skip to Main Content
27 de outubro de 2020 | 12:31 pm

PROFESSORES ESTADUAIS PARAM NA 5ª

Tempo de leitura: < 1 minuto

Puxada pela APLB-Sindicato, uma paralisação na rede estadual, nessa quinta-feira (25), vai protestar contra o ‘enrolation’ do governo para pagar a reposição da URV. Todos os profissionais da Educação que entraram na rede estadual desde 1994 têm direito.

A paralisação tem o objetivo de alertar o governo para a luta dos servidores. A APLB já ganhou a ação em primeira instância (6ª Vara da Fazenda Pública, em Salvador) e deve levar também na segunda. O problema é que o governo do estado “não gosta” de pagar esse tipo de ação enquanto houver possibilidade de recursos.

Leia mais no Trombone

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Na verdade, deveriam parar na sexta-feira, dia 26, para o pessoal ir receber “calorosamente”, já que estão muito “satisfeitos”, o Predidente e o Governador, …!!!

  2. O governo Wagner não conseguiu resolver o problema da falta de professores nas salas de aula na Bahia.
    É bom lembrar que esse problema de deficiência de docentes foi uma das maiores bandeiras defendida por Wagner na sua primeira eleição para governador.
    O que vimos foi tapeações através de REDAS, que só servem para desvalorizar o profissional, desqualificando a classe docente, já tão sofrida em sua trajetória de luta por melhorias de trabalho.
    E agora PROFESSOR!? Vai acreditar em novas promessas e servir de escada para políticos?
    As eleições se aproximam…

  3. POLICIAIS E PROFESSORES.

    SÃO DUAS CATEGORIAS FUNDAMENTAIS NA SOCIEDADE..

    MAS O GOVERNO NÃO OFERECEM UM SALÁRIO DIGNO..

    HAHAH PELO MENOS 5° TOU EM CASA DESCANSANDOO..

  4. Dinheiro para pagar os desmandos da Assmbleia, o Estado tem de sobra, é uma cultura antiga. Já para pagar a quem trabalha, é isso… Tem de parar um mês. Muitos apaniguados já estão se vangloriando de estarem numa lista “só pros de casa”. Pelo jeito os “donos do poder”, ainda podem vão escolher quem vai receber… Gostaram?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top