skip to Main Content
1 de dezembro de 2020 | 02:08 am

COLETIVA PARA EXPLICAR CONFUSÃO DA NOTA ELETRÔNICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após alguns dias sob fogo cerrado por conta da forma como procedeu à mudança do sistema de emissão de nota fiscal eletrônica, a Prefeitura de Itabuna tentará sair das cordas para explicar a lambança. O secretário de Assuntos Governamentais e Comunicação, Walmir Rosário, informa ao Pimenta que uma coletiva à imprensa será concedida nesta quarta-feira (28), a partir das 8 horas, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Quem está escalado para descascar o abacaxi perante os profissionais de comunicação é o secretário de Planejamento e Tecnologia, Maurício Athayde. Um representante da Secretaria da Fazenda (o secretário está em viagem) também irá participar.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. Ao invés de só explicar deveria assumir o prejuízo dos pequenos empresários, muitos adetraram os limites de suas contas e estão pagando juros a banco.

  2. É realmente assombroso isto que está acontecendo.
    A implantação de um simples Sistema de Emissão de Notas Fiscais, uma atividade de uma simplicidade franciscana, deixa de ser uma atividade corriqueira da área de Sistemas da Prefeitura e passa a ser um GRANDE PROBLEMA MUNICIPAL, gerando até entrrevista coletiva.
    Se botar na ponta do lápis o custo que este Sistema já teve para o município todos ficariam estarrecidos.
    O pior é que em Ilhéus e em muitas cidades da nossa Bahia, as coisas não acontecem de forma diferente.

    Ilheense

  3. ele vai EXPLICAR o inexplicável, ou seja, a incompetencia deles, pois nao foram competentes para que a assessoria de comunicação da prefeitura alertasse os empresários e os contadores para um possível problema. o pessoal da contabilidade ta deixando correr solto pra quando os fiscais aparecerem exigindo livros da a resposta a altura. hoje eu ouvi o secretário ataide no programa kaka ferreira numa completa enrolação.

    esse pessoal parece que aprendeu como se aplica oleo de peroba na cara sem vergonha deles.

  4. Ja vou dar o resumo da coletiva:

    “Esta tudo bem. A prefeitura tem toda a capacidade de fazer seu proprio sistema. A cada dia que passa, ele esta melhor. As empresas precisam ter paciencia. Bla bla bla.”

    Vai acontecer na 4a feira, pois precisam de tempo para escrever um discurso que consiga rebater com desculpas e inverdades, todas as criticas feitas ate agora.

    A questão que fica é: essa coletiva de imprensa servirá para a prefeitura se defender, ou para solucionar o problema? Ninguem esta preocupado com so planos do senhor Mauricio, muito menos com seu Ego.

    O que precisa ser feito é arrumar solução IMEDIATA! Mas, isso, duvido que aconteça.

  5. Para a inglória coletiva, onde todos já sabem o que vai ser dito, deve ser escalado o Athayde do planejamento e o Emerson, diretor de tributos, que não tem experiência nenhuma, trabalha a pouco mais de um ano na prefeitura, e é lógico que sem bagagem não há como fazer uma transição de sistemas ao menos razoável. Será que ele conhece bem a legislação, as regras da tributação, sistemas de controle, obrigações do contribuinte, dentre outros. Se conseguiu aprender tudo em pouco mais de um ano, o rapaz é outro dos “gênios da Prefeitura”.

  6. O Emerson tem que ir dar explicações mesmo, pois ele foi um dos colaboradoes do novo programa. Ele juntamente com Maurício fizeram o sistema. Uma dupla dinâmica: Emerson forneceu os dados e a equipe de Maurício fez o programa. E agora estamos amargando o prejuízo.

    Abre o olho Carlos Burgos! Você perdeu sua estrela de Xerife.

    Aí seu Pimenta, dá pra encomendar aquela fotinha do capitão de Tonto e Maurício de xerife?

  7. Prezados contribuintes, vocês em seus conhecimentos superficiais a cerca do assunto destilam veneno no que desconhecem. Bom seria mesmo profissionais do porte do anterior diretor de tributos (Otaviano Burgos) esse sim trabalhava tão bem que foi substituido pelo então novo funcionário que pela palavras de vocês é incapaz. Incapaz são vocês de fazerem critica decente. Problemas existem e existirão em qualquer transição de sistemas. Vamos ser tolerantes e aguardar o resultado. Também sou contribinte. O que acontece é a tentiva de melhoria. Até onde sei…o novo diretor a que se referem pode não ter a experiência do anterior diretor de tributos(isso sim é o melhor de tudo, mas pelo menos tem a idoneidade de servir a população no que lhe compete fazer, ao menos galgou o cargo de maneira integra e não através de conchavos políticos.
    Abra os olhos Carlos Burgos tem gente querendo que seu filho Otaviano volte ele sim daria o famoso jeitinho grapiuna na situação!!

  8. Eu disse ! Agora e Tarde Nunca vi tante gente incompetente em um governo. Tudo q faz da errado. Nao averta uma. Porra eu cansei !! So tem secretario se achando. Vou comecar a Criar o painel. De quantos Dias falta para acabar este governo de sofrimento e de pessoas falsas ,metidas, abestalhadas e burras

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top