skip to Main Content
10 de julho de 2020 | 10:14 pm

GRAMADO DE DAR INVEJA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Blogueiro em tempos de internet acompanhou boa parte do jogo Itabuna e Vitória pela rádio Sociedade, de Salvador. A certa altura da transmissão, Nilton Nogueira se dizia encantado com as condições do gramado do Itabunão e revelava-se choroso quando lembrava da praça da capital:

– Não dá pra levar um pedacinho pra Pituaçu -, brincava.

Em tempo: são unânimes as críticas da crônica esportiva, de torcedores e boleiros ao gramado do estádio metropolitano de Pituaçu (Roberto Santos), que está mais para arena de vôlei de praia do que campo de futebol.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. UÉ?!

    Não foi o estádio de Pituaçu que foi reinaugurado com toda pompa e elogiado por muitos, inclusive por aqui, há pouco tempo atrás, …?!?!?!

    Será que não era lá tudo isso, …?!?!?!

    Se nem o gramado presta, …!!!

    Nada como o tempo para nos mostrar as coisas, …!!!

    Ou ditadinho supimpa, aquele que diz: “Mentira tem pernas curtas”, …!!!

    Não falha, …!!!

    Da Redação: Sérgio, o caso aí não é de obra ruim, mas de cessão do estádio para tudo que é show musical. Em dezembro, foram três, se não estamos enganados. Não há gramado que resista. Ainda mais quando não se tem bom senso dos administradores do estádio. Privilegiam grandes shows musicais em detrimento daquele espetáculo para o qual foi construído, reformado… o futebolístico. “Dói”.

  2. Caro amigos, na verdade vcs deveriam dá os parabéns pra equipe da secretaria de esportes, pois eles vem se saindo muito bem em tudo que faz, e pensar que o prefeito demorou de nomear o secretario.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top