skip to Main Content
9 de abril de 2020 | 07:37 am

RODOVIÁRIOS FAZEM PARALISAÇÃO EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rodoviários param em protesto contra condições de trabalho (Foto Fábio Roberto/Pimenta).

O usuário de ônibus em Itabuna foi surpreendido ao meio-dia desta sexta-feira com a paralisação de mais de uma hora. Os rodoviários cruzaram os braços e denunciam “maus tratos” e jornada diária de até 20 horas para motoristas e cobradores. O passe-livre da categoria também foi extinto.
– O pessoal tá dobrando direto. Pega 4 horas da manhã, encerra à meia noite e [as empresários] mandam trabalhar novamente, no outro dia. Quem se recusa é demitido por justa causa – denuncia o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Joselito Paulo, “Pé de Rato”.
Segundo o rodoviário, a jornada de até 20 horas de trabalho por dia tem causado cada vez mais acidentes. “Os companheiros ficam sem nenhuma condição de trabalho. As empresas não querem contratar mais funcionários”. A paralisação atingiu as empresas São Miguel e Rio Cachoeira (transporte urbano) e Rota (intermunicipal).
Presidente do Sindirod fala sobre o protesto. Ouça:

Esta publicação possui 7 comentários
  1. MANDA A CONTA PRA GERALDO SIMÕES!!!!
    ELE PROMETEU O FIM DO MONOPOLIO!!!!!
    MELHORIA DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE!!!!
    PASSAGEM MAIS BARATA!!!!
    OLHA AI O QUE ELE ARRANJOU, ESSE É O MODELO PT DE MELHORIA!!!
    OS SERVIÇOS PIORARAM, PAGAMOS UMA PASSAGEM ABSURDA, OS ONIBUS DEMORAM UMA ETERNIDADE PRA PASSAR E QUANDO PASSAM VEM LOTADOS ATE A BOCA!!!!
    SEM ESQUECER QUE A EMPRESA QUE HOJE É RESPONSAVEL PELO TRANSPORTE URBANO É PARTE DE UM MEGA GRUPO PAULISTA QUE TINHA COMO PADRINHO “POLITICO” O TONINHO DO PT E O CELSO DANIEL!!!
    MISTERIOSAMENTE OS DOIS MORRERAM!!!!!

  2. Pego onibus quatro vezes ao dia e realmente motoristas e cobradores estão dobrando o horário de trabalho. Resultado o stress é total no trânsito “freadas bruscas” “acidentes” por falta de atenção e sem contar com a falta de paciência com os passageiros. Continuem cobrando os seus direitos que são nossos também.

  3. Ainda tem a questão dos motoristas que fazem trabalho de cobrador. Até hoje ninguém deu jeito. Eles podem muito bem brincar com vidas alheias, tem muito dinheiro para contratar “bons” e “grandes” advogados. Vão continuar fazendo o que bem quiserem. Em Itabuna só cumpre a lei quem quer, quem já cumpre por ideal; quem não quer…

  4. verdade tudo que disseram sobre a jornada de trabalho e completando venho lhe falar sobre o passe livre que foi banido e causa constrangimento ao colega cobrar a passagem do outro sendo que existe algumas clausulas do sindicato em que liberam algumas das empresas para nao pagarem passagem em outras nao esta sendo respeitada mesmo com assinatura da chefia absurdo

  5. E onde ficam os direitos humanos, quem é que pode interceder por essa classe? Por quê o sindicato não oficiliza uma denúncia no Ministério público do trabalho para que se faça cumprir o que está previsto na CLT?
    Isso é um verdadeiro absurdo e desumano. Está paracendo que estamos de volta ao século XIX, com a Revolução Industrial!
    Não podemos culpar político A ou B, e sim, os exploradores que são os donos das empresas de ônibus, que enriquecem às custas desses oprimidos motoristas.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top