skip to Main Content
20 de abril de 2021 | 11:39 am

ALFREDO DIZ QUE NÃO PAGA ‘JABÁ’

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais uma da sessão da tarde desta terça-feira, na Câmara de Vereadores de Itabuna:

Quase no final da reunião, o presidente da Câmara, Clóvis Loiola (PPS), abriu oportunidade para o público se manifestar. Um dos primeiros, como não poderia deixar de ser, foi o radialista Val Cabral, correligionário (ambos são do PV) e inimigo figadal do presidente da Emasa, Alfredo Melo.

Provocador, Cabral perguntou a Alfredo se ele não considerava “um roubo e uma safadeza” a Emasa cobrar pelo serviço de tratamento de esgoto, quando o mesmo não é prestado.

Se a entrada veio com os birros da chuteira na canela, a resposta foi uma voadora no pescoço:

– Quero dizer a esse senhor que de roubo e safadeza eu não entendo. Mas também não aceito pagar para radialista falar bem de mim. Em outras gestões existia isso, mas na minha não.

Val ficou apoplético e foi embora da sessão. Para não abandonar o futebolês, pode-se dizer que o radialista foi levado para fora do campo de maca.

Esta publicação possui 15 comentários
  1. Val Cabral é uma figura insólita. Um oportunista que berra no microfone como se fosse ícone de moralidade. Nas terras onde nasceu, saiu corrido por ter atentado contra uma mulher (cópola forçada). Aliás, ele deveria ter procurado a família de Camila que sofre ainda com o crime bábaro cometido por seu sobrinho, “Jefinho cachorro loko”.

  2. DEIXANDO AS CARICIAS DE LADO ENTRE OS DOIS, QUAL FOI MESMO A JUSTIFICATIVA (SE É Q EXISTE) Q ALFREDO MELO DEU SOBRE A COBRANÇA DO ESGOTO QUE NÃO É TRATADO?

  3. nós itabunense eramos felizes e não sabiamos, pois na gestoes anteriores, ou seja a gestão de FERNANDO GOMES E DE GERALDO SIMÕES, nós não pagávamos conta de esgoto hoje vem na nossa conta essa famigerada conta de esgoto, o pior é que eu moro aqui no PQ.BOA VISTA e quem fez a rede de esgoto a 25 anos atrás, fomos nós e agora estamos pagando uma coisa que foi feita por nós mesmo.

  4. Tudo bem que Val Cabral é jornalista.E nós simples consumidores teremos que concordar com este SENHOR dono da EMASA(TODO PODEROSO DAS AGUAS DA EMASA),e aceitar estes impostos e engulir calado.Acho que Val Cabral ,Levantou a BANDEIRA,e nós consumidores devemos levar adiante,já que estamos completamente a DERIVA,ou seja sem COMANDO.

  5. OS DOIS SÃO DA MESMA LAIA,
    VAL CABRAL NÃO TEM MORAL NENHUMA PARA QUESTIONAR O DONO DA EMESA QUE POR SUA VEZ TEM QUE SE ESPLICAR PARA CAMARA DE VEREADORES,QUE TEM QUE MOSTRAR SERVIÇO PARA A POPULAÇAO QUE TEM QUE TOMAR VERGONHA E NÃO ESCOLHER SERTOS TIPOS DE POLITICOS.

  6. Taí a resposta certa. Igual ao Val Cabral, tem muitos outros. Radialista, jornalista etc, tem que trabalhar com honestidade e não ficar bajulando político e partido. Quando alguns desses ” profissionais” se vendem, o seu comportamento é pior que de uma prostituta.

  7. Eu trabalho a Emasa e se recebia dinheiro
    pra falar bem Isias era bem pior que Alfredo e
    ninguem atacava ele, precisa explica a esse Val
    que é melhor investir na cidade que paga para falar bem

  8. por falar em vereadores,cader vcs.se as denuncias dos jornais forem verdadeiras sobre as secretarias da educação e agriculturas.porquer vcs.ainda não falaram nada?adenuncia é do tcu a população estar de olho…

  9. É BOM TERMOS UM POUCO MAIS DE CONHECIMENTO DAS COISAS.
    ESSE VAL CABRAL É RADIALISTA. SERÁ QUE ELE É MESMO JORNALISTA?
    É MUITO SIMPLES FICAR À FRENTE DE UM MICROFONE CRITICANDO PESSOAS
    E GANHANDO DINHEIRO PARA ELOGIAR.
    O QUE FALTA PARA MUITOS QUE TEM A IMPRENSA NAS MÃOS É QUALIFICAÇÃO, CARÁTER E VERGONHA NA CARA.
    “MACACO NÃO OLHA PARA O RABO”.

  10. or ironia do destino, uma audiência pública convocada para discutir supostos aumentos nas contas de água do itabunense acabou dando destaque a um cliente especial, que não paga pelo serviço de abastecimento.

    A gratuidade à Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, por força de lei de autoria do ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes de Oliveira, foi revelada pelo presidente da Emasa, Alfredo Melo. O benefício custa R$ 100 mil por mês aos cofres municipais e vale por um período de dez anos.

    O vereador Ricardo Bacelar, do PSB, estrilou. Acredita que o benefício à Santa Casa não se justifica, por duas razões principais: a Emasa é uma empresa deficitária, que não tem condições de dar presente a ninguém; e a instituição cobra pelos serviços que presta. Além disso, atende pacientes de mais de cem municípios.

    “Por que o povo de Itabuna tem que pagar essa conta sozinho?”, questionou Ricardo na audiência. Alfredo afirmou que está apenas cumprindo a lei, embora não concorde com a mesma, e ficou no ar uma vontade forte de propor a revogação da tal gratuidade.

  11. As tarifas de uso de água e consequente geração de esgotos deveriam ser muito mais elevadas do que as de energia elétrica. Só assim, batendo no bolso a população dá a devida importância à água, que é o bem mais precioso que o ser-humano tem (mais até do que o petróleo).
    Futuramente assitiremos a guerras por água, assim como hoje se vê pelo petróleo.

  12. Tudo bem que Val Cabral nao tem papa na lingua, mas para supera-lo só Alfredo, come queto,ataca na escuridão,quer figura pior… Azevedo, Gilson e Alfredo, mais nunca!BANDA PODRE !

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top