skip to Main Content
1 de março de 2021 | 06:59 am

1º DE MAIO: POLÊMICA À VISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna não pretende “alisar” neste 1º de maio, quando todo o comércio local deverá  fechar as portas em cumprimento à convenção coletiva da categoria. Marcação cerrada mesmo será exercida sobre os pequenos mercados de bairro, que costumam abrir em domingos, feriados e dias santos.

Uma liminar judicial determina que todos os supermercados de Itabuna liberem seus empregados no feriado, mas entre as empresas de pequeno porte existem algumas em que todo o quadro de funcionários é formado por parentes do dono.  Que muitas vezes trabalham mesmo por “amor à causa” e de boa-vontade, inclusive nos feriados.

Mesmo nessa situação peculiar, o presidente do Sindicato dos Comerciários, Jairo Araújo, afirma que a entidade não vai contemporizar. “Ainda que seja uma relação de pai e filho, a partir do momento em que se assina a carteira (de trabalho), o contrato passa a ser entre patrão e empregado”, entende o sindicalista.

Alguns “empregados familiares” não aceitam a proteção imposta. Ou seja, acham que se quiserem trabalhar, não há sentido na proibição do sindicato. Araújo retruca, alegando que há casos em que os parentes são constrangidos a trabalhar. “É bom lembrar que no comércio local temos muitas ações trabalhistas movidas por empregado que tem relação de parentesco com o patrão”, diz.

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Daqui um dia até no que você bota na boca vai ter gente para mandar.

    Concordo que é mais um dos muitos feriados e que o comércio deve permanecer fechado, mais proibir o dono de uma loja e seu filho de trabalharem no proprio negócio, ai já é absurdo.

  2. Democracia é isso, não saber o que é direito o direito próprio e o dos outros. Será que eles vão pagar as contas da empresa familiar que abriga pais e filhos?

  3. Verdadeira PALHAÇADA desses sindicatos , que só fazem agitação,
    na hora que qualquer trabalhador precisa deles ainda mais se for ex-funcionário , vai atras deles pra ver o que dizem ficam com bunda pregada numa cadeira sem fazer nada a não ser colocar empregado contra patrão e vice verso se achando ainda importantes, ganhando no mole mamando nas tetas gordas , ao invés de se peocupar verdadeiramente com os desempregados, que mandar nos estabelecimentos familiares, combada de folgados agitadores….vcs devem procurar formas de gerar empregos e não ao contarrio…

  4. Concordo com o comentario acima..Não se pode impedir uma familia de trabalhar em seu proprio negocio, pois somente eles que sabem dos compromissos assumidos..

    Não se deve coagir um funcionario a trabalhar no Feriado.

  5. QUEM GOSTA DE TRABALHA FERIADO, E BOM LEMBRA (Uma liminar judicial determina que todos os supermercados de Itabuna liberem seus empregados no feriado.)UM DIA FECHADO NÃO VAI EMPOBRECER OU ENRICAR NINGUÉM UM ABRAÇOS PARA TODOS OS TRABALHADORES (PIÃO IGUAL A ME)

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top