skip to Main Content
26 de setembro de 2020 | 10:53 am

RICARDÃO (QUEM DIRIA!) FOI PARAR NO DICIONÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O apelido dado ao sujeito que costuma infiltrar-se sorrateiramente nas relações conjugais é um dos verbetes incluídos na nova versão do Aurélio, o mais popular dicionário da língua portuguesa.
Na nova edição, Ricardão faz companhia a palavras como sex shop, tuitar, bluetooth, fotoblog e até botox. Para inserir os novos verbetes da linguagem contemporânea, o dicionário ficou 6% maior e já serve para que os pais menos atualizados conheçam melhor o vocabulário dos filhos.
Provando que realmente foi às profundezas do palavreado moderno, o Aurélio – erroneamente chamado “Pai dos Burros” – agora traz até o significado do “pré-sal”. Também mostrou afinidade com as provocações das torcidas, definindo “chororô”, e aportuguesou o famoso curativo, que agora pode ser escrito tal qual se fala.
Se o Ricardão levar uma cacetada após ser flagrado em território alheio, poderá tranquilamente recorrer a um “bandeide”.

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top