skip to Main Content
20 de abril de 2021 | 10:14 am

TERREMOTO NO HAITI MATA ZILDA ARNS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Brasileira Zilda Arns morre no Haiti.

Brasileira Zilda Arns morre no Haiti.

Um dos símbolos da luta contra a mortalidade infantil e das políticas de atenção à criança, a médica pediatra e sanitarista Zilda Arns, fundadora das pastorais da Criança e da Pessoa Idosa está entre as vítimas brasileiras do terremoto que atingiu o Haiti, o país mais pobre das Américas.

A morte foi confirmada pelos senadores Flávio Arns (PSDB-PR) e Ideli Salvati (PT-SC). O Brasil integra missão de paz no Haiti. De acordo com o Uol Notícias, o Brasil tem 1.266 militares na Força de Paz da ONU, a Minustah, dos quais 250 são da engenharia do Exército.

O general Carlos Alberto Neiva Barcellos, chefe do setor de comunicação social do Exército, disse a jornalistas que há grande número de militares brasileiros desaparecidos após o terremoto.

Esta publicação possui 9 comentários
  1. ZILDA ARNS É UM GRANDE MODELO PARA OS DIAS ATUAIS OU PODERIAMOS DIZER UMA SANTA DO MUNDO ATUAL PELA SUA ATUAÇÃO A FRENTE DA PASTORAL DA CRIANÇA, PASTORAL ESTA QUE MERECE O NOSSO CONSTANTE APLAUSO, DEFENDENDO A CRIANÇA.
    ZILDA ARNS DEIXA PARA NÓS UMA GRANDE LIÇÃO DE VIDA: CUIDA DAS NOSSAS CRIANÇAS E DOS NOSSOS IDOSOS.

  2. Cumpriu sua missão humana com o brilho dos nobres! seu exemplo é digno de louvor! Toda sua existência foi marcada pela luta e dedicação pela vida, sua morte só poderia acontecer por esta causa.
    Que seu espírito encontre a luz!

  3. È com tristeza que recebo esta notícia! Que descanse em paz essa mulher merecedora de todas as bênçãos e reconhecimento pelo trabalho magnífico em prol das crianças!

  4. Um espírito de luz como o dela só poderia desencarnar numa missão humanitária, …!!!

    Um dia a humanidade irá enterder que algumas pessoas aparecem aqui apenas por missão, pois não seria justo uma pessoa como ela passar por expiação, …!!!

    Que Deus a ilumine ainda mais, …!!!

    Só em casos como esse (ser do mesmo país que uma pessoa como ela) me traz orgulho de ser brasileiro, …!!!

  5. Realmente a morte da Drª Zilda Arns é uma perda inestimável para o país e para a Humanidade pela persistência, pela luta incansável em prol do mais pobres e pela sua fé no ser humano. Como disse o Dom Evaristo Arns “não é hora de perder as esperanças”.

    Que Deus receba em seus braços essa grande mulher que foi a Drª Zilda Arns.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top