skip to Main Content
25 de fevereiro de 2020 | 12:06 pm

PMN E PSDC (CONTEMPLADOS) FECHAM COM NEWTON

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Bahia Online

Newton jogou a i$ca e pesca apoios.

Newton jogou a i$ca e pesca apoios.

Acabaram os problemas do prefeito Newton Lima para arrumar o PSDC no governo municipal. O presidente do diretório municipal do partido, Jorge Farias, aceitou e vai ocupar um importante departamento na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, dirigida por Augusto Macedo, nome indicado pela deputada Ângela Sousa.

Está resolvido o coletivo. Mas o prefeito Newton Lima ainda terá dificuldades com o individual. O vice-presidente da Câmara, Edvaldo Nascimento, o Dinho Gás, se recusou a conversar sobre o acordo caso não se fechasse, desde já, o apoio do governo ao seu nome para a presidência da Câmara em 2011. Resultado: Newton fechou com o PSDC de Farias e do vereador Gilberto Souza, o Bel do Vilela, e praticamente isolou Dinho Gás.

“Não temos mais ânimo para conversar sobre apoio com o vereador Edvaldo Nascimento”, disse na noite desta sexta-feira o vereador Alcides Kruschewsky, um dos responsáveis pela conversa mantida com os partidos políticos que a acertaram o novo bloco de sustentação do governo.

Com o acerto com o PSDC, os últimos acordos que devem ser fechados no início da próxima semana são caseiros. Ou seja: com o próprio PSB, partido de Alcides e do prefeito Newton Lima. O PSB deve indicar duas secretarias: Educação e Governo.

LEIA MAIS

FÓRUM RUY BARBOSA NÃO INFORMA SOBRE MUDANÇAS EM CARTÓRIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Serventuários da Justiça lotados no Fórum Ruy Barbosa não sabem informar sobre as mudanças nos cartórios extrajudiciais, determinadas pelo Conselho Nacional de Justiça (leia nota abaixo). Em Itabuna, sete dessas serventias foram declaradas vagas, mas agora à tarde ninguém sabia explicar o que acontecerá de agora em diante.

“Acompanhamos o diário oficial todos os dias e não temos informação sobre nenhuma mudança. O jeito é esperar até a segunda-feira, quando o juiz Antônio Laranjeiras poderá explicar melhor essa situação”, afirmou uma serventuária.

Outra, que trabalha em um dos cartórios atingidos pela medida do CNJ, preferiu fazer conjecturas. “Só se for a mudança que querem implementar, com a nova LOJ (Lei de Organização Judiciária), mas aí eles terão que nos mandar mais serventuários. O melhor mesmo é o senhor se informar mais sobre isso…” (N.R.: E pensar que foi justamente isso que fomos buscar ali…)

A verdade é que os serventuários nada sabem sobre os assunto. E como o juiz Antônio Laranjeiras, que responde interinamente pela administração do fórum, não foi encontrado pela reportagem, o itabunense deverá esperar pelo menos até a próxima segunda para ter informações sobre as mudanças.

Esperamos melhor sorte da próxima vez.

ALÔ, CENTRAL!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Algumas coisas, de tão simples, parecem que nem são verdadeiras. Uma usuária do SUS reclama que tenta, há meses, transferir sua mãe, paciente cardíaca, para o Hospital Santa Isabel, em Salvador.

Ela diz que simplesmente não consegue a transferência porque hospital não consegue falar com a Central de Regulação do SUS em Itabuna. O motivo: faz algum tempo que os telefones da central estão mudos.

Não é slogan de campanha de solidariedade, mas nesse caso, uma ligação vale uma vida. Pena que não há quem escute. São essas coisas, de simples solução, que fazem da saúde o calcanhar de Aquiles do governo Azevedo.

FALOU O CORAÇÃO…

Tempo de leitura: < 1 minuto
Marizete_Pereira

A deputada Marizete Pereira (PMDB) deixou intrigados correligionários e colegas de partido ao fazer rasgados elogios ao governo Wagner hoje, em Rio de Contas. O governador estava na cidade entregando obras e recebeu a visita da deputada, que é esposa do vice-governador, Edmundo Pereira.

Convidada a subir no palanque, a parlamentar deitou falação sobre os programas sociais do governo, elogiou o Topa, o Água para Todos e, principalmente, a forma de governar do atual gestor.

