skip to Main Content
31 de maio de 2020 | 02:58 am

UP FALA DAS MALDADES DE GREGOS E BAIANOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A coluna Universo Paralelo destaca o epigrama (“a arte de falar mal”) dos antigos (o grego Simônides de Ceos e o romano Horácio) aos baianos novos e velhos (Gregório de Mattos, Lulu Parola, Ildásio Tavares e outros), incluindo o ilheense Alberto Hoisel.

Ousarme Citoaian também fala de “pedradas linguísticas” na mídia e lembra a canção Make the knife, numa gravação histórica (e premiada) de Ella Fitzgerald.

Para ver a edição desta semana clique aqui.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. Um dono de casa funerária resolveu se candidatar a prefeito de Ilhéus. Alberto Hoisel não deixou por menos: Rouco de clamar aos céus/Ao peso de tantos erros/ Só faltava pra Ilheús/Quem lhe fizesse o enterro.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top