skip to Main Content
8 de julho de 2020 | 07:38 pm

EM ITABUNA, PROFESSORES PARAM NA QUINTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os professores da rede municipal de ensino, em Itabuna, ameaçam cruzar os braços. A categoria está insatisfeita com a proposta inicial de 8% de reajuste salarial para os níveis II e III.

Os professores haviam aprovado, em assembléia, reajuste de 15% para todos os níveis. A Secretaria Municipal de Educação não apresentou nenhuma contraproposta. A rede tem cerca de 1.400 professores concursados.

Na assembleia ao final da tarde de hoje, os educadores aprovaram indicativo de greve. A categoria também decidiu realizar paralisação de advertência na próxima quinta-feira, 6, dia em que não haverá aula nas escolas municipais.

AZEVEDO SE ENCONTRA COM WAGNER

Tempo de leitura: < 1 minuto

Argôlo e Azevedo foram recebidos no gabinete do governador (foto Roberto Viana)

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (DEM), encontrou-se na tarde desta terça-feira (04), em Salvador, com o governador da Bahia, Jaques Wagner. Ciceroneado pelo deputado estadual Luiz Argôlo, Azevedo foi pedir agilidade do governo na realização de obras como a duplicação da BR-415, no trecho entre os bairros Nova Itabuna e Ferradas.

A realização de intervenções em áreas da periferia, a exemplo do bairro Nova Califórnia, também foi solicitada pelo prefeito itabunense, que recebeu de Wagner a promessa de “empenho máximo” para transformar os pedidos em ações concretas.

Só não se sabe se seria nesse (dá tempo?) ou num próximo mandato…

MARÃO ‘NAMORA’ WAGNER

Tempo de leitura: < 1 minuto

Marão acena com apoio a Wagner, e pode salvar a mãe-deputada.

O vice-prefeito Mário Alexandre (PSDB) deu sinais hoje de que abandonará o barco do ex-governador Paulo Souto (DEM). Ele reuniu a trupe tucana da Terra de Gabriela para avaliar cenários. Como resultado, pode acenar com apoio à reeleição do governador Jaques Wagner (PT).

A movimentação, aliás, ajuda a salvar o pescoço da mãezona, a deputada estadual Ângela Sousa (PSC), que estava prestes a perder todos os 40 cargos de sua indicação no governo estadual. Foi depois desse aceno de apoio tucano que Wagner aceitou rediscutir a relação (política, maldosos!) com Ângela Sousa (PSC).

O governador receberá a parlamentar numa audiência prevista para esta quarta-feira (5), como antecipa o sempre bem informado Jornal Bahia Online. Quanto ao namoro de Wagner e ‘Marão’, uma fonte palaciana diz que as probabilidades do tucano apoiar o petista aumentaram – e muito – nos últimos dias.

INSTITUIÇÕES EM CONFLITO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Há forte “ruído” no relacionamento entre a subseção itabunense da OAB e o judiciário local. Sem pedir reservas, o advogado Andirlei Nascimento, presidente da Ordem, afirma que Itabuna tem a justiça mais infame da Bahia. E o Estado, como se sabe, possui o judiciário com a pior avaliação no País.

Nesta terça-feira(04), em entrevista na rádio Nacional (programa Bom Dia Bahia), o juiz da 4ª Vara Cível, Waldir Viana, tentou, mas não conseguiu evitar a polêmica com o advogado.

Confrontado com a avaliação desconcertante sobre a atuação dos juízes da comarca, Viana pediu que o presidente da OAB apresentasse as estatísticas e recomendou cuidado para não se falar”sem conhecimento de causa”.

O clima não é dos melhores, tanto que começa a existir divisão até mesmo onde se deveria exclusivamente somar.  A OAB manteve entendimentos com o DNIT, envolvendo a doação de uma área para a construção do novo fórum de Itabuna. E havia marcado para esta quinta-feira (06) visita à presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Telma Brito, com o objetivo de discutir o assunto e obter o aval para tocar o projeto.

Com a visível intenção de evitar que os advogados continuassem “sozinhos na foto”, um grupo de magistrados partiu rumo a Salvador na semana passada e antecipou o encontro com a presidente do TJB. Telma Brito recebeu o pessoal da toga, teceu loas à proposta, determinou a realização de novas etapas para que ela seja concretizada e a OAB não apareceu na foto nem como papagaio de pirata.

Fogo nas vaidades! Para a comunidade, o melhor seria que as duas instituições aparassem suas arestas e harmonizassem suas estratégias para dar a Itabuna um judiciário célere e que não continue oferecendo a pior das injustiças, que é a justiça tardia.

POR QUÉ NO TE CALLAS, JONAS?

Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente PT baiano está sob recomendação de manter-se o mais discreto possível com relação às articulações pela reeleição de Jaques Wagner. Fonte palaciana informa que as últimas intervenções de Jonas Paulo não foram bem sucedidas. Pior: existe uma avaliação que derrapagens do presidente petista causaram problemas sérios para o governador, como se deu com as indefinições em torno do fechamento com o PR, o que acabou contribuindo para que o senador César Borges se aliasse ao peemedebista Geddel Vieira Lima.

