skip to Main Content
23 de junho de 2021 | 03:36 am

JOÃO SANTANA IRRITOU-SE EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aproveitando sua recente visita a Itabuna, onde assinou a ordem de serviço para as obras da Avenida Amélia Amado, o ministro da Integração Nacional, João Santana, esteve também na vizinha Ilhéus. Na rápida passagem, acompanhou equipe da Prefeitura numa incursão por alguns morros da cidade, nos quais existe ameaça de deslizamentos em períodos chuvosos.
Santana olhou a situação, mas – pedindo vênia pela rima – não apresentou nenhuma solução. Acabou interpelado por um repórter, que quis saber o que de concreto o ministro poderia fazer para ajudar aquela gente.
Em vez de responder, o bigodudo do ministério lulista irritou-se com o repórter, num verdadeiro ataque de mau-humor. Como se a culpa por ele não ter o que mostrar fosse da imprensa…

Esta publicação possui 8 comentários
  1. NOVIDADE!!!!!
    ESSE É UM MINISTERIO PETISTA DE UM GOVERNO PETISTA E SÃO POR ESSAS E OUTRAS QUE AGORA ELES TENTAM SILENCIAR A IMPRENSA COM MECANISMOS TIPO O CONSELHO FEDERAL DE JORNALISMO E OUTRAS PROPOSTAS ABSURDAS DISCUTIDAS NA “CONFECOM”!!!
    OUTRA COISA QUE DEVEMOS OBSERVAR É O FATO: O MINISTRO NÃO TEM E NEM PRETENDE DESENVOLVER UMA SOLUÇÃO REAL PARA O PROBLEMA E AO INVES DE FAZER O SEU TRABALHO CORRETAMENTE ATACA A IMPRENSA!!!
    É A DITADURA SOCIALISTA DO CAPITAL ALHEIO!!!

  2. Agora!?
    Vão querer que esse governo dê conta dos desmandos dos 502 anos?
    O bigodudo devia era ter lembrado isso!
    Os governos anteriores, tão cheios de empáfia, nunca deram valor ao Meio ambiente, o que implica orientação sobre o Plano diretor das cidades. Outra coisa é a “fábrica de menino” “à migué”, como se diz… A Agenda 21 previu essas catástrofes, e os governantes fizeram “Tchum”; queriam mesmo era muito consumidor… Deu nisso!!!

  3. Se for o caso, ninguém que trabalha no serviço público tem o direito de perder o “fair play”, mas vamos e convenhamos, tem alguns profissionais que abusam do direito de dizer o que quer e segundo o ditado popular:”Quem diz o que quer, ouve o que não quer”.
    Nessas visitas de Ministros a Prefeituras, principalmente a Prefeituras importantes como é o caso de ILHÉUS que tem problemas sérios de encostas, não pode deixar de existir PROJETOS muito bem elaborados para serem entregues. Liberação de verbas não é uma coisa fácil como parece, não depende única e exclusivamente da vontade do Presidente e do Ministro, tem todo um ritual que precisa ser obedecido.

  4. Cala a boca leidikeite! Tu finges ser sábio. Transita entre o politicamente correto e o partidarísmo exacerbado! Procura uma lavagem de roupa e exercite-se!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top