skip to Main Content
26 de maio de 2020 | 08:54 am

TUPINAMBÁS: AGRICULTORES PROMOVEM ATO PÚBLICO PARA DISCUTIR CONFLITO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Associação de Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema realiza ato público, nesta sexta (20), às 10 horas, no Clube Social de Buerarema. O objetivo é definir estratégias para, segundo o dirigente Luiz Henrique Uaquim, evitar que seja assinado decreto demarcatório que reconhece como dos tupinambás uma área de 47,7 mil hectares de terras no sul da Bahia.
A área compreende os municípios de Una, Buerarema, Ilhéus e São José da Vitória e, reconhecendo-se a tribo tupinambá como dona legítima das terras, estas seriam devolvidas aos indígenas.
– Nossa luta é pelo arquivamento urgente dessa tentativa de demarcação e pela elaboração de um novo estudo, com a participação dos entes federados e dos representantes legais, embasado em dados científicos corretos -, esclarece Uaquim.
O presidente da associação reforça que, a despeito da injustiça que, “porventura, se tenha cometido com os povos indígenas, há que se observar o estado democrático de direito, sob o qual a vida social se norteia”.

PINHEIRO DIZ QUE NÃO TEM PRIVILÉGIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar do socialista Domingos Leonelli ter se queixado publicamente (em entrevista à Tribuna da Bahia) de privilégios à candidatura de Walter Pinheiro (PT), em detrimento à de Lídice da Mata, o petista negou que esteja sendo beneficiado.
Pinheiro e Lídice disputam as vagas abertas no Senado,  integrando chapa do governador Jaques Wagner. Segundo Leonelli, a propaganda do petista está ganhando de dez para um em relação à de sua correligionária do PSB.
Hoje, na inauguração do comitê de Wagner em Itabuna, o repórter Fábio Roberto questionou Pinheiro sobre o tal privilégio e o petista respondeu com indisfarçado mau-humor, negando que seja o queridinho da chapa.
O petista chegou a dizer que o assunto seria tentativa de semear intriga entre ele e a candidata do PSB, mas essa explicação não convence, já que são os próprios socialistas que estão reclamando.

QUEREM MUDAR O NOME DA PRAÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Até o início desse mês o prefeito Capitão Azevedo (DEM) andava com uma ideia fixa na cabeça: mudar o nome da avenida do Cinquentenário para “Centenário”.
Desistiu, como aqui foi dito.
A bola da vez é a praça Octávio Mangabeira (praça Camacan). Depois de erguer ali um monumento aos maçons, o governo quer mudar o nome do logradouro para Praça da Bíblia.

TRANSPARÊNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Comitê de Transparência da OAB de Itabuna, recém-empossado, terá sua primeira reunião nesta sexta-feira, 20, a partir das 17 horas, na sede da entidade. Na reunião, o grupo de advogados deverá discutir um plano de ação e reafirmar o objetivo de que a Ordem tenha um papel efetivo na fiscalização das gestões públicas.

ELES APARECERAM

Tempo de leitura: < 1 minuto

Finalmente, apareceu a dupla Geraldo Simões-Luiz Alberto no programa proporcional do PT. Os dois são candidatos à reeleição à Câmara Federal.
Finalmente, saíram do banco de reservas e entraram no “Time de Wagner”.

TAXISTA É BALEADO EM ASSALTO NO CASTÁLIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Diário Bahia

Carro bateu em poste após taxista ser atingido (Foto Oziel Aragão).

O taxista Antonio Pereira dos Santos, mais conhecido como Tonhão, de 77 anos, foi baleado durante um assalto por volta das 18 horas desta quinta-feira (19), no bairro Castália, em Itabuna. Assim que foi atingido, o motorista perdeu o controle da direção e acabou batendo em um poste, que teve a estrutura rompida e ameaçava cair no mesmo momento. Com o impacto, a frente do carro, um Siena branco (placa JQC 8641), ficou destruída.
O Corpo de Bombeiros foi acionado, para evitar maiores danos por conta da fiação e a rua Felipe Argolo ficou às escuras. Uma equipe do SAMU foi deslocada para o atendimento e prestou os primeiros socorros ao taxista, que foi levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. O disparo atingiu o peito do condutor, que atua na praça ao lado da Sorveteria Danúbio Azul, no Centro da cidade.

EDSON INDEFERIDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal Regional Eleitoral rejeitou o recurso apresentado pelo candidato a deputado federal Edson Dantas (PSB). A corte havia indeferido o registro da candidatura e manteve esse posicionamento hoje, pela unanimidade dos votos dos desembargadores.
Ao que parece, a situação é irreversível.

CORPO-A-CORPO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Candidato a deputado federal pelo PT, Josias Gomes encontrou-se casualmente hoje com o desembargador Carlos Alberto Dultra Cintra, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia.
O magistrado foi logo falando: acabei de  vê-lo no programa eleitoral e comentei que você está eleito. Rápido, o petista não perdeu tempo: “Se eu contar com o voto de Vossa Excelência, ficarei ainda mais certo da vitória”.
Dultra Cintra não garantiu o voto, mas Josias sabe que quem pede fica no máximo no zero a zero. Não perde nada.

ITABUNA GERA SÓ 20 EMPREGOS EM JULHO

Tempo de leitura: 2 minutos

– Em 12 meses, Itabuna cria 673 empregos.
– Ilhéus gera quase três vezes mais: 1.717 vagas

Construção civil corta vagas em Itabuna, polo de serviços e comércio (Foto Waldyr Gomes).

A economia itabunense gerou magérrimos 20 novos empregos em julho, conforme dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) levantados pelo Pimenta. Trata-se de um dos piores resultados do ano para o município de mais de 210 mil habitantes e polo comercial e de prestação de serviços do sul da Bahia.
O comércio, aliás, cortou 64 postos de trabalho no mês passado, enquanto o setor de serviços abriu 47 novas vagas com carteira assinada. Nos sete primeiros meses de 2010, o município abriu somente 513 vagas, quando computados os resultados de todos os setors. Se levados em conta os últimos 12 meses, a cidade gerou em um ano apenas 673 empregos.
Setores que puxavam os bons índices de emprego retraíram em julho. Dentre os exemplos, a construção civil. Apesar de abrir 307 novas vagas neste ano, cortou 12 empregos em julho.
ILHÉUS
O saldo de empregos com carteira assinada foi melhor em Ilhéus, com o registro de 95 novas vagas. Os destaques positivos foram comércio (63 novos postos de trabalho) e indústria (40). A construção civil e a agropecuária seguiram em mão contrária e cortaram, respectivamente, 24 e 20 vagas, afetando o saldo do mês de julho.
Além de abrir 95 vagas no mês passado, Ilhéus está à frente de Itabuna no acumulado do ano e dos últimos 12 meses. De janeiro a julho, a economia ilheense abriu 854 novas oportunidades com carteira assinada. Entre julho de 2009 e julho deste ano, criou novas 1.717 vagas, quase três vezes mais que Itabuna.

Back To Top