skip to Main Content
10 de julho de 2020 | 05:46 am

AZEVEDO GANHA NOTA TRÊS NA “ESCOLINHA DE TIA MIRALVA”

Tempo de leitura: 2 minutos

Tia Mimi: Três para Azevedo.

Na Escolinha da Professora Tia Miralva, o aluno Capitão Azevedo (DEM) seria reprovado com um sonoro três. Nesta tarde, a educadora participou do programa Patrulha Geral (rádio Nacional) e falou sobre governo municipal, Geraldo Simões e fez críticas ao secretário municipal de Educação, Gustavo Lisboa.

Dirigente da Direc 7 e presidenta do PT itabunense, Miralva Moitinho justificou a péssima nota de Azevedo. “Tem secretário que manda mais que o prefeito. Ele não tem pulso”. Como falta comando, o governo não anda e a cidade sofre.

Na entrevista ao apresentador do Patrulha Geral, Fábio Roberto, a educadora ainda criticou a falta de organização na obra da avenida do Cinquentenário. O piso é ruim, disse, e os empresários estão sofrendo com as vendas baixíssimas por conta do cenário de caos na principal artéria do comércio de Itabuna.

“Tia Mimi” ainda bateu nos vereadores (que não têm fiscalizado o governo, segundo ela), mas defendeu seu líder político, o deputado federal Geraldo Simões. Quem critica o parlamentar, avalia ‘Mimi’, é porque não conhece quem é Geraldo. Ao mesmo tempo, anunciou que o seu candidato à Assembleia Legislativa baiana é o parlamentar Jota Carlos.

Sobrou até bordoada no secretário de Educação de Itabuna, Gustavo Lisboa, criticado por ter ido aos microfones da rádio Nacional afirmar que, diz Miralva, o Mais Educação seria um projeto único da prefeitura local. A petista reagiu e lembrou que o Mais Educação é uma iniciativa do Governo Lula, tendo estados e municípios como parceiros.

POLÍCIA SEM PISTAS DE ASSASSINOS DE CRIANÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Luandson, a criança assassinada, e Alisson atendido pelo Samu após espera de 1 hora (Foto Xilindró Web).

A polícia ainda não identificou os três homens que executaram Luandson Passos Reis, 10 anos, no início da tarde desta quarta-feira, 9, no bairro Pedro Jerônimo, em Itabuna. O trio de bandidos visava Alisson Santos de Oliveira, 22, que levou tiros nas costas e no abdome.

O crime aconteceu na rua São Paulo, onde morava a criança que acabava de sair de casa para, segundo a família, “comprar sal”. Os homens chegaram fortemente armados e dispararam em Alisson e em Luandson.

Testemunhas dizem que os marginais efetuaram os disparos mesmo com Luandson inerte, no chão, após o primeiro tiro. Logo em seguida, os bandidos fugiram em um Volkswagen Polo.

O trio levou o veículo para a estrada Itabuna-Ibicaraí (BR-415). Nas proximidades de Ferradas, os bandidos tocaram fogo no carro e fugiram em duas motos, de acordo com testemunhas. Com informações do blog Xilindró Web.

GERALDO SIMÕES MANIFESTA APOIO AO PORTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Em discurso proferido na tarde desta quarta-feira, 9, na Câmara dos Deputados, o petista Geraldo Simões fez uma veemente defesa do projeto de implantação do Complexo Intermodal de Transportes na Bahia, que inclui a Ferrovia de Integração Oeste-Leste, um aeroporto internacional e o Porto Sul, cuja localização será no litoral norte de Ilhéus.

O deputado criticou a “visão dualista”, que contrapõe desenvolvimento e preservação ambiental. Para Simões,”o verdadeiro desenvolvimento sustentável tem que garantir as alternativas viáveis para a sobrevivência humana com dignidade, ao mesmo tempo em que cria alternativas de preservação da natureza e seus recursos”.

Geraldo lembrou também a crise da lavoura cacaueira e disse que grande parte da população regional vive em situação de pobreza e sem perspectiva de futuro. Ele frisou que “nem a riqueza gerada através de atividades predatórias, nem a miséria e o atraso convêm à humanidade” e manifestou apoio ao ato público que será realizado nesta quinta-feira, 10, em defesa do Complexo Intermodal.

A manifestação sairá às 14 horas, da Avenida Osvaldo Cruz, no trecho ao lado do estádio Mário Pessoa. Pessoas de diversos segmentos estarão presentes e irão percorrer alguma das principais ruas de Ilhéus, finalizando a caminhada na Praça Dom Eduardo.

