skip to Main Content
1 de dezembro de 2020 | 02:35 am

37 DIAS DEPOIS: GREVE NO JUDICIÁRIO CHEGA AO FIM

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os serventuários da Justiça baiana decidiram voltar ao trabalho após assembleia ocorrida nesta segunda-feira, 14. Foram 37 dias de greve que somente acabou após a a juíza Lisbete Maria Teixeira Almeida César Santos decretar ilegal a paralisação e impor multa diária de R$ 30 mil, caso a determinação fosse descumprida.

Os servidores querem o fim das contratações via Reda no Tribunal de Justiça da Bahia e, também, o retorno das gratificações e o Plano de Cargos, Carreira e Salário do Judiciário.

Boa sorte para quem recorrer aos serviços do judiciário por esses dias. Imagine a confusão…

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Uma minoria de beneficiários, apadrinhados dos desembargadores, recebendo valores exorbitantes, é a realidade do TJ Bahia.
    Isso precisa acabar.
    A Justiça tem que dá exemplo e não se transformar de Casa do Nepotismo.
    Parabéns as serventuários pela luta por moralização do Tribunal.
    A Luta deverá continuar.

  2. Eu vi a Justiça Eleitoral funcionando hoje em Ilhéus.

    E sobre o TJBA, a greve acabou, mas continua a luta contra a imoralidade! Chega de arbitrariedades!

    A lei tem que prevalecer na Casa da Justiça!

  3. A greve não foi para “retorno das gratificações”…O lema maior é pela moralização do TJBA que compreende: acabar com a farra dos altos salários, dos super adicionais de função para os poucos privilegiados, dos quais muitos nem concursados são; acabar com as gestões e determinações irresponsáveis e ilegais dos Presidentes do TJ; pelo arquivamento de projetos de leis inconstitucionais que rotineiramente são aprovados pela Assembléia Legislativa (tais como: aumentando o nº de cargos comissionados, criando outras gratificações que visam substituir os adicionais de função que o CNJ mandou suspender etc).
    Os servidores estavam dispostos a renunciar a gratificação de eficiência pela implantação de um plano de cargos e salários digno e igual para todos.

  4. RAPAZ… FALANDO SINCERAMENTE, TÔ INDO EM ITABUNA PRATICAMENTE DE MÊS EM MÊS E NÃO LEMBRO A ULTIMA VEZ QUE PASSEI EM FRENTE AO FORUM E NÃO VI AQUELA FAMIGERADA FAIXA DE GREVE. ACHO QUE JÁ FAZ PARTE DA PAISAGEM. Ô POVIN QUE FICA DE GREVE. “EU?! HEN?!!”

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top