skip to Main Content
7 de abril de 2020 | 05:23 am

TAXISTA É ASSASSINADO COM REQUINTES DE CRUELDADE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Agnaldo Santos, de Camacan

O taxista Egmar Pereira Silva, 46, foi encontrado morto nesta manhã de segunda-feira (21), numa área da Fazenda Vila Vitória, às margens da BA 002, quilômetro 11, trecho Camacan-Jacareci.

O taxista foi assassinado com requintes de crueldade. O corpo de Egmar Pereira Silva apresentava várias perfurações de faca e cortes de facão no tórax, costas, braços e pernas.

Grande, como era conhecido, conduzia um Fiat Siena, cor vermelha, quando sofreu ataque dos homicidas. Após matar o taxista, os criminosos abandonaram o corpo em um matagal e o veículo, numa ribanceira.

Para a polícia, tudo leva a crer que ele foi imobilizado, arrastado de dentro do Siena e o corpo desovado em outro local, de difícil acesso, nas imediações da fazenda. Grande teria ido levar um passageiro ao distrito de Jacareci, que está comemorando as festividades juninas.

A vítima era taxista há mais de 20 anos em Camacan. Era considerada uma pessoa bem relacionada e, aparentemente, não tinha inimigos. Ele  também emprestava dinheiro a juros (agiotagem).

O reconhecimento do corpo ocorreu por volta das 10 horas de hoje, pela Polícia Militar, transferindo-o para o necrotério de Camacan. O corpo foi levado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT) por volta das 13 horas. As autoridades policiais de Camacan ainda desconhecem a autoria do crime.

Esta publicação possui 11 comentários
  1. É triste ver em que ponto a violencia toma conta de nossa cidade e que pessoas sofrem com tamanha perversidade.Grande era uma pessoa muito boa e um taxista tranquilo que ninguem nunca ouviu falar nada de mal,tenho certeza qeu Deus confortará esta família e que mostrarar os culpados dessa barbaridade.

  2. Pelo menos a policia agiu rápido e conseguiu prender dois dos autores do crime, além de dois que tombaram em confronto com as forças policiais da cidade de Camacan. Parabéns a Policia Civil e Militar de Camacan, pela resposta rápida e eficaz a nossa sociedade.

  3. Gente, vocês não imaginam como Camacan era tranquila… Jamais imaginei que fosse saber de tantas coisas ruins acontecendo lá. Hoje, infelizmente, eu disse que até agradeço a Deus por ter chamado meu pai, que amava nossa cidade, mas que não alcançou esse tempo de tragédias e insegurança que a caracteriza atualmente. Deus cuide da família de Sr Grande, acolha sua alma e se compadeça de nós!

  4. Só os bancos pode emprestar dinheiro. Agiotagem é crime. Quem empresta dinheiro a juros tem inimigo.
    Tonho cabeludo mandou matar a empresaria Vania Macedo, para não pagar o dinheiro que tomou emprestado.

  5. morte para esses bandidos.aq no brasil tem q ter pena de morte para esses crimes crueis!!!! poxa vcs tem q colocar fotos para a reportagem fica completa…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top