skip to Main Content
25 de janeiro de 2021 | 06:54 am

CINQUENTENÁRIO: CAIXA AINDA NÃO LIBEROU VERBA

Tempo de leitura: 2 minutos

A prefeitura de Itabuna iniciou a reforma da calçada da avenida do Cinquentenário sem mesmo obter, por parte da Caixa Econômica Federal, a sinalização de que os R$ 1.152.000,00 serão liberados.

Oficialmente, a colocação de pisos ainda não começou. A nota oficial da Caixa deixa claro que o processo de liberação do recursos, de numero 310.948-09, ainda “está em análise na área de desenvolvimento urbano do banco”.

A página de contratos disponibilizada pela Caixa dá a obra como “NÃO INICIADA”. O valor total da reforma da calçada é de R$ 1,2 milhão, conforme a instituição. Nenhum centavo foi liberado para a obra, mas a colocação de piso já começou por conta e risco da prefeitura.

E sobre o piso, a Caixa é enfática: “Informa também que a análise deste projeto está sendo feita em conformidade com os padrões da CAIXA, que ao concluir, enviará o parecer diretamente à prefeitura de Itabuna”.

Como este blog revelou na semana passada, engenheiros do banco reprovaram, à primeira vista, o tipo de piso que a prefeitura comprou em Porto Seguro. Ele não teria a resistência necessária para avenida como a do Cinquentenário e não possui travas, que evitam que peças soltem.

A partir da constatação inicial de que o piso não era resistente e não seguem as exigências técnicas do banco, parte do material foi enviado para análises. A reprovação inicial foi da equipe de engenharia da Caixa.

Caixa informa que obra não foi iniciada (Reprodução).

A CAIXA informa que, em relação à obra de reforma da calçada da Avenida Cinquentenário, a operação está em análise na área de desenvolvimento urbano do banco e as informações sobre o processo, cujo número é 310.948-09, estão disponíveis no sítio da CAIXA: www.caixa.gov.br, na aba “governos”, “acompanhamento de obras”. Informa também que a análise deste projeto está sendo feita em conformidade com os padrões da CAIXA, que ao concluir, enviará o parecer diretamente à prefeitura de Itabuna.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. Rapaz! Passei na droga do passeio da Cinquentacentenária, está torto e os cadeirantes terão dificuldades em andar!Material de péssima qualidade…Os “comerciandes do marmores” estão retado! Façam uma entrevista com eles, sem mencionar nomes (temem repressão. Azevedo tá ferrado!Retado! Os “engenheiros” coçam a cabeça a toda hora! O povo errou, tem que votar em pessoas inteligentes, eu sabia!

  2. Isto só da mais uma prova que o Prefeito tem interesse que esta necessária reforma seja feita, mesmo contra a vontade de alguns poucos que estão torcendo contra….Avante prefeito temos a certeza que tudo dará certo…estamos contigo e teremos o mais bonito organizado comércio do interior da Bahia.
    È assim que se faz!!!

  3. Isso mostra a incompetência da Caixa Econômica Federal, pois se fez um acordo e não cumpre, como mantem a palavra mediante aos nossos investimentos? e que acordo é esse que fechamos sem ter conhecimento do que vai haver, tipos de lâmpadas, pisos, paisagismo, qualidade de material… tudo bem que a Prefeitura pode ter errado, mais porque a Caixa não se pronunciou? Porque o Marcos Alan não foi questionado antes de baterem o martelo e ceder a grana? E porque Marcos Alan divulgou que o material é de primeira e a Caixa ainda não obteve uma resposta? Olha lá meu povo vamos ter cuidado com isso ai e nas postagens viu? Estão querendo estragar a festa de nossa cidade com algo que não existe… esses questionamentos não e nada mais que insegurança do PT, e toda obra que Azevedo for fazer na cidade, serão criticados por eles, mesmo porque o governante deles O “PEDINHA” nunca fez nada, a não ser enricar os ineligentes petistas… então ao nossos amigos de planão do Pimenta, não fiquem preocupados, pois, vai dar tudo certo, mais lembrando que, nossa população ainda é não são otimista. eu torço para que tudo dê certo para todos!

    Da Redação: Senhor “Madeira”, Marcos Alan foi advertido, desde o início, de que o material não era o adequado para a obra. Daí, o pedido de análise científica do material. O resto é conversa para boi dormir.

  4. Só se for de primeira para vc seu”Madeira”quem não conhece a prefeitura de Itabuna???Quem vem faturando com as pouquíssimas obras que faz pq não faz nada quando faz que meter a mão tomara que caixa fique no pé mesmo!!Aonde Itabuna vai para com uns governantes desse????!!

  5. AZEVEDO
    FEZ A PONTE COLOCOU RELOGIO
    NIMGUEM SABE QUANTO CUSTOU ESTAS OBRAS PARA O MUNICIPIO?
    AGORA QUER MAMA NO DINHEIRO DA UNIAO?
    ESPERO QUE A CAIXA APURE CHEGA DESTES MAMOES.
    ITABUNA NAO DÁ SORTE COM SEUS ADMINISTRADORES SÓ ENTRA APROVEITADORES DOS BENS PUBLICOS.
    E AINDA FICA OS BABACAS GRITANDO POR FICHA LIMPA.
    “SE GRITAR PEGA LADRAO
    NAO FICA UM MEU IRMAO .

    SE GRITAR PEGA LADRAO NAO FICA UM.” KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  6. Caramba! Os “funcionários” (sem concurso público?!) da prefeitura defendem Azevedo mesmo! Devem tá mamando gostoso nas nossas tetas!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top