skip to Main Content
25 de fevereiro de 2020 | 12:48 pm

O HOMEM DO PRAMIL

Tempo de leitura: 2 minutos

José Carlos: ereção prolongada e cirurgia.

O técnico em refrigeração José Carlos Souza foi parar, dia desses, no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem), em Itabuna. O sujeito tomou uns goles de cerveja misturado com Pramil, comprimido para quem tem disfunção erétil.

O homem ficou “apenas” nove dias internado por conta do “bráulio” que teimava em não baixar a guarda. Zé Carlos, literalmente, entrou numa fria. Suspeita que amigos tenham lhe preparado uma, colocando a ‘pílula azul’ na sua cervejinha.

Ele, como se diz lá na Mangabinha, bairro dele, tá “costurado”: foi submetido a procedimento cirúrgico. O homem do Pramil conversou com o repórter Arthur José.

Ispia o papo.

Arthur José – E aí, mestre, o que é que aconteceu com você?
José Carlos – Rapaz, eu saí no final de semana para tomar uma cervejinha, num local reservado, e aconteceu isso. O pessoal tá dizendo que eu tomei (Pramil), mas eu tenho certeza que não tomei.

AJ -E como foi o caso, você estava com a namorada tomando uma cervejinha e colocaram o comprimido em sua bebida?
JC – Olha, eu tenho certeza que ela não fez isso. Ela é uma pessoa boa. Eu desconfio de outras pessoas porque eu saí e não bebi só com ela, né? Então, aconteceu.

AJ – E agora, quando você for sair com a namorada, vai tomar cuidado, vai ficar com medo ou você vai encarar normalmente? Como vai ser?
JC-Com certeza, não vou deixar copo à toa. Se eu desconfiar, eu jogo aquele copo fora e uso um outro. Não pode vacilar mais, não.

AJ – E a sua namorada, o que achou disso? Qual a reação dela?
JC – Eu tive lá, mas não encontrei com ela. Com certeza, ela está sabendo. Mas não tive contato com ela mais, não.

AJ -Ela está correndo de você?
JC – Com certeza.

AJ – Vocês sairam antes? Ela não chegou a reclamar que você estava ‘devagar’?
JC – Não. Na verdade, há algum tempo que acontece isso comigo. Sempre à meia-noite eu acordo e fica ereto direto. E depois do domingo, há quinze dias, aconteceu isso de novo.

AJ – Você não usou nenhum estimulante sexual?
JC – O pessoal diz que foi o Pramil.

AJ -Esse Pramil, então, foi pra lá de “Dois Mil”, não?
JC – A turma está dizendo aí que foi 8, 10 comprimidos que eu tomei.

BANDA MEL GANHA INDENIZAÇÃO MILIONÁRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Essa veio do site Uol: A prefeitura de São Miguel dos Campos (AL) foi obrigada, judicialmente, a pagar R$ 4.395.093,19 referentes a pouco mais da metade do cachê por um show da extinta banda Mel (atualmente Bamdamel, uma das precursoras da axé music), da Bahia, na cidade alagoana.

O show aconteceu em 1992, auge da banda. O prefeito da época, Hélio Jatobá, deu cano e a banda só recebeu metade do cachê. Aí, o jeito foi recorrer a um remédio amargo. A ação foi surtir efeito agora. O débito, no entanto, deverá ser pago somente em 2011, após incluído no orçamento como precatório.

Abaixo, Bamdamel canta Prefixo de Verão.

LÍDICE CHAMA OPOSIÇÃO DE MESQUINHA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Lídice afirma que ex-governantes ainda têm muito o que explicar (foto Tiago Melo)

A deputada federal Lídice da Mata (PSB)  criticou opositores do governo Wagner por tentar fazer exploração política com o assassinato do delegado Clayton Leão Chaves. Entre os acusadores, ela identifica “ex-dirigentes que ainda têm muito a prestar contas dos anos que passaram governando a Bahia”.

Segundo Lídice, o governo vem investindo em segurança. Ela menciona a destinação de recursos para aumentar o contingente policial, aquisição de veículos e armamentos e fortalecimento das ações de inteligência. “Entre 2007 e 2009, os recursos aplicados no setor aumentaram 20%, passando de R$ 1,6 bilhão para R$ 1,9 bilhão”, reforça a parlamentar.

Detalhando, ela sustenta que no período foram incorporados 3.325 novos soldados, enquanto outros 2.221 encontram-se em curso de formação. Na polícia civil, ingressaram 44 delegados, 147 agentes e 111 escrivães. Também foram adquiridos – de 2007 a 2009 –  1.800 veículos, 5.284 coletes balísticos e 1.205 novas armas, entre pistolas, metralhadoras e fuzis.

HISTÓRICO DE UM “INOCENTE”

Tempo de leitura: < 1 minuto

O site Bahia Notícias vasculhou os arquivos para relembrar todos os episódios em que o deputado federal Raymundo Veloso (PMDB) foi flagrado em malfeitos e alegou, candidamente, que não sabia de nada. Isto ocorreu nas “farras” das creches,  das passagens e no golpe das contratações irregulares.

Veloso usou a mesma desculpa de ter sido o último a saber no escândalo da vez, em que reduziu salários de funcionários de seu gabinete para contratar uma coordenadora de campanha.

