skip to Main Content
24 de setembro de 2020 | 04:37 am

VALEC RECEBE PROPOSTAS PARA CONSTRUÇÃO DE FERROVIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A construção do trecho de 1.022 quilômetros da Ferrovia da Integração Oeste-Leste, entre Barreiras e Ilhéus, está atraindo várias empresas de grande porte. Elas apresentaram suas propostas nesta segunda-feira, 23, no processo licitatório presidido pela estatal Valec.
O interesse de grandes construtoras pelo projeto aumentou o otimismo dos que esperam ver essa parte da Fiol pronta até 2012. No meio do caminho da ferrovia está o município de Caetité, onde fica a jazida de minério de ferro da Bahia Mineração. O minério será levado até o futuro Terminal de Embarque da Ponta da Tulha pela Ferrovia Oeste-Leste.
“Temos grande satisfação de ver aberto o processo concorrencial da Ferrovia Oeste-Leste com a participação de empresas da maior credibilidade no setor de construção, o que dá a segurança para a Bamin e seus investidores  de que a Fiol é uma realidade”, declarou o vice-presidente da Bamin, Clóvis Torres.
A obra do trecho da ferrovia entre Barreiras e Ilhéus tem custo estimado em R$ 4,2 bilhões. Todo o projeto, que prevê uma linha de 1.526 quilômetros (de Ilhéus, na Bahia, até Figueirópolis, no estado de Tocantins), está orçado em R$ 6 bilhões. No Tocantins, a Fiol fará ligação com a Ferrovia Norte-Sul, permitindo o escoamento de diversos produtos para exportação.

"SUZANA FOI A AUTORA DOS DISPAROS", DIZ DELEGADA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Sione Porto afirma que Suzana teve ajuda para alterar a cena do crime (Foto Oziel Aragão).

O Pimenta ouviu há pouco a delegada Sione Porto, que presidiu o inquérito sobre a morte de Alex Santos. De acordo com a delegada, a versão apresentada pela principal suspeita do crime, Suzana Andrade, de que o homicídio foi cometido por quatro elementos, não tem consistência, levando-se em conta o que se apurou nas investigações.
A delegada disse que todos os indícios apontam que Suzana não foi a mentora do crime, mas sim que ela mesma efetuou os disparos que mataram Alex Santos. As investigações ndicam ainda que a suspeita, com a ajuda de familiares, modificou a cena do crime para enganar a polícia. Os outros possíveis envolvidos, inclusive o pai e uma irmã de Suzana, também poderão ser presos.
Suzana Andrade, que é secretária do prefeito de Itabuna, José Nilton Azevedo, foi presa hoje à tarde na sede da Prefeitura e levada para o Complexo Policial. Com o inquérito concluído, os autos serão encaminhados para a justiça e em seguida para o Ministério Público, responsável pelo oferecimento da denúncia.
Se condenada, Suzana Andrade poderá pegar até 30 anos de reclusão.
Leia mais

NOVO ESCARCÉU NA CÂMARA DE VEREADORES

Tempo de leitura: 2 minutos

O diretor de RH da Câmara, Kleber Ferreira (ao fundo), conseguiu entrar em sua sala após o auxílio de um chaveiro e diz ter encontrado a repartição "toda revirada"

Policiais civis e militares, além de guardas municipais, encontram-se na Câmara de Vereadores de Itabuna. Eles foram convocados para abrir, à força, as portas de diversas salas da sede do legislativo municipal, pois houve substituição das fechaduras durante o fim de semana.
Quem mandou trocar as fechaduras foi o presidente da Câmara, Clóvis Loiola, que deseja exonerar vários ocupantes de cargos comissionados, fila encabeçada pelo diretor administrativo Alisson Cerqueira e pelo diretor de Recursos Humanos, Kleber Ferreira. Eles estão entre os que chegaram hoje para trabalhar e não conseguiram ter acesso às suas salas.
Na semana passada, Loiola comunicou aos vereadores que iria exonerar vários comissionados, mas a “guilhotina” foi barrada pela reação da Casa. O primeiro-secretário Roberto de Souza afirmou que a exoneração é um ato da Mesa Diretora e não do presidente, argumento referendado pelo vereador Wenceslau Júnior, que preside a Comissão de Legislação da Câmara.
Na prática, os atos de exoneração ainda não têm validade, uma vez que não foram publicados. Por isso, alguns vereadores – Roberto de Souza à frente – solicitaram força policial para abrir as dependências da Câmara.
Neste momento, policiais e um chaveiro estão abrindo as portas, enquanto na sala da presidência a discussão entre os vereadores encontra-se nas alturas. Loiola, que armou a bomba, não apareceu na Casa para presenciar a explosão.

