skip to Main Content
10 de abril de 2020 | 04:15 pm

FÓRUM RUY BARBOSA NÃO INFORMA SOBRE MUDANÇAS EM CARTÓRIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Serventuários da Justiça lotados no Fórum Ruy Barbosa não sabem informar sobre as mudanças nos cartórios extrajudiciais, determinadas pelo Conselho Nacional de Justiça (leia nota abaixo). Em Itabuna, sete dessas serventias foram declaradas vagas, mas agora à tarde ninguém sabia explicar o que acontecerá de agora em diante.

“Acompanhamos o diário oficial todos os dias e não temos informação sobre nenhuma mudança. O jeito é esperar até a segunda-feira, quando o juiz Antônio Laranjeiras poderá explicar melhor essa situação”, afirmou uma serventuária.

Outra, que trabalha em um dos cartórios atingidos pela medida do CNJ, preferiu fazer conjecturas. “Só se for a mudança que querem implementar, com a nova LOJ (Lei de Organização Judiciária), mas aí eles terão que nos mandar mais serventuários. O melhor mesmo é o senhor se informar mais sobre isso…” (N.R.: E pensar que foi justamente isso que fomos buscar ali…)

A verdade é que os serventuários nada sabem sobre os assunto. E como o juiz Antônio Laranjeiras, que responde interinamente pela administração do fórum, não foi encontrado pela reportagem, o itabunense deverá esperar pelo menos até a próxima segunda para ter informações sobre as mudanças.

Esperamos melhor sorte da próxima vez.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. Esperamos há muito que a “justiça” brasileira seja eficaz e eficiênte em todos os sentidos. Porém, o que vislumbramos é um ociosidade, desfaçatez, esculhambação e falta de ética para com o contribuinte brasileiro. Dou um milhão de reais se algum pagador de imposto (os verdadeiros patrões) achar em uma sexta-feira, principalmente se for véspera de feriado, algum juiz ou promotor na cidade. Sem falar que, os “servidores” que trabalham com um esforço descomunal, só efetivamente “trabalham” 05 meses em um ano. Tá dificil crê nas “instituições” nesse país!!!

  2. Tomara que seja verdade, pois, não vejo a hora e o dia de ver o José Carlos (BEKA) fora do cartório de registro de imóveis do 1º oficio de Itabuna e bem longe da gente.

  3. O CNJ apenas relacionou os cartórios extrajudiciais que “estão vagos”. O que se percebe é que além de haver duplicidade de muitos cartórios, a situação aqui na Bahia é diferente da restante do país. 99% dos cartórios aqui são oficializados e o projeto de lei da privatização já se encontra na Assembléia Legislativa. Qualquer mudança só ocorrerá após a votação desse projeto…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top