skip to Main Content
15 de julho de 2020 | 01:37 am

DONA IAIÁ E A JANELA PARA O MUNDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dona Iaiá mora em Itapetinga, no sudoeste da Bahia. Aos 60 anos, conseguiu algo que antes poderia até imaginar impossível: voltou a enxergar. Olha só a alegria dela e o trabalho dos ‘meninos’ da Leiaute…

Esta publicação possui 5 comentários
  1. esse governo deveria ter vergonha em usar a imagem de pobres ignorantes pra divulgar suas propagandas, ao invés de se preocupar aom obras de verdade fica se vangloriando de propagandas ridículas como essa!!!

  2. coloque o video; quero morar na propaganda do governo da bahia, que ta bombando no you tube, é muito mais interessante que usar a imagem de pobres ingnnorantes. essa bahia que wagner prega só vcs que enchergam. e chega de blablablabla.

  3. Adoro essa propaganda. Demonstra, dentro da simplicidade do povo, quando um governante acerta o povo fica feliz. É assim que fico quando vejo essa propaganda. Uma pobre ignorante que aparece na TV e fala de sua felicidade para todos. É tão boa a felicidade, que chega a irradiar para as pessoas com sensibilidade, em que pese o preconceito que ainda perdura em nosso país, em relação às pessoas pobres e ignorantes. Parabéns Dona Iaiá pela sua recuperação!

  4. Os pacientes de Itapetinga passaram varios anos sem ter oportunidade de fazer cirurgia de cataratas pelo SUS. Até o 31 de maio de 2006, podiam fazer a cirurgia em qualquer municipio graças ao mutirão de cirurgias que o Ministerio da Saude mantinha desde 1998. O governo federal encerrou o mutirão em 2006 e ficou por isso mesmo, sem alternativa nenhuma. Agora vem o “Saude para Todos” para fazer as cirurgias e deixar os pacientes entregues à sua propria sorte. Para fazer as revisões necesarias no pos operatorio estão sendo obrigados a recorrer aos medicos particulares da cidade. Aqueles que apresentam complicações das cirurgias realizadas (e não são poucos)estão gastando um bom dinheiro para correr atrás de uma solução.
    Foi um programa eleitoreiro, que não da assistencia ao paciente no pos operatorio nem cuida dos que tiveram sua situação agravada pelos insucessos da cirurgia.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top