skip to Main Content
8 de julho de 2020 | 07:05 pm

ALVOS DE RATOS E OUTRO SERES NOCIVOS, FUNCIONÁRIOS DA REGULAÇÃO AMEAÇAM PARAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Vejam a que ponto é capaz de chegar a incoerência do atual governo itabunense. Uma das medidas adotadas pela gestão foi a retirada do adicional de insalubridade de funcionários que comprovadamente trabalham em condições que justificam o pagamento do benefício.

O caso mais grave e emblemático está na pocilga onde funcionam a Central de Regulação do SUS, a unidade de referência em DST/Aids e um almoxarifado da Secretaria Municipal de Educação. As condições do lugar são tão deploráveis, que recentemente o funcionário Dermival Campos da Silva morreu vítima de leptospirose, com fortes indícios de ter contraído a doença naquele prédio.

Os servidores, com absoluta razão, consideram um absurdo trabalhar nessas condições, e principalmente sem adicional de insalubridade. Em protesto contra a situação, eles prometem paralisar o trabalho nesta segunda-feira, 3, primeiro dia útil do mês, quando o movimento na Central de Regulação é sempre maior.

Em nota encaminhada à imprensa, representantes dos servidores fazem uma descrição do pardieiro em que trabalham: “a estrutura física do prédio encontra-se em estado precário; a água utilizada para uso geral encontra-se armazenada em local inapropriado, no mesmo nível do chão, permitindo a entrada de água da chuva, rato, poeira, dentre outros. Havendo chuva a unidade fica alagada, aumentando o risco de contaminação por qualquer tipo de doença infecto-contagiosa. As cadeiras estão danificadas devido à falta de manutenção. O local não possui ventilação adequada e os condicionadores de ar existentes  não funcionam de forma satisfatória. A fiação elétrica encontra-se exposta em todos os setores, ocorrendo constantemente queda de energia e curto circuito.”

Precisa dizer mais alguma coisa?

POLÍCIA DE ITABUNA LOCALIZA BOTIJÕES ROUBADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Depósito que guardava os botijões roubados pertence a uma distribuidora de gás de Itabuna (foto Xilindró)

Agentes da polícia civil, sob o comando do delegado regional Moisés Damasceno, apreenderam na tarde desta sexta-feira (30) cerca de 130 botijões que haviam sido roubados no último dia 13 na cidade de Iaçu, próxima a Itaberaba. Os botijões estavam armazenados no depósito de uma distribuidora de gás, na avenida Roberto Santos, bairro Pedro Jerônimo. Eram guardados por dois homens que foram ouvidos e depois liberados pela polícia. Segundo Damasceno, não há provas de que eles tenham ciência do roubo.

Os botijões foram identificados pelo selo com a inscriçao “Liqgás”, que é da distribuidora vítima do crime em Iaçu. Os bandidos levaram desta empresa um total de 800 botijões, ou seja, apenas uma pequena parte foi encontrada em Itabuna. O caso já vinha sendo investigado por uma equipe da Decarga, delegacia especializada em roubo de cargas.

DESRESPEITO NO CONJUNTO PENAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Funcionários da empresa Socialize, que presta serviços terceirizados ao Conjunto Penal de Itabuna, vão passar o Dia do Tabalhador de bolso vazio. Os salários ainda não foram pagos e nem há previsão de quando isso irá ocorrer.

Uma das características da empresa é exatamente a política da surpresa no pagamento aos funcionários, que não podem programar débitos em virtude da impontualidade dos patrões. A Socialize é a mesma empresa que já se chamou Yumatã, e desde aquela época apronta poucas e boas com seus trabalhadores.

Além da vida dura, os agentes penitenciários vinculados à Socialize ainda são submetidos à lei do silêncio. Quem reclama das péssimas condições de trabalho, é posto para fora.

