skip to Main Content
7 de julho de 2020 | 11:07 pm

TRABALHO EM NAVIO NÃO É CRUZEIRO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A proposta é tentadora para quem está no auge da juventude e tem a chance de trabalhar de sete a nove meses em um navio, viajando para mais de 170 destinos, incluindo Austrália, Nova Zelândia, Alasca e vários países da América do Sul e Europa.

Há uma empresa recrutando jovens com idade a partir de 21 anos e que dominem o inglês para prestar serviços nos navios das companhias Azamara Cruises, Celebrity Cruises e Royal Caribbean. Alunos do curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais, da Uesc, costumam se candidatar às vagas oferecidas.

Mas é bom saber de uma coisa: trabalhar em um navio de cruzeiro não é o mesmo que curtir uma viagem prazerosa. O dia-a-dia do tripulante é duro e exige muita resistência e persistência para encarar. Portanto, aos incautos, nada de imaginar que vão entrar nessa para fazer turismo.

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Só mesmo uma ANTA para achar que trabalho em navio é diversão, …!!!

    Mas como temos muita gente por qui que assina contrato sem ler, sem prestar atenção no que está escrito, nas possíveis armadilhas contidas nas entrelinhas, …, nas “camas de gato”, …, depois ainda fica com a cara de bobo, dizendo: “A é, é”, …?!?!?!

    Tudo é possível, …!!!

    É a mesma coisa das mulheres que saem daqui acreditando em promessas de “vida boa”, de “dinheiro fácil”, na Europa e, quando chegam por lá, …, já sabe, …!!!

    O cafetão – que no início se fazia de amigo – diz logo: Aqui ou você dança ou você “dança”, trouxa, …!!!

    A música, para os bestas, nesse caso, é a do Paralamas do Sucesso: “Entrei de gaiato no navio, entrei, entrei, entrei pelo cano”, …!!!

  2. VERDADE, TODO CUIDADO É POUCO,
    O TRABALHO ESCRAVO PODE TE PEGAR.
    PRESTEM BASTANTE ATENÇÃO NO QUE VOCÊS VÃO ASSINAR,
    NÃO VÃO COM MUITA SEDE AO POTE.

  3. É nem tudo é um mar de rosas..
    Fiz uma viagem de navio há um tempo atrás e me lembro bem como o pessoal trabalha lá. Era dia e noite.. deve ser muito cansativo, mas tem gente que precisa né?! e aí tudo é bem vindo. Lembro que também que tinha um trânsito até o porto de santos incrível, poderiam melhorar isso também, mas enquanto não vem a solução a gente para o carro em estacionamentos próximo que nos levam até o porto, como o estacionamento mcc … mas td bem. Quem trabalha no porto de santos sabe como é uma loucura esse trânsito…

  4. TRABALHAR EM CRUZEIRO: DE VOLTA Á ESCRAVIDÃO!
    Eu confirmo com todas as letras, que o trabalho em cruzeiro, é pura escravidão! Cito alguns requisitos, que torna um trabalho totalmente desuhumano:
    – Não terá folga, no período de contrato com o cruzeioro;
    – Deverá trabalhar 17horas ao dia;
    – Não terá plano médico;
    – Fora um vestimento no valor minimo de R$ 2.000,00,para obter treinamento.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top