skip to Main Content
28 de maio de 2020 | 01:34 am

SACO VAZIO NÃO FICA EM PÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

O quorum nas próximas reuniões do prefeito Azevedo com a sua bancada deverá sofrer uma baixa. Nesta terça-feira, 8, após participar de encontro com o alcaide e visitado algumas obras, ao lado de outros seis vereadores, Raimundo Pólvora (PPS) sentiu um “abalo sísmico” no estômago e reclamou:

– Pô, o prefeito nos convida e não serve nem sequer um almoço. Não venho mais.

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Tem vereador que mesmo de barriga cheia, não para de reclamar!Será que Raimundo Pólvora se esqueçe como vivia a pouco tempo atrás? hoje é tanta pose que pareçe até um lord.

  2. Muito fora de propósito os comentários.Afinal de contas (tirando uns treis ou quatro vereadores da esquerda) os outros todos sao de primeira linha! quem viver . VERÀ!!!!!!!!!!!!
    Tem gente que gosta até de pimenta. quanto mais Giló com cebola!

  3. O VEREADOR POLVORA TALVEZ SEJA O MAIS DESPREPARADO DE TODOS,VESTE-SE MAL,MAL EDUCADO ,INCONVINIENTE,FOFOQUEIRO,VEREADOR DE UM SO MANDATO SO TEM PEDIDOS RIDICULOS NAO TEM APOIO NEM NA PROPRIA MANGABINHA,ELE DEVIA DE TAR NA POLICLINICA COMO ATENDENTE POIS SO SERVE PARA PEDIR EXAME,VAI AO ENCONTRO DO PREFEITO COM PEDIDOS RIDICULOS,SR POLVORA COMPRE UM LIVRO DOBRE POLITICA OU COMO LEGISLAR,PECA PARA ALGUEM LER CASO NAO SAIBA,UM VEREADOR COMO O PREFEITO SAO REPRESENTANTES DO POVO E COMO TAL DEVE TER COMPORTAMENTO A ALTURA O PREFEITO TEM BOAS INTENCOES MAIS VC POLVORA SO PENSA EM VC,O PIMENTA TA INFILTRADO EM TUDO,NADA FOJE AOS OLHOS E OUVIDOS DO SR PIMENTA..

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top