AZEVEDO INVIABILIZA DISCUSSÃO DA LDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O envio de uma mensagem “capenga” pela Prefeitura de Itabuna impediu a Câmara de Vereadores de realizar a audiência pública que discutiria a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Em vez de inserir os anexos com as metas e prioridades do governo para 2011, o documento apresentado ao legislativo continha apenas informações vagas, extraídas do próprio teor da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Presidente da Comissão de Legislação da Câmara, o vereador Wenceslau Júnior (PCdoB) lamentou a imprecisão da mensagem, o que acabou frustrando uma audiência que contou com expressiva presença de representantes da sociedade civil organizada.  “Vamos encaminhar um documento solicitando que a Prefeitura disponibilize os anexos, para então aprofundarmos a discussão”, afirmou.

A próxima tentativa de debater o assunto foi agendada para o dia 16 de junho.

WAGNER PROMETE NOVOS INVESTIMENTOS EM SEGURANÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

Presente ao sepultamento do delegado Clayton Leão, assassinado nesta quarta-feira, 26, em Camaçari, o governador Jaques Wagner afirmou a intenção de continuar ampliando os investimentos na área de segurança pública. Ele elogiou a polícia pela agilidade com que investigou o caso e chegou aos elementos que confessaram a autoria do homicídio.

Ouça o que diz o governador sobre o episódio:

O delegado-chefe da Polícia Civil, Joselito Bispo, que apresentou os suspeitos às 11 horas da manhã de hoje, na Secretaria de Segurança Pública, confirmou a versão de que houve uma tentativa de roubo. Segundo Bispo, Clayton não chegou a esboçar reação, mas ao ver sua arma um dos bandidos que participaram do crime deflagrou três disparos, dois dos quais atingiram a cabeça do delegado.

No mesmo dia do crime, a polícia chegou aos dois primeiros suspeitos: Rinaldo Valença e Edson Cordeiro, conhecido como Inha. Já nesta quinta-feira, Magno de Menezes, também suspeito, se entregou com duas armas que serão periciadas. Também são aguardados os resultados de perícias em outra arma – um revólver calibre 38 – e no carro do delegado.

Entrevista com Joselito Bispo:

Magno de Menezes, Rinaldo Valença e Edson Cordeiro ("Inha"), suspeitos de ter matado Clayton Leão

WAGNER E GEDDEL EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Geddel e Wagner visitam Ilhéus, no sábado.

Os pré-candidatos a governador Jaques Wagner (PT) e Geddel Vieira Lima (PMDB) estarão em Ilhéus, no próximo sábado (29). Mas, parece, não há risco de um perigoso ‘cruzamento’ na ‘Terra de Gabi’.

O governador e candidato à reeleição estará no Hospital Geral Luiz Viana Filho, para inaugurar as obras do pronto-socorro e do mais moderno centro de diagnóstico por imagem do interior baiano.

Geddel participa de um encontro na Câmara de Vereadores no qual se discutirá legislação e contabilidade eleitoral e marketing político. Os dois compromissos, o de Geddel e o de Wagner, estão agendados para as 9 horas.

NETO ESNOBOU SANTANA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O site Bahia Notícias divulgou a intenção de ACM Neto de retaliar o Coronel Santana, pré-candidato a deputado estadual pelo PTN, por este ter feito dobradinha com Félix Mendonça Jr. (PDT). Neto teria pedido a João Carlos Bacelar, presidente estadual do PTN, que expulsasse Santana da legenda, mas a proposta foi recusada.

Interessante é que Santana esperava fechar com Neto e decidiu se aliar a Félix no momento em que o Democrata enlaçou-se em Itabuna com o pré-candidato tucano Solon Pinheiro, que também pleiteia um vaga na Assembleia Legislativa. Ou seja, ele mesmo empurrou o militar para o pedetista… E hoje chora.

SINDICATO DOS RADIALISTAS ACOMPANHARÁ JÚRI

Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente do Sindicato dos Radialistas, Frankvaldo Lima, diz que vai acompanhar de perto o julgamento do vereador José Carlos Mansur Gonzaga, o Zezinho Mansur, de Itajuípe, acusado de tentativa de homicídio contra o radialista Yonélio Said.

O júri popular está marcado para amanhã, no Fórum Desembargador Orlando Pereira Santos, em Itajuípe. A juíza Emanoele Vita Leite preside o júri, que terá, no patrocínio da acusação, o promotor Yuri Lopes.

Leia mais no Trombone

A DIVISÃO NO PT

Tempo de leitura: < 1 minuto

As divergências em torno da indicação do candidato ao senado – se Waldir Pires ou Walter Pinheiro – já dá lugar a ataques abaixo da linha da cintura entre petistas. O lado que defende o ex-governador, antevendo a derrota, passou a espernear feio.

Ontem (dia 26), Rosembergue Pinto (pró-Waldir) disparou contra o ex-deputado federal Josias Gomes, o principal articulador da indicação de Pinheiro. Adjetivos como oportunista e desleal foram utilizados. Gomes disse que não responderia à provocação, mas reafirmou que, “apesar das incontestáveis qualidades de Waldir,  Pinheiro é  o melhor nome para o atual momento”.

Os defensores do ex-governador também passaram a dizer que Waldir está sendo tratado pelo PT da mesma forma que era pelo carlismo. Traduzindo: é como se afirmassem que os aliados de Pinheiro fulminam a postulância de Waldir com inspiração nos métodos do velho cacique do PFL.

Para um petista, tal acusação é o mesmo que xingar a mãe.

Back To Top