SUZANA FOI PRESA NA ANTESSALA DE AZEVEDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A suspeita de assassinato, quando entrava no Complexo Policial algemada (foto Fábio Roberto)

Apontada como autora intelectual do homicídio de Alex Santos, no dia 21 de novembro de 2009, a esposa da vítima, Suzana Andrade, foi presa nesta tarde, no Centro Administrativo Firmino Alves, sede da Prefeitura Muncipal. Ela se encontrava mais precisamente na antessala do prefeito José Nilton Azevedo, de quem é secretária.
A prisão de Suzana Andrade foi determinada pela justiça, acatando pedido da delegada Sione Porto, que preside o inquérito. Os agentes da Polícia Civil algemaram a suspeita ainda na Prefeitura e a conduziram até o Complexo Policial, onde ela foi submetida a exame de saúde, antes de ser encaminhada a uma cela no Conjunto Penal de Itabuna.
As investigações apontaram a existência de fortes indícios de que Suzana Andrade tenha encomendado a morte de seu esposo. O casal estava em casa, no Parque Verde, quando os assassinos entraram e tiraram a vida de Alex Santos.
À polícia, Suzana contou que se escondeu no quintal da casa e por isso não teria visto o rosto dos homicidas. As várias inconsistências em seu depoimento a levaram à condição de principal suspeita do crime.

SUZANA ANDRADE É PRESA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Suspeita de ter encomendado a morte do próprio marido, Alex Santos, a secretária do prefeito de Itabuna acaba de adentrar algemada às dependências do Complexo Policial. Suzana Andrade estava bastante nervosa e, mesmo com a “pulseira de aço”, chegou a agredir o nosso repórter.
Mais detalhes em instantes.

ASSASSINOS MATAM PAI E FILHA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rosivaldo abandonou corpo da filha e morreu alguns metros adiante

Com extrema frieza, dois traficantes balearam na manhã desta segunda-feira, em Itabuna, o ex-presidiário Rosivaldo Conceição dos Santos, vulgo “Didico”, de 32 anos, e sua filha Maria Eloá Santos Veloso, de apenas 5 meses.
Os traficantes bateram à porta de Rosivaldo e, quando este abriu, recebeu três tiros. A menina Maria Eloá estava no colo do pai e foi atingida, morrendo na hora. Rosivaldo, que também traficava drogas e havia sido preso recentemente, abandonou o corpo da filha no local e tentou fugir, mas não resistiu aos ferimentos.
O trecho do bairro Maria Pinheiro onde aconteceu o crime é conhecido como “Baixa Fria” e é um dos pontos mais violentos de Itabuna.

SERRA DESCARTA MUDANÇAS, APESAR DAS PESQUISAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra, disse neste domingo (22) que sua campanha não deve mudar de rumo, mesmo depois dos resultados da última pesquisa Datafolha que mostram o tucano 17 pontos atrás de Dilma Rousseff, do PT.
“Nós vamos seguir nosso trabalho com muita seriedade, muito empenho, otimismo e propostas para mostrar para a população, e vamos chegar lá”, afirmou a jornalistas. Serra fez campanha em São Paulo ao lado do candidato ao governo do Estado pelo PSDB, Geraldo Alckmin, que também minimizou os resultados da pesquisa.
“O processo eleitoral está em pleno curso, não tem nenhuma decisão definitiva. Acho que o Serra tem tudo para ir para o segundo turno e, indo para o segundo turno, é uma nova eleição. E ele tem chance de ganhar”. Informações do Terra.

EM ITABUNA BASSUMA FALA EM IMPLANTAR CULTURA DA PAZ

Tempo de leitura: < 1 minuto

No encontro com os comunicadores, Bassuma também falou das dificuldades orçamentárias de sua campanha (foto Fábio Roberto)

O deputado federal e candidato ao governo da Bahia pelo PV, Luiz Bassuma, esteve ontem em Itabuna, onde se encontrou à noite com profissionais de comunicação.
Apesar de aparecer com 1% nas pesquisas, Bassuma falou do que seriam eixos de sua gestão, destacando a área da segurança pública. “Nós mudaremos esse modelo, que está falido”, declarou o candidato, enfatizando que pretende alterar inclusive o nome da Secretaria da Segurança. Esta passaria a ser chamada “Secretaria da Paz e da Segurança Humana”.
“Precisamos investir na cultura da paz”, disse Bassuma. Ele observou que a Bahia é o terceiro estado do País em número de homicídios, acrescentando que 700 mil armas clandestinas circulam em território baiano.

MANIFESTAÇÃO CONTRA A VIOLÊNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Familiares e amigos da professora Rayluciene Castro Néry, assassinada no dia 25 de janeiro de 2009, irão fazer uma manifestação nesta terça-feira, 24, na Praça José Bastos, em frente ao Fórum Ruy Barbosa, centro de Itabuna.
Rayluciene, que dirigia uma escola no distrito ilheense de Inema, estava grávida de quatro meses quando foi morta, dentro de seu quarto, com um tiro no rosto. O crime aconteceu na rua Santa Cruz, próximo ao Hospital Manoel Novaes.
Nesta terça, no mesmo horário da manifestação na praça, estará acontecendo a primeira audiência sobre o caso, na Vara do Júri de Itabuna.

Back To Top