skip to Main Content
9 de março de 2021 | 02:03 am

COPA 2010: SEM BRILHO, DEU ESPANHA!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Iniesta, melhor do jogo, faz o gol do título espanhol (Foto Getty Images/Fifa).

A Espanha confirmou seu favoritismo em campo e acabou levantando a taça de campeão da Copa do Mundo 2010 em sua primeira finalíssima na competição da Fifa. Na Copa de arbitragem medíocre, o gol do título foi originado em um escanteio que o juiz Howard Webb não viu, não deu à Holanda. Iniesta aproveitou lá na frente e estufou a rede no segundo tempo da prorrogação do jogo, uma final feia, de muita pancadaria, cartões amarelos e uma expulsão.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. A Copa da África do Sul não foi essa Coca-Cola toda, principalmente no quesito arbitragem (nunca vi os árbitros errarem tanto em um único Mundial!), mas ela teve sim sua carga de emoção do início ao fim. Ao pessoal que ficou criticando a Jabulani, a bola da competição até que deixou o referido torneio bem mais divertido se comparado a algumas edições anteriores. Os resultados se tornaram menos previsíveis – quem não esperava ir muito longe não chegou a fazer feio, enquanto alguns times que já se imaginavam no pódio sequer passaram pela fase de grupos.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top