skip to Main Content
11 de julho de 2020 | 01:08 am

COLETA DE LIXO É "DOR DE CABEÇA" NO POLO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Lixo é incômodo para empresas do polo de informática.

Empresários do polo de informática de Ilhéus cobram da prefeitura maior eficiência no serviço de limpeza pública. Do jeito que a coisa anda, observa o gerente de uma das indústrias, “é difícil de acreditar que exista vontade [por parte da prefeitura] de desenvolver esta cidade”.
A deficiência na coleta, frisa o administrador, não é de agora. E questiona: “como trazer aqui um empresário para visitar este distrito e ele se sentir confiante?”.
Se é ineficiente na limpeza pública, o mesmo não se pode dizer da rapidez do município na arrecadação de impostos e taxas. “Recentemente, uma empresa pagou R$ 5 mil para obter um alvará de construção”, mas na hora de dar manutenção ao distrito, a prefeitura diz que “isso é problema do estado, por ser um distrito industrial”.

Lixo acumulado na porta da indústria, à espera do compactador... que não chega.

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Pimenta:
    No dia 02.08.2010, anteontem, o Presdiente Lula sancionou a Lei que instituiu a Politica Nacional de Resíduos Sólidos, que define o princípio de responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, o que abrange fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes, consumidores e titulares dos serviços públicos de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos. É preciso que o pessoal do Pólo e toda a coletividade conheçam esta Lei para que saibam quais são as responsabilidades de cada um, sejam empresas, poder público e consumidores.
    Quem quiser conhecer mais sobre o assunto pode acessar: http://ilheusconsultic.wordpress.com/2010/08/04/poltica-nacional-de-resduos-slidos-sancionada-pelo-presidente-lula/
    Carlos Mascarenhas
    carlos.consultic@gmail.com

  2. Grande Blog! Parabéns.
    O problema do lixo em ilhéus não fia só no entorno daquela industria.
    Fiquei estupefato ao dirigir-me ao hospital são josé, conduzindo um colega para uma serie de exames; estacionei o veículo em área proxima ao hospital, percebi a eficiência dos seguranças do transito, quando os mesmos agia para coibir os motorista que insistia em subir pela contramão. A espera pelo colega a ser atendido pelos médicos, aguardei fora do hospital próximo a um ponto de taxi ali existente, encostado no corremão. Logo, logo fiquei estupefato quando percebi que ali no jardim nas proximidades encontrava-se ou ainda se encontra, lixo de toda ordem, como: casca de coco com agua, vasilhame de agua, refrigerante, saco plastico e outros, comentando-o fiquei sabendo que o mesmo acontece ao redor de outros hospitais como o Regional segundo a familia de meu irmão que encontrava-se internado naquela unidade hospitalar. Por ironia, visualisa-se uma avenida que passa paralela ao hospital, onde percebe-se vários onibus com propaganda chamando a população à atenção com relação a dengue é um absurdo.
    Helvécio Serra Rufino
    Tec. em Administração

  3. Helvécio Rufino disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.
    5 05UTC agosto às 18:48
    Grande Blog! Parabéns.
    O problema do lixo em ilhéus não fica só no entorno daquela industria.
    Fiquei estupefato ao dirigir-me ao hospital são josé, conduzindo um colega para uma serie de exames; estacionei o veículo em área proxima ao hospital, percebi a eficiência dos seguranças do transito, quando os mesmos agia para coibir os motorista que insistia em subir pela contramão. A espera pelo colega a ser atendido pelos médicos, aguardei fora do hospital próximo a um ponto de taxi ali existente, encostado no corremão. Logo, logo fiquei estupefato quando percebi que a mesma eficiência não estava para com a limpeza do jardim das proximidades, ora encontrava-se ou ainda se encontra, lixo de toda ordem, como: casca de coco com agua, vasilhame de agua, refrigerante, saco plastico, lata de refrigerante e outros, comentando-o com um grupo fiquei sabendo que o mesmo acontece ao redor de outros hospitais como o Regional segundo a familia de meu irmão que encontrava-se internado naquela unidade hospitalar. Por ironia, visualisa-se uma avenida que passa paralela ao hospital, onde percebe-se vários onibus com propaganda chamando à atenção da população com relação a dengue. Muito bom.
    Helvécio Serra Rufino
    Tec. em Administração

  4. Imagina a “qualidade” dos serviços públicos que Ilhéus oferece à região do atacadão, que eles mesmos sequer sabem o nome e, para quebrar o galho, denominaram de Salobrinho, …?!?!?!
    Que maravilha, …!!!
    Por falar em atacadão, após sentir – e acusar – o golpe, o Bom Preço parece estar recuperando um pouco mais o movimento, mas vem mais outro golpe por aí, com a inauguração do outro atacarejo, …!!!
    Outro que parece estar sentindo é o Itão do São Caetano, …!!!
    Mas como em Itabuna e Ilhéus o povo fica muito excitado com as novidades apenas no início, …?!?!?!
    Vamos aguardar, …!!!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top