Coisa de quem quer ver o barco continuar no mesmo rumo, garantem testemunhas. “Ela defendeu os programas do governo melhor que muita gente do lado do governador”, aponta um dos presentes.

Apesar de estar no PMDB, que hoje faz oposição ao governador, Marizete Pereira, aparentemente, se mantém fiel aos laços de amizade que a une ao governador.

CAPITALSAT ANUNCIA 450 EMPREGOS EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Política Etc

A empresa Capitalsat, que atua no ramo de telecomunicações, está prestes a iniciar as atividades de sua planta industrial em Ilhéus. A fábrica, que irá produzir inclusive PCs e notebooks, está sendo instalada no Distrito Industrial, na zona norte da cidade.

A expectativa é de que a produção seja iniciada em junho e a capacidade é de geração de 450 empregos diretos.

DECISÃO DO CNJ RETIRA TITULARIDADE DE CARTÓRIOS EM ITABUNA E ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma “penada” do ministro Gilson Dipp, do Conselho Nacional de Justiça, decretou a vacância e consequente perda de titularidade em mais de sete mil cartórios em todo o Brasil, sendo sete deles só em Itabuna e oito em Ilhéus.

A decisão do ministro está publicada na edição desta sexta-feira, 22, do Diário Oficial da União (DOU) e visa adequar os cartórios extrajudiciais à Constituição Federal. Todos foram declarados vagos porque estavam ocupados por titulares não-concursados ou que fizeram permutas.

Em Itabuna, a decisão atinge o 3º Ofício de Notas e os cartórios de Registro Civil com efeitos notariais de distrito, de Registro de Imóveis do 1º Ofício, de Registro de Imóveis e Hipotecas 2º Ofício, de Registro de Títulos e Documentos e Registro Civil de Pessoas Jurídicas e dois de Registro de Títulos e Documentos.

Já em Ilhéus, a decisão do ministro Gilson Dipp atinge oito cartórios, sendo três deles de registro civil com funções notariais, dois tabelionatos de ofício de Notas e dois de registro de imóveis (1º e 2º ofícios).

Em instantes, mais informações.

SAMU: DIRETOR NÃO ACEITA CONTROLE SOCIAL

Tempo de leitura: 2 minutos
Conselho de Saúde pode pedir descredenciamento do município na gestão so Samu

Conselho de Saúde pode pedir descredenciamento do município na gestão so Samu

A participação do diretor do Samu de Itabuna, o médico Carlos Coelho, na reunião do Conselho Municipal de Saúde dessa quinta-feira, não foi das mais pacíficas. Bastante nervoso em grande parte do tempo, ele não reagiu bem a algumas indagações dos conselheiros e chegou a mandar que a presidente do CMS, Graça Souza, tirasse o dedo de sua cara.

A coisa voltou a esquentar quando, respondendo a um dos conselheiros, que queria saber se ele iria continuar com vários empregos em detrimento da gestão do Samu, ele soltou: “então, você me demita. Eu sou amigo do prefeito e do secretário da saúde”. Ele ainda afirmou que vai continuar com todos os seus empregos (foram relacionados seis), até porque o próprio secretário Antônio Vieira já disse que ele não precisa cumprir carga horária no órgão. Amizades profundas.

O diretor foi convocado a dar explicações sobre a situação do Samu, depois que integrantes do conselho estiveram na sede e identificaram e comprovaram diversos problemas. Ele simplesmente negou que o órgão enfrente problemas. Aliás, fez um pouco mais que negar: denunciou o governo e a pasta de seus amigos. “Médicos e técnicos não trabalham nos postos de saúde e ninguém faz nada. Só falam do Samu”.

A presidente do CMS, Graça Souza, não deixou barato. “O que devemos observar é que, sendo tão amigo do prefeito Azevedo e do secretário Vieira, ele pouca coisa faz para garantir um atendimento digno à população e melhorar a avaliação que o usuário faz da saúde e do governo. Não adianta se fazer de vítima. Ele é o gestor e deve apresentar resultados”.

Sobre o dedo na cara, ela explicou que fala gesticulando, mas não fez isso. “Sou educada o bastante para jamais botar o dedo na cara de alguém. Ele queria me desestabilizar, mas não conseguiu”.

