skip to Main Content
12 de abril de 2021 | 11:25 am

ÂNGELA DIZ QUE PROBLEMA É FORMAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

O indeferimento do registro da candidatura da deputada estadual Ângela Sousa (PSC) à reeleição se deu, segundo sua assessoria, em virtude de um problema formal.
A assessoria explicou que a deputada foi alvo de uma ação por propaganda eleitoral antecipada em 2006, mas ocorreu o arquivamento do processo em maio de 2008 pelo juiz Helvécio Argolo. “O que houve foi um problema de comunicação entre o cartório em Ilhéus e o TRE”, explicou o advogado da parlamentar.
A deputada já apresentou recurso do indeferimento e a decisão do TRE sai nesta segunda-feira, dia 16. De acordo com sua assessoria, por se tratar de algo meramente formal, não haverá dificuldade na defesa.

Esta publicação possui 5 comentários
  1. Tá vendo, foi só se misturar com o “ficha suja” do GS para se meter numa encrenca dessa. Sai fora desse traste enquanto ainda se pode limpar. Depois, não venha pra cá (Ilhéus) choramincando! háháhá

  2. ANGELA….ESTAMOS COM VC SEMPRE E SABEMOS QUE ISSO N PASA DE UM PEQUENO PROB NO QUAL FOI RESOLVIDO.. P ALEGRIA DE TDS DE ILHÉU, ESTAMOS AI P RELEEIÃO
    SDS

  3. Angela ¨ficha suja¨depois de ser condenada pelo TCM agora foi declarada inelegível. Isso é que dá o seu comportamento infiel e traidor. Graças a DEUS vamos ficar livres desta política oportunista

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top