skip to Main Content
1 de junho de 2020 | 08:46 am

PISCA-PISCA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois homens forçavam a porta de uma residência no Iguape, em Ilhéus. A vítima, temendo o pior, acionou o 190 em busca de socorro da polícia.
O policial informou ser impossível atendê-la naquele momento, pois não havia viatura na companhia.
– E se tivesse viatura nem adiantava, senhora, pois estamos sem combustível – disse, para uma senhora perplexa.
Por fim, aconselhou-a a tomar uma medida para espantar os donos do alheio: – Liga e desliga a luz. Liga e desliga.
Ao imaginar a cena absurda, a vítima reagiu com humor, perguntando ao milico quem lhe pagaria a conta. E desligou o telefone.
Que a cena é ridícula, é. Mas os malandros deixaram a senhora em paz.

NÉLIS SERÁ APRESENTADO AINDA HOJE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O delegado Nélis Araújo, ex-coordenador regional da Polícia Civil em Itabuna, deverá ser apresentado ainda nesta tarde no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, pela cúpula da Segurança Pública baiana. O delegado foi preso nesta manhã de quarta-feira, 18, em uma operação comandada pelo secretário César Nunes e o chefe da Polícia Civil, Joselito Bispo. A operação foi realizada nos Barris, onde Nélis mora, em Salvador, Ubatã, Ubaitaba e Maraú.
Nélis, que atualmente respondia pela 2ª Delegacia de Feira de Santana, é acusado de mandar matar o colega e algoz André Serra, em outubro do ano passado, em Ipiaú. O assassinato ocorreu a menos de um quilômetro da delegacia da cidade. Além desse crime, o delegado preso teria ligações com o tráfico de drogas.

Atualizado às 22h20min

SESAB VAI REVER CONTRATO COM A SANTA CASA

Tempo de leitura: 2 minutos

O hospital Calixto Midlej Filho produz apenas 17,5% do que prevê seu contrato com o SUS

Após um começo tenso, com o impedimento do acesso de jornalistas e radialistas ao auditório da Santa Casa de Misericórdia, acabou sendo produtiva a reunião entre os gestores dessa instituição e o secretário da Saúde da Bahia, Jorge Solla. O encontro ocorreu na manhã desta quarta-feira, 18, e foi intermediado pelo promotor Clodoaldo Anunciação.
Solla reafirmou que a Santa Casa de Itabuna tem o melhor contrato com o SUS em todo o Estado, apesar de reconhecer a defasagem da tabela do Sistema Único de Saúde, congelada há três anos. Uma das propostas feitas pelo secretário ao provedor da Santa Casa, Renan Moreira, foi a de que ele se incorpore à mobilização em favor da emenda 29, que dispõe sobre o reajuste dos valores pagos pelos serviços públicos de saúde.
Ficaram acertadas as datas de 30 de agosto e 15 de setembro para a realização de ajustes no contato entre a Sesab e a Santa Casa. A instituição de saúde pleiteia um aditivo de R$ 1,48 milhão para auxiliar na manutenção dos hospitais Calixto Midlej, Manoel Novaes e São Lucas. Desse valor, metade se destinaria a cobrir acréscimo de demanda do Novaes.
Solla disse que, pelo menos com relação ao Novaes, as novas bases poderão ser definidas no dia 30. Quanto aos outros dois hospitais mantidos pela Santa Casa, as conversas irão até o dia 15 do próximo mês.
Produção – A Santa Casa apresentou planilhas demonstrando que a produção do Novaes é superior ao contratado com o Estado. Em contrapartida, o São Lucas produz apenas 51,5% em relação ao valor contratado e o Calixto Midlej tem desempenho ainda pior, produzindo somente 17,5% do que prevê seu contrato com o SUS.
O secretário voltou a frisar que a Sesab tem cumprido religiosamente todos os seus compromissos com a instituição itabunense, que recebe hoje cerca de R$ 3,2 milhões por mês. “Já poderiam ser R$ 4 milhões se as metas fossem cumpridas, mas aí entra uma limitação da própria estrutura”, declarou.
Abordado por jornalistas logo após a reunião, o provedor Renan Moreira disse que a Santa Casa poderia reduzir seu funcionamento por conta da alegada falta de recursos. “A Santa Casa nunca quis interromper serviços, mas ficou numa situação tal, que se não interrompêssemos alguns , iríamos sucumbir”, afirmou.

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Durante a reunião entre a Sesab e a Santa Casa, o provedor Renan Moreira cobrou o pagamento retroativo dos procedimentos feitos a mais pelo Hospital Manoel Novaes desde o mês de março.
A resposta do superintendente de regulação da Sesab, Andrés Alonso, foi desconcertante:
– Nós estamos aqui para buscar o consenso, mas se é para discutir o que o Novaes fez a mais, vamos discutir também o que os hospitais Calixto Midlej Filho e São Lucas fizeram a menos e mesmo assim receberam os repasses (integralmente).
Apesar dos momentos de tensão, e como diria aquele político-repórter, as partes chagaram a um acordo. O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, que ficou irritado pela proibição da imprensa acompanhar a audiência na provedoria, saiu sorridente e disse que um acordo Santa Casa e Sesab será fechado nos próximos dias em relação ao Hospital Manoel Novaes. Diante das câmeras e repórteres, até brincou com o provedor da Santa Casa, Renan Moreira.

