skip to Main Content
4 de abril de 2020 | 02:06 am

ARMISTÍCIO NA CÂMARA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Numa audiência em seu gabinete, nesta quarta, 18, o prefeito Capitão Azevedo reuniu os vereadores-brigões Rui Machado (PRP) e Clóvis Loiola (PPS), ambos da base governista.
Azevedo impôs à dupla um armistício: de hoje em diante, nada de brigas e discussões públicas nem ameaças de cassação de mandato, como as vistas nas últimas duas semanas.
Na segunda, por exemplo, Rui até agrediu verbalmente a esposa de Loiola, no gabinete da presidência.
Diante de Azevedo, do assessor Sargento Raimundo e do xerife Carlos Burgos, Rui teria sido visto pedindo desculpas ao colega pelos “excessos” dos últimos dias.
E, assim, ambos esqueceram as metralhadoras em casa, provocando um quase marasmo na sessão legislativa desta tarde de quarta-feira, quando todos (os desavisados) esperavam que, de lado a lado, Loiola e Machado apresentassem os respectivos pedidos de cassação.
À dupla, cantemos A Paz, com Mariza e Gilberto Gil.

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top