TELEFONES CORTADOS NO HOSPITAL DE BASE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os telefones do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) estão mudinhos desde o final de semana, gerando grandes transtornos. O hospital deixou de ‘adoçar’ a boca da Embratel. A dívida não é revelada. As principais vítimas são pacientes que precisam ser transferidos para outros hospitais, pois o Hblem não tem como enviar à central de regulação do Estado a solicitação de vaga, principalmente em Salvador.

Essas solicitações são enviadas por fax. Como a conta não foi paga, nem telefone nem internet funcionam no hospital itabunense. As famílias dos pacientes são obrigadas a ‘se virar nos trinta’, enviando faz a partir de empresas ou de suas próprias residências. É a saúde itabunense.

7ª DIRES INAUGURA NOVA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A 7ª Diretoria Regional de Saúde (Dires) inaugurou nova sede da assistência farmacêutica em Itabuna. O setor, que passa a funcionar na antiga Unidade de Pronto Atendimento Valdenor Cordeiro, atende pacientes com diversas enfermidades, geralmente crônicas e progressivas. A maioria dos pacientes é formada por pessoas idosas, portadoras de doenças como como Mal de Alzheimer e de Parkinson, osteoporose, artrite e glaucoma.

O serviço especializado da Assistência Farmacêutica, anteriormente conhecido como programa de medicamentos de alto custo, é uma estratégia do Ministério da Saúde para facilitar à população acesso a medicamentos seguros e eficazes.

Segundo o diretor da 7ª Dires, João Marcos de Lima, mais de mil pacientes estão cadastrados no programa, que realiza uma média de 30 atendimentos por dia. É beneficiada não só a população de Itabuna, como também de municípios vizinhos.

Além do atendimento direto a pacientes, a Assistência Farmacêutica da 7ª Dires disponibiliza para as Secretarias Municipais de Saúde, medicamentos essenciais dos programas de Tuberculose e Hanseníase,  insulina e presta orientação aos municípios na estruturação de serviços.

WR: VÍTIMA DE CONFLITOS INTERNOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

As qualidades do ex-secretário de Assuntos Governamentais e Comunicação de Itabuna, Walmir Rosário, que pediu exoneração do cargo na semana passada, foram destacadas em diversos pronunciamentos na tarde desta quarta-feira, 9, na Câmara de Vereadores de Itabuna. Os elogios partiram de integrantes da esquerda à direita.

Um dos que elogiaram Rosário foi o comunista Wenceslau Júnior. Ele ressaltou que o ex-secretário atuou com competência, mas foi vítima de “conflitos internos”.

Ao novo titular da pasta, Ramiro Aquino, que também recebeu elogios, Wenceslau desejou sorte. “Ramiro é tão competente quanto Walmir, mas espero que ele receba melhor tratamento no governo”, disse.

ROSE CRITICA “BROGS FRAJUTOS”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Em mais um discurso sem noção no plenário da Câmara, a vereadora Rose Castro criticou sites e blogs que publicam notas negativas sobre ela própria e o governo Azevedo. No ápice do pronunciamento, quase provocando uma crise de risos na plateia, Rose declarou que não se importa com o que é publicado em “brogs frajutos”.

Gargalhada geral…

JUCA KFOURY SERÁ INDENIZADO EM 100 MIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do site Última Instância:

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu manter a indenização de R$ 102 mil (200 salários mínimos em valor atual) ao jornalista Juca Kfouri, por ter sido chamado de mau caráter durante um programa de rádio do também jornalista esportivo Orlando Duarte Figueiredo. Para o relator do caso, ministro Aldir Passarinho Junior, a gravação em fita foi suficiente para comprovar o dano.

De acordo com informações do Tribunal, a prova apresentada não foi contestada por Orlando Duarte, quando Juca decidiu mover a ação por danos morais. Com isso, em primeira instância, o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) já havia condenado o jornalista ao pagamento de 200 salários mínimos.

Leia texto completo.

SACO VAZIO NÃO FICA EM PÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

O quorum nas próximas reuniões do prefeito Azevedo com a sua bancada deverá sofrer uma baixa. Nesta terça-feira, 8, após participar de encontro com o alcaide e visitado algumas obras, ao lado de outros seis vereadores, Raimundo Pólvora (PPS) sentiu um “abalo sísmico” no estômago e reclamou:

– Pô, o prefeito nos convida e não serve nem sequer um almoço. Não venho mais.

Back To Top