ILHÉUS PRORROGA DESCONTO DE 20% NO IPTU

Tempo de leitura: < 1 minuto

A prefeitura de Ilhéus anunciou a prorrogação do prazo para que o contribuinte possa quitar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em cota única e obter o desconto de 20%. O novo prazo para quitar com desconto se encerra no dia 14 de maio.

Segundo a secretaria de Finanças, as chuvas das últimas semanas teriam prejudicado o cronograma de entrega dos boletos aos contribuintes. Quem ainda não recebeu o carnê, pode procurar o setor de Tributos, no térreo do Palácio Paranaguá, de segunda a sexta, das 12h às 18h.

FG, DEM E RENATO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Marco Wense

A presidenta do Partido dos Democratas (DEM) de Itabuna, Maria Alice, está disposta a mostrar que o anzol do instituto da fidelidade partidária não é só para fisgar os peixes miúdos.

O ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, sabe que Alice, sua histórica e fiel aliada, é uma implacável defensora da coerência política. Portanto, para evitar qualquer tipo de atrito com a ex-dama de ferro, o agora neogeddelista vai pedir sua desfiliação do DEM.

O ex-governador Paulo Souto, pré-candidato do democratas ao cobiçado Palácio de Ondina, hoje o segundo colocado nas pesquisas de intenção de voto, não vai contar com o importante apoio do fernandismo.

Entre os vários acertos com Fernando Gomes, incluindo até a possibilidade do ex-alcaide ser o candidato do PMDB na sucessão municipal de 2012, o ex-ministro Geddel pediu ao ainda democrata que olhasse com carinho o nome de Renato Costa.

O médico Renato Costa, pré-candidato a deputado estadual pelo PMDB, sabe que a inusitada e surpreendente aproximação com o ex-alcaide pode provocar a perda de centenas de votos, mas acredita que o ganho vai ser bem maior que a perda.

Coisas da política: Fernando Gomes politicamente afastado de Maria Alice e Renato Costa se aproximando.

ÀS VEZES, FALTA SENSIBILIDADE

Tempo de leitura: 2 minutos

O jovem Alexsandro Ferreira, 29, foi vítima de um acidente de trânsito em março do ano passado. Uma carreta invadiu a mão contrária e atingiu Alexsandro, que trafegava numa moto na BR-101. Uma das pernas foi amputada e ainda sofreu duas fraturas na outra. O acidente ocorreu próximo ao Hospital de Base, em Itabuna.

Há mais de um ano, Alexsandro convive com a (forte) dor, atenuada com o uso de medicamentos fortes. O jovem tenta, há quase oito meses, ter auxílio da Secretaria Municipal de Saúde para a aquisição de remédio. Por mês, calcula, o gasto é de R$ 746,00.

Para liberar os medicamentos, a diretora de assistência farmacêutica da prefeitura, Cristina Câmera, exigiu um laudo especial. Alexsandro teve de aguardar a sua consulta em Salvador (para onde vai a cada dois meses).

De posse do laudo, o entregou à diretora. Surpreendido foi com um novo pedido, exigência: teria que ir à capital baiana. Agora, a Secretaria de Saúde exigia uma autorização do médico de Alexsandro para uma possível substituição de medicamentos. A alegação é que o município não dispõe de recursos para o fornecimento mensal dos remédios.

Enquanto a burocracia impera, o jovem está acamado e com fortes dores há três dias. O medicamento acabou e falta-lhe dinheiro. O prefeito Capitão Azevedo e o secretário Antônio Vieira teriam autorizado o fornecimento dos remédios caríssimos, dentre eles o Lirica.

Alexsandro até acionou o Ministério Público Estadual para que o município fornecesse os medicamentos. Nada. Nem assim a prefeitura se sensibilizou. Aliás, a insensibilidade não é exclusiva da prefeitura, pois o jovem recorreu à Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Lá, também não obteve resposta positiva. E a dor só aumenta.