Jonas Paulo também é tido como um dos responsáveis pelo projeto de lançar Waldir Pires candidato ao Senado, gerando até a possibilidade de prévias e, portanto, de uma indesejada divisão explícita do partido, justamente num momento em que o PT precisaria estar mais unido do que nunca.

Ao presidente, já foi endereçado o velho adágio de que “a palavra é de prata e o silêncio é de ouro”. Resta saber se ele vai se conformar com a mordaça.

GEDDEL IGUALA TEMPO DE TV AO DE WAGNER

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Política&Cidadania

O anúncio de que mais um partido, o PTC, se junta à coligação encabeçada pelo PMDB, que fica, agora, com 11 legendas, ganha espaço no noticiário junto com a informação de que o pré-candidato peemedebista Geddel Vieira Lima, praticamente igualou o tempo do pré-candidato à reeleição, governador Jaques Wagner (PT), equilibrando a disputa no horário eleitoral gratuito. Pelos números apresentado na matéria da repórter Patrícia França e publicada na edição desta terça-feira do jornal A TARDE, a coligação peemedebista passaria a ter 5 minutos e 50 segundos, contra 5 minutos e 55 segundos da coligação petista.

Como já disse em postagem anterior, este grande número de partidos pequenos que procurou se juntar a Geddel Vieira Lima é importante muito mais pelo aspecto psicológico de mostrar a derrota da intenção do governador e do PT, de isolar a candidatura peemedebista e, fazendo-a minguar por falta de apoios, facilitar a realização de um pleito plebiscitário entre a chapa oficial e a do ex-governador Paulo Souto (DEM-PSDB). Mais importante até do que a quantidade de votos que essas siglas possam agregar à candidatura.

Quanto à questão do acréscimo do tempo no horário eleitoral, sem dúvida também importante uma vez que ninguém desconhece o peso do horário eleitoral gratuito nas campanhas eleitorais do Brasil. Já vimos diversas campanhas se tornarem vitoriosas a partir do início da propaganda gratuita no rádio e na TV, bem como já vimos outras afundarem justamente ali.

Leia mais

ADVOGADOS DE EUNÁPOLIS PROTESTAM CONTRA MEDIDA DO TJ-BA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Radar 64

Advogados vão paralisar as atividades em Eunápolis na próxima quinta-feira (6), para participar de uma manifestação de protesto que está sendo organizada pela subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A subseção quer, inicialmente, o retorno dos servidores do município que atuavam nas diversas varas da Comarca local e foram devolvidos, em meados do mês passado, ao serviço público municipal por ordem do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

De acordo com a vice-presidente da entidade, Roberta Tutruti, que coordena a comissão incumbida de organizar a mobilização, o que se exige é melhor condição de trabalho, tanto fisicamente como em quantidade de pessoal, uma vez que “depois da devolução dos servidores da administração municipal, o serviço ficou impraticável, tanto para os advogados como para a Justiça”.

Assim, a dirigente da OAB defende o retorno desses servidores, mas explica: “O correto é que haja concurso e o Judiciário tenha serventuários concursados. Mas, em razão da presidente do tribunal ter falado que não há previsão de concurso, somos favoráveis à volta dos servidores, uma medida que sabemos ser paliativa, as é uma maneira de a gente poder trabalhar”.

PROFESSORA QUE SOFREU AMEAÇA É TRANSFERIDA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Educação informou ao Alerta Total, da TV Cabrália, que a professora de matemática agredida verbalmente e ameaçada por sete alunos, na semana passada, será transferida. A educadora leciona no Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam) e pediu para ser remanejada para outra escola.

As ameaças foram feitas pelos alunos na porta da escola, na última quinta-feira, 29. Os alunos eram das escolas General Osório, Imeam e Josué Brandão. O caso foi abordado aqui no Pimenta no último final de semana (relembre aqui) e também nesta segunda (3) em artigo assinado pelo jornalista e blogueiro Daniel Thame (post abaixo).

O REMEDINHO DE AZEVEDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na solenidade de entrega de cartões do Bolsa de Renda Municipal, na Usemi, o prefeito Capitão Azevedo (DEM) escondeu a sua receita para combater a pressão alta, mas revelou seguir à risca as indicações médicas.

– Tomo o meu remedinho todo dia.

Foi o bastante para um engraçadinho indagar se o ‘cardiologista’ do prefeito é o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, aquele que receitou sexo, sexo, sexo para deixar a pressão belezinha…

O BUZINAÇO DE GEDDEL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Geddel: buzinaço.

Em meio à circulação de dezenas de pessoas do interior e da capital no escritório do PMDB baiano, no Costa Azul, o pré-candidato ao governo da Bahia, Geddel Vieira Lima, iria reservar parte da agenda para discutir exclusividade e a encomenda de milhares de buzinas, digamos, com o tipo de som ao gosto do cliente.

–  É Geddel, Geddel, Geddel, Gedeeeellll… – era o som preferido por lá, mas o dono pode colocar até 12 frases-buzina.

Os peemedebistas querem espalhar a engenhoca Bahia afora, infernizando ouvidos alheios e, principalmente, os adversários. Representantes da empresa que detém a exclusividade do produto dizem que a buzininha ‘tabajara’ sai a R$ 195,00 a unidade.

Em tempo: a aglomeração no escritório antecedia o anúncio do ministro de que mais um partido nanico integrará o seu arco de alianças, o PTC.

Back To Top