skip to Main Content
21 de junho de 2021 | 01:37 pm

A PONTE PICOLÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da coluna Tempo Presente (A Tarde):

Por que a Ponte Presidente Dutra, que interliga Juazeiro e Petrolina, está duplicada do meio até o lado pernambucano e é pista única na banda baiana? O DEM prepara uma peça publicitária para atacar o assunto.

O povo, que não perdoa, já está chamando a Presidente Dutra de Ponte Picolé (palito baiano e sorvete pernambucano).

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Durante os 40 anos em que o Carlismo predominou na Bahia, perdemos tudo para Petrolina: a Embrapa, o Aeroporto, diversas industrias e milhares de outros beneficios, isso sem falar na sede da SUDENE e da CHESF, que ficam no Recife. Enquanto ACM arrotava arrogância, Pernambuco, de forma discreta levava tudo. O problema a ponte é simples, devido a bela estrutura de Petrolina não houve problema com sua duplicação, mas como Juazeiro parou no tempo no que diz respeito a infra-estrutura durante 40 anos, a ponte não pode ser duplicada, por enquanto no Estado da Bahia.

  2. Parece que s pontes são o ponto fraco do atual governo da Bahia, …, a propaganda (engana trouxa), no entando, o ponto forte, …!!!

    Que beleza, …!!!

  3. Onde está a diferença?

    Petrolina é uma cidade! É vertical, possui grandes e belos prédios! Talvez a metrópole do sertão!

    Já Juazeiro não passa de mais uma cidadezinha da Bahia, cheia de casinhas, apesar da grande população.

    Há muito me pergunto por que os bahianos tem pavor de edifícios! Adoram casinhas baixas e geminadas? E a maioria das cidades bahianas são feias.

    Sou bahiano e conheço quase todo o País. Falo por experiência: se alguém doar o mesmo valor para um bahiano e uma pessoa de outro Estado (pode ser do Nordeste) e pedir para que cada um construa uma casa, o bahiano, certamente, mandará fazer um “caixote” e gastará todo o dinheiro antes que fique pronto.

  4. Não consigo entender porque algumas pessoas vivem ainda olhando pelo retrovisor.
    ACM é coisa do passado.
    Para aqueles que via de regra a ele se referem, entendo sim que sendo o atual Governador,tão ruim, tão incompetente e mentiroso, além de medíocre, que se sente saudades do cabeça branca.
    Conheço duas bahias: Culturalmente, uma antes e outra depois de Caetano,Gal,Gil e Betania. Outra, política, antes e depois de ACM.
    Fernando Florencio
    Ilheus/Ba.
    Em tempo: Quem duvida que se ACM vivo fosse, esta pendenga que se abateu sobre o aeropçorto de ILheus, não já teria sido resolvida?!
    Inclusive o General Genérico, Nelson Jobim, já teria voltado ao Rio Gtrande, indo pescar na Lagoa dos Patos.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top