skip to Main Content
28 de maio de 2020 | 04:33 am

ITABUNA REGISTRA O 107º HOMICÍDIO EM 2010

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois homens que estava numa moto efetuaram três disparos fatais contra o jovem José Robson Nascimento de Almeida, o “Grude”, 18, no final da tarde desta segunda-feira. O crime ocorreu na quadra do CSU (Sarinha). Os tiros foram deflagrados contra a cabeça da vítima, que morreu no local.
De acordo com a polícia, “Grude” tinha ligações com o tráfico de drogas. Este foi o 107º assassinato em Itabuna apenas neste ano. A seguir neste ritmo, o município sul-baiano caminha para superar a barreira dos 200 assassinatos em apenas um ano.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. É a participação de Itabuna no Projeto de Segurança Pública do estado: “Tiro para todos”, …!!!
    Este é o projeto mais “democrático” dos últimos anos, …!!!
    Qualquer pessoa pode ser “contemplada”, …!!!
    Cuidado, você poderá ser o próximo, …!!!
    Te cuida, capicongo, …!!!

  2. Infelizmente esse é o nosso presente do centenário. Alto índice de violência em uma cidade que não oferece oportunidades e com uma segurança pública deficiente. Esse jovem que morre é mais um para as estatisticas da triste realidade que nos cerca. No dia 28 comemoraremos 100 anos, e desses 100 anos temos pelo menos 25 anos de um retrocesso administrativo, nesse período vemos politicos eriquecerem as custas dos cofres públicos e a nossa sociedade itabunense esquecida pelos governantes. Mas como somos brasileiros amanhã estaremos nas ruas ao som do Chiclete comemorando os anos de desvio de verbas, obras superfaturadas e esse caos social que estamos enfrentado. Comemoraremos também a inércia administrativa dessa terra grapiuna somado a isso vamos celebrar a nossa “ignorância” das urnas. Pois se sofremos o que sofremos é por que nós que colocamos esse “cafetões” da máquina pública no governo.
    Esse é o nosso centenário dengue, cidade e povo abandonado, mas enquanto a vida tem que haver esperança vamos viver no jargão de Ubaldo Dantas “Dias melhores virão”. Agora só basta saber para quem se para os herdeiros dos politicos ou para a população dessa cidade que eu tanto amo chamada Itabuna.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top