skip to Main Content
25 de setembro de 2020 | 07:11 pm

SEM QUIZUMBA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O colunista Armando Nuvem manda avisar que se encontra em “missão secreta” neste final de semana e, portanto, não produzirá a sua Quizumba, publicada sempre aos domingos no Pimenta.

“Aos poucos (mas fiéis) leitores que possam sentir falta das minhas bobagens, peço sinceras desculpas e aviso que o motivo da ausência é justo e importante”, redime-se o colaborador num email enviado ao blog.

GEDDEL E O PSDB

Tempo de leitura: 2 minutos

Marco Wense

O comando nacional do PSDB fez de tudo para que Geddel Vieira Lima, pré-candidato do PMDB ao governo da Bahia, apoiasse o tucano José Serra à presidência da República.

Como o tucanato jogou a toalha em relação ao apoio de Geddel a Serra, o deputado federal Jutahy Júnior, um dos tucanos mais próximos do presidenciável governador de São Paulo, mudou de discurso.

O parlamentar baiano, se referindo a Dilma Rousseff, diz, agora, somente agora, que “quem tem dois palanques não tem nenhum”. E finaliza: “Isso gera um conflito que não raro inviabiliza a própria ida do candidato ao Estado”.

Pois é. Esses políticos, hein! Só enxergam o próprio umbigo. Quando o tiro dos seus interesses sai pela culatra, mudam de opinião sem nenhum constrangimento. Depois ficam se queixando dos votos brancos e nulos.

JABES RIBEIRO

Jabes: 2010 é crucial.

Para que Jabes Ribeiro se torne um forte candidato a prefeito de Ilhéus na sucessão de 2012, enfrentando um provável concorrente do PT, a eleição para a Assembleia Legislativa do Estado é fundamental.

Elegendo-se deputado estadual, Jabes e o jabismo se fortalecem, criando um salutar contraponto à neoaliança envolvendo o prefeito Newton Lima (PSB) e o Partido dos Trabalhadores.

A inusitada parceria entre o prefeito e o PT é circunstancial. Se é duradoura ou não, sincera ou não, se é um engodo ou não, só o tempo, como senhor da razão, é que vai dizer.

O PT, agora, tem telhado de vidro. Não é mais franco atirador. Passa a ser co-responsável pelo governo. Participa da administração sabendo das dificuldades. Não pode, depois, alegar que a tal da “herança maldita” impediu o trabalho dos petistas.

Sinceramente, não acredito que Jabes, secretário estadual do PP, partido da base aliada do governo Wagner, esteja torcendo pela desgraça da atual administração. Seja adepto da nefasta política do “quanto pior, melhor”.

A sucessão do Palácio Paranaguá caminha para uma acirrada disputa entre o ex-prefeito Jabes Ribeiro e um petista. Um outro nome para enfrentar o jabismo e o petismo só se o próximo governador da Bahia for Paulo Souto (DEM) ou Geddel (PMDB).

MADRE DE DEUS DETONA O ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Itabuna voltou a falhar na defesa e tomou 3×2 do Madre de Deus, há pouco. Depois de  encerrar o primeiro tempo na frente, em cobrança de pênalti de Nem, aos 35 minutos, o Azulino permitiu o empate logo aos 3min do segundo tempo, gol do zagueiro Roque.

O Madre de Deus desempatou aos 23min da etapa final, com Thiago Dias. O desespero do Dragão do Sul aumentou ainda mais. Era 31 do segundo tempo quando Josean ampliou para o time da casa.

Nem voltou a marcar e diminuiu para o Azulino, aos 38min. Madre de Deus 3×2 Itabuna. O adversário do Azulino está invicto na competição. Com 11 pontos, é o quarto no Grupo 1.

O Azulino manteve-se em quarto lugar no Grupo 2, mas com o Ipitanga na sua cola, ambos com 7 pontos. O lanterninha do grupo é o Feirense, com 5 pontos.

Devido ao carnaval, os times voltam a jogar pelo Baianão 2010 no dia 18. O próximo adversário do Azulino é contra o Vitória da Conquista, no estádio Luiz Viana Filho (Itabunão).

ITABUNA PERDE OUTRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Não teve jeito. Mesmo com um a mais em campo, o Itabuna cedeu ao Madre de Deus, que não perdoou: final 3×2.

O problema maior, além da derrota, foi a condição em que o jogo deixou o Itabuna: toda a zaga titular está suspensa para o próximo compromisso do azulino, no dia 18, contra o Vitória da Conquista, em casa.

ITABUNA TOMA TERCEIRO – NEM JÁ DIMINUIU: 3X2

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Itabuna desandou e tomou três gols, depois de sair ganhando em Madre de Deus. Mas, aos 38, Nem acaba de fazer o seu segundo e diminuir a diferença: Madre de Deus 3; Itabuna 1.

Faltam 4 minutos – mais os acréscimos – para acabar.

MADRE DE DEUS EMPATA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dá calafrios esse time do Itabuna. Nem bem começou o segundo tempo e a equipe vai logo entregando os pontos.

O Madre de Deus acaba de empatar. O gol foi marcado pelo zagueiro Roque, aos 3min da etapa final.

ALELUIA, ITABUNA!

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Itabuna joga contra Madre de Deus neste momento. E, veja só, está na frente: Nem converteu cobrança de pênalti.

Madre de Deus 0x1 Itabuna, aos 35min do primeiro tempo.

CALOTE NO TOPA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A edição deste final de semana do jornal A Tarde traz reportagem sobre a menina dos olhos do Governo Wagner, o programa Todos pela Alfabetização (Topa). A publicação dos Simões revela problemas estruturais e orçamentários da maior ação de alfabetização do País.

Em Itabuna, alfabetizadores trabalharam por cinco meses em 2009 e até agora nada receberam. O maior problema é o que estes filhos de Deus ouvem de coordenadores locais do programa ao cobrar o que lhes é devido. “Vocês atuaram como voluntários” é a resposta.

Pode?

ACIDENTE NA BR-101 MATA PM E AGENTE PENITENCIÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O policial militar Josemário Reis Santos (Lucas Reis), 43 anos, e o agente penitenciário Jeferson dos Santos Bessa, 28, morreram neste domingo, 7, em um acidente na BR-101, entre Wenceslau Guimarães e Gandu. “Lucas” Reis teria perdido o controle do veículo, que chocou-se contra uma árvore.

O militar era irmão da secretária Joelma Santos, do gabinete do prefeito Capitão Azevedo. A Associação de Praças da Polícia Militar (APPM) em Itabuna emitiu nota de pesar pela morte de Lucas (confira).

Back To Top