PASSANDO A LIMPO

O Conselho Municipal de Saúde requereu cópia do documento de convênio entre o município e o Ministério da Saúde referente ao Samu; extrato da conta bancária; informações sobre todos os repasses e a contrapartida do estado e município relativos ao Samu; e cópia de todas as licitações e compras realizadas pelo Samu em 2009.

“A partir da análise desses documentos vamos pautar nossas ações em relação ao Samu. Queremos saber também como se dá o processo de compra de combustível para as viaturas, quais os postos que são contemplados com essa compra e qual o critério para eleger esses fornecedores”.

É aí que o bicho pega. Segundo apuração superficial, não há ‘fornecedores’, mas um só ‘fornecedor’. Outra coisa que ela não fala, mas o Pimenta apurou. A depender do que for visto nesses documentos e o resultado da auditoria do Ministério da Saúde, o conselho pedirá o descredenciamento do município para a gestão do Samu.

DOIS ADOLESCENTES BALEADOS; UM MORREU NO HOSPITAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ontem, por volta 20 horas, um tiroteio próximo à feira do São Caetano fez duas vítimas. Os irmãos gêmeos Fabrício Santos de Souza e Fabiano Santos de Souza, de 17 anos, moradores do Zizo, foram alvejados com vários disparos. Fabiano morreu no Hospital de Base.

Fabrício diz que não devia nada e que o atirador chegou abrindo fogo. O criminoso estava em uma moto, de capacete. A Polícia investiga o crime, e inicia o trabalho pela linha mais provável: dívida com o tráfico.

É a tal vulnerabilidade dos jovens à violência se materializando da forma mais cruel.

CONVERSAS, NADA MAIS

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Ontem à noite, o provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Renan Moreira, respondia a uma pergunta do repórter Henrique Queiroz sobre representatividade política na região e como os políticos estão ajudando a instituição, principalmente no plano federal.

Dos vários deputados que fazem piseiro na Santa Casa, disse o provedor, apenas um garantiu auxílio real (e estamos falando da moeda, mesmo). Foi o parlamentar Geraldo Simões, que destinou R$ 1 milhão em emenda para a instituição. O dinheiro já ‘pingou’.

Em seguida, Renan falou das promessas de emendas dos deputados federais Roberto Britto e Raymundo Veloso. E observou que os dois parlamentares ficaram, palavras do provedor, “só na conversa”. Houve quem elevasse as mãos ao céu pedindo que a sinceridade do gestor não comprometa a chegada do din-din prometido à instituição.

NEM AÍ PARA O PORTO SUL

Tempo de leitura: 2 minutos

Que o projeto do Complexo Intermodal Porto Sul é polêmico, todos concordam. Mas há um fato gritante que mostra muitos mais daquilo que somos enquanto região, desarticulados, desinteressados. Apenas 16 dos 36 órgãos e entidades nos níveis federais, estaduais e municipais estão presentes na terceira reunião da comissão de avaliação ambiental do projeto de R$ 4,5 bilhões.

O complexo intermodal implicará na construção de porto, aeroporto, rodovia e área para armazenagem de minério. A reunião começou logo cedo e haverá um intervalo ao meio-dia, recomeçando às 14h.

Por enquanto, as ausências mais importantes notadas na reunião de hoje são as dos representantes do Ibama, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual,  Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), Uesc, CDL e prefeituras de Itabuna, Itacaré e Itajuípe.

O Ministério Público Federal faltou a todas as três reuniões realizadas até aqui. A Atil é aquela entidade que tem como presidente um dos mais combativos opositores ao Complexo Porto Sul, o hoteleiro Luigi Massa.

Dos 16 que hoje participam da reunião, encontram-se no auditório da Associação Comercial de Ilhéus, quase a metade veio de Brasília, como João Urbano (Secretaria Especial de Portos), e de Salvador – Beth Wagner (IMA), Ana Cordeiro (IMA), Álvaro Britto (Casa Civil), Eduardo Mattedi (Sema), Antonio Lacerda (Seinp), Denisson Oliveira (Seinfra).
.
O Porto Sul tem importância estratégica para o desenvolvimento sócio-econômico da região. Pelo visto, estamos bem (mal) representados…
Reunião estratégica esvaziada: apenas 16 dos 36 representantes.

Reunião estratégica esvaziada: apenas 16 dos 36 representantes em comissão ambiental.

Back To Top