Se o caríssimo leitor puder ajudar Alexsandro, o telefone para contato é o (73) 8817-6393. Os medicamentos usados pelo jovem são o Lyrica, o Mytedom, o Bacoflen e Novalgina 1g. Cada caixa do Lirica, por exemplo, custa, em média R$ 86,00. Ele usa duas por mês.

NOVO COMANDANTE É DE PAZ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Paz Lira, o novo comandante do 15º Batalhão (foto Fábio Roberto)

O novo comandante do 15ºBatalhão da PM chegou com um espírito bem diferente do seu antecessor no cargo. Enquanto o ex-líder da corporação saiu “batendo a porta” e passando descompostura em vereador, o novo aparece pregando a harmonia e o entendimento entre polícia e sociedade, para uma ação efetiva de preservação da segurança.

Inácio Paz Lira, tenente-coronel, comandava o batalhão de Vitória da Conquista, para onde foi nomeado ex-comandante do 15º, Jorge Ubirajara Pedreira. Segundo Lira,Itabuna e Conquista têm problemas semelhantes, como  o envolvimento de jovens com o crime e o flagelo das drogas.

Para um combate efetivo a essas mazelas, o oficial prega solução pactuada com a sociedade. Em uma entrevista coletiva concedida na noite desta quinta-feira (29), durante a transmissão de comando, Lira disse que precisa firmar “parcerias” com a imprensa, sindicatos e associações de moradores.

O vereador Solon Pinheiro, que na terça-feira (27) enfrentou a fúria de Ubirajara, comemora os novos ares.

Clique no player e ouça a entrevista:

DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA SÓ ATÉ HOJE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Hoje é o último dia para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2010. O contribuinte tem até as 23h59min59s, horário de Brasília, para enviar as informações pela internet. Às 8h36, a Receita havia recebido 22.214.489 declarações, ou 92,56% dos 24 milhões inicialmente previstos.

A multa mínima para quem perder prazo é de R$ 165,74 e pode chegar a 20% do imposto devido. Por isso, é importante que o contribuinte cumpra o prazo, mesmo que depois tenha que fazer uma retificação para acrescentar informações que não constavam na declaração original.

É importante porém ficar atento à opção escolhida, pois se o contribuinte optar pelo modelo simplificado não poderá depois mudar para o completo ou vice-versa.

Entre as mudanças deste ano estão a dispensa dos que são apenas sócios de empresa e não têm mais nenhum tipo de obrigatoriedade. Houve mudanças ainda para quem tem patrimônio acima de R$ 300 mil reais em 31 de dezembro de 2009. Antes, o valor era de R$ 80 mil. Informações da Agência Brasil.

1º DE MAIO: POLÊMICA À VISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna não pretende “alisar” neste 1º de maio, quando todo o comércio local deverá  fechar as portas em cumprimento à convenção coletiva da categoria. Marcação cerrada mesmo será exercida sobre os pequenos mercados de bairro, que costumam abrir em domingos, feriados e dias santos.

Uma liminar judicial determina que todos os supermercados de Itabuna liberem seus empregados no feriado, mas entre as empresas de pequeno porte existem algumas em que todo o quadro de funcionários é formado por parentes do dono.  Que muitas vezes trabalham mesmo por “amor à causa” e de boa-vontade, inclusive nos feriados.

Mesmo nessa situação peculiar, o presidente do Sindicato dos Comerciários, Jairo Araújo, afirma que a entidade não vai contemporizar. “Ainda que seja uma relação de pai e filho, a partir do momento em que se assina a carteira (de trabalho), o contrato passa a ser entre patrão e empregado”, entende o sindicalista.

Alguns “empregados familiares” não aceitam a proteção imposta. Ou seja, acham que se quiserem trabalhar, não há sentido na proibição do sindicato. Araújo retruca, alegando que há casos em que os parentes são constrangidos a trabalhar. “É bom lembrar que no comércio local temos muitas ações trabalhistas movidas por empregado que tem relação de parentesco com o patrão”, diz.

Back To Top