com meninos e menians de apenas 14 anos de idade qe absurdo meu deus logo ali onde é uma das principais praças de itabuna ve se pode , credoo aff

  20. Ok! Se fuma maconha, mas faz faculdade é moderninho, se rouba para fumar é nóia. Ou seja: filhinho de papai pode fumar baseado, filho de pobre não. Qual a diferença? De uma forma ou de outra ambos não estão alimentando o traficante que além de maconha também vende crack, cocaína entre outros? Trabalho com saúde pública e cada vez mais chega novos dependentes de cocaína e crack que começaram a usar substâncias ilícitas através da maconha. Pelo jeito não faltará emprego para nós.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top