AZEVEDO NO PROGRAMA DE WAGNER

Tempo de leitura: < 1 minuto

O “multipartidário” prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (DEM), aparece em um vídeo exibido no programa da campanha do governador Jaques Wagner (PT). A gravação foi feita em março, quando Lula esteve na cidade para inaugurar o gasoduto, e mostra o chefe do executivo local bem próximo do presidente e do governador.
A exibição do vídeo alimentou as especulações de que Azevedo apoia a reeleição de Wagner. Até ocupantes de cargos de confiança no governo municipal dão esse apoio como favas contadas.

PSB "PUBLICIZA" BOICOTE A LÍDICE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O articulista Marco Wense havia noticiado aqui, no Pimenta, o boicote à candidata ao Senado, Lídice da Mata (PSB), dentro da chapa governista. A própria assessoria da parlamentar baiana negou a este blog, em nota, que estivesse enfrentando este tipo de problema na sua tentativa de chega ao Senado (veja). Era tentativa de apagar fogo.
Hoje, o ex-secretário Domingos Leonelli tornou público que Lídice está sendo boicotada para que o companheiro de chapa, Walter Pinheiro (PT), seja favorecido. Leonelli concedeu entrevista à Tribuna da Bahia.
– Agora vou falar em público. O PT disse que o tratamento seria igualitário e o governador também. Mas o que se vê são dez pichações de Pinheiro para uma de Lídice.

MP DETECTA IRREGULARIDADES EM ESCOLA ILHEENSE

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Região Online
O Ministério Público Estadual encontrou uma série de irregularidades na Escola Princesa Isabel, em Ilhéus. Os problemas vão de infiltração no telhado na sala de informática a alimentos fora da validade e armazenados em locais impróprios.
Foi verificado ainda que o pátio onde as crianças brincam foi invadido pelo mato e veneno para matar ratos foi colocado em locais indevidos. A promotora Karine Cherubini determinou a suspensão da merenda que estava sendo servida.
Eles descobriram também que os alunos estão sem aulas de informática porque os dez computadores enviados pelo governo federal não podem ser instalados por falta de um local adequado.
Leia mais

ESTADO PODE ASSUMIR HBLEM, DIZ SOLLA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Solla afirma que estado pode assumir Hblem (Foto Fábio Roberto).

Minutos antes da audiência pública na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, o secretário Jorge Solla confirmou que o governo do estado está pronto para assumir a gestão do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem), administrado pelo município e que enfrenta sucateamento e denúncia de corrupção. Ele disse que vai apresentar novamente a proposta em reunião que terá, às 14h, com a administração do hospital e dirigentes municipais.

PROSEANDO EM "ROQUEMROLL"

Tempo de leitura: < 1 minuto

A antropóloga Flávia Mello é a convidada desta quarta-feira, 18, em mais uma edição do Improviso Oxente, na Casa dos Artistas de Ilhéus. O tema é o Rock’nRoll e o bate-papo, com direito a “trilha sonora” da banda Dr. Imbira, começa às 19 horas.
Estudiosa da contemporaneidade, Flávia Mello vai abordar a influência do rock na contracultura e nos movimentos sociais. É papo-cabeça, como de praxe no Improviso.

SANTA CASA PROÍBE IMPRENSA DE ACOMPANHAR REUNIÃO; SOLLA REBATE

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna proibiu os veículos de comunicação de fazer entrevistas e acompanhar a reunião da provedoria e prestadores de serviço do SUS com o secretário estadual de Saúde, Jorge Solla. O encontro, tido como audiência pública, começou faz 50 minutos.
Jorge Solla foi contra a determinação da provedoria. “Se é audiência pública, o povo deve acompanhar”, disse. Solla observou que o processo deve “ser transparente” e, deste modo, não entendia porque a Santa Casa não iria abrir a reunião para que a imprensa acompanhasse. A provedoria somente autorizou entrevista para o final do encontro.
O titular da Sesab veio a Itabuna para discutir a situação tanto da Santa Casa como do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem). A Santa Casa alega que a Sesab não remunera devidamente pelos serviços, mas o secretário rebate e afirma que a instituição itabunense tem a melhor financiamento do SUS.
Para barrar a imprensa na audiência pública, a provedoria alegou que desconhecia o encontro de hoje, mesmo tendo sido publicado em diversos veículos desde a segunda-feira, 16. O promotor público Clodoaldo Anunciação é o intermediador do encontro.

Back To Top