skip to Main Content
6 de agosto de 2020 | 07:24 pm

CACAUICULTOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Homem de grandes pretensões políticas que incluem, claro, o Palácio de Ondina, é apontado como o maior latifundiário do sul da Bahia.

No rol de propriedades, incluída está uma que, segundo denúncias, foi tomada por grileiros (na força e na marra) das mãos de agricultores familiares na região de São José da Vitória.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. ATO FALHO ESSA DENÚNCIA SEM PROVAS E SEM NOMES.
    PREFFIRO VOTAR EM ALGUEM QUE GARANTA O DIREITO À PROPRIEDADE, ÀQUELE QUE FACILITA AS INVASÕES.
    VIVO E PRETENDO CONTINUAR VIVENDO NUM REGIME CAPITALISTA, QUERO SEGURANÇA JURÍDICA PARA PODER PRODUZIR RENDA E EMPREGOS.
    NÃO PRETENDO VIVER NAS TETAS DO PODER PÚBLICO !!!

    Da Redação: As provas estão reunidas. Asseguramos que as vítimas não são sem-terra, como você deduz, erroneamente.

  2. Porque não divulga o nome do “bobinho”? ou o bloquista não tem cacife para prestar a informação? sensacionalismo sem o nome não interessa a sociedade. Sds Jose Alberto

    Redação: Não é sensacionalismo, Alberto. Aguarde…

  3. Caros amigos desse Blog,

    O mal do Brasil é a impunidade,portanto depois de ter noticiado esse fato,sugiro colocar as provas e evidências de culpabilidade no Blog,com farta cobertura.Espero Justiça, desde que se dê ampla oportunidade de defesa ao acusado,inclusive espaço de resposta nesse Blog.O contraditório tem esse direito,agora caso tenham culpa no catório,que se cumpra a lei em seu máximo rigor,apenando os culpados e retirando esse tipo de gente do convivio social,resumindo ,colocando os culpados na CADEIA.
    Atenciosamente,
    Paulo Cortizo Produtor Rural

  4. Se o município citado fosse o de Canavieiras eu não teria dúvidas a respeito do nome do latifundiário.

    O cara até já foi governador… e quer voltar.

    O dito cujo derrubou as matas das terras de cacau, retirou a madeira furtivamente durante a noite e hoje é um dos maiores criadores de gado da região.

    Dizem que também é um dos maiores sócios-acionistas da Veracel.

    Embora tenha nascido em outro lugar, afirma que nasceu em Canavieiras.

  5. Se a denúncia esta devidamente fundamenta em provas, escrituras , então porque não publicar o nome do grande cacaicultor, não é crime ou é?

    Kalif Rabelo

    Da Redação: Aguarde, “Kalif”.

  6. já que todo mundo fala em picaretas saiu uma materia na folha on line interessante, velam todos:
    23/02/2010 – 03h42
    “Nova” Telebrás beneficia cliente de José Dirceu
    Publicidade

    da Folha Online

    O ex-ministro e deputado cassado José Dirceu recebeu pelo menos R$ 620 mil do principal grupo empresarial que será beneficiado caso a Telebrás seja reativada, como promete o governo, informa a reportagem de Marcio Aith e Julio Wiziack publicada nesta terça-feira pela Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal ou do UOL).

    Ações da Telebrás sobem 35.000% no governo Lula

    O dinheiro foi pago entre 2007 e 2009 pelo empresário Nelson dos Santos, dono da Star Overseas, sediada nas Ilhas Virgens Britânicas. Em 2005, Santos havia comprado participação de 49% na empresa Eletronet pelo valor simbólico de R$ 1.

    Praticamente falida, a Eletronet era dona de 16.000 km de cabos de fibra óptica ligando 18 Estados, o que não cobria suas dívidas, estimadas em R$ 800 milhões.

    Após Santos contratar Dirceu, o governo decidiu usar as fibras ópticas da Eletronet para reativar a Telebrás e arcar sozinho com a caução judicial necessária para resgatar a rede, hoje em poder dos credores. Estima-se que o negócio renda ao empresário R$ 200 milhões.

    Segundo Santos, o dinheiro pago a Dirceu não se destinou a lobby. O ex-ministro não quis comentar.

    Leia a íntegra da matéria na Folha desta terça-feira, que já está nas bancas.

  7. Oi seu pimenta, tem um técnico agricola da ceplac,que ha alguns anos atras não tinha onde se deitar apos a morte, depois que se tornou politico virou latifundiario como o picareta que voces descreveram, quem será, seria interessante demostrar o quanto opatrimonio dos nossospoliticos locais evoluiu nos ultimos anos.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top