skip to Main Content
7 de abril de 2020 | 10:45 pm

PRODUTOR E FILHA TERIAM SIDO MORTOS EM DISPUTA DE HERANÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O produtor rural Guerino Kieling, 62 anos, e sua filha, Lisi Kieling, 37, foram supostamente assassinados por dois filhos de Guerino, Nilso e Celso Kieling, devido ao uma herança de R$ 25 milhões. É essa a principal hipótese da Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães, que prendeu Roberto Carlos Gomes e Damião Bispo da Silva, o Cigano.
Os dois admitiram o crime em depoimentos e apontaram os irmãos como mandantes das mortes. Nilso e Celso negam. A Justiça acatou pedido do delegado Vivaldo Luz e decretou a prisão temporária dos dois. Os crimes aconteceram dia 14 de julho na Fazenda Kieling, zona rural de Barreiras.
O acerto para os crimes teria acontecido há cerca de três meses. Eles teriam recebido adiantamento de R$ 3 mil e ganhariam R$ 500 mil em máquinas agrícolas após o inventário e repartição dos bens de Guerino. Informações do jornal A Tarde.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top