skip to Main Content
29 de fevereiro de 2020 | 12:51 am

ENQUETE – QUEM FOI MELHOR NO DEBATE?

Tempo de leitura: < 1 minuto

O leitor deu uma espiadinha no debate da TV Aratu com os candidatos ao governo baiano? Se você assistiu (ou não!), sinta-se convidado a dar pitaco. Vote em nossa enquete.
O debate foi encerrado ao final desta noite e reuniu os candidatos melhores posicionados nas pesquisas e com representação na Câmara dos Deputados – Bassuma (PV), Geddel (PMDB), Mendes (PSOL), Souto (DEM) e Wagner (PT).
A enquete está no lado direito do site. Aproveite.

AMIGO DA POLÍCIA?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Enquanto o ex-servidor municipal Ilmar Marinho, o Mazinho, se entregava à polícia pela morte do vaqueiro Alexsandro Honorato, na sexta-feira, 17, Markson Monteiro de Oliveira, o Marcos Gomes, almoçava tranquilamente numa churrascaria de Itabuna.
Gomes é foragido da Justiça desde o final de maio deste ano. Tanto ele como Mazinho são apontados como responsáveis pelo assassinato e ocultação de cadáver de Honorato. Apesar de andar em Itabuna a todo instante, Gomes não é alcançado pela polícia.

WAGNER, GEDDEL E SOUTO

Tempo de leitura: 2 minutos

Marco Wense
É assim que o PMDB quer as próximas pesquisas, com o ex-ministro Geddel Vieira Lima ultrapassando o democrata Paulo Souto (DEM) nas intenções de voto.
A expectativa é grande. O mais esperançoso no staff peemedebista é o secretário-geral da legenda, o experiente Almir Melo, que ainda acredita na possibilidade de um segundo turno com Wagner e Geddel.
Como fica Lúcio Vieira Lima, presidente estadual do PMDB, se Geddel ultrapassar Souto e se aproximar de Wagner? Lúcio vai dizer que as pesquisas são confiáveis e merecedoras de todo respeito e credibilidade.
Quando o ex-ministro estava lá em baixo, bem longe de Paulo Souto e a perder de vista de Wagner, Lúcio dizia que os institutos, sem nenhuma exceção, estavam a serviço do candidato do PT.
O melhor conselho para o dirigente-mor do PMDB é deixar de debochar das pesquisas, sob pena de ter que comer no prato que cuspiu. Coisas da política.
PS – As previsões otimistas do PMDB só aparecem nas consultas para consumo interno. Na mais recente pesquisa do Datafolha, Wagner aparece com 53%, Souto 16% e Geddel 11%.
FERNANDO E SEUS CANDIDATOS
Em nota pública, o ex-prefeito Fernando Gomes (PMDB), que já é motivo de aposta em relação à sucessão municipal de 2012, se é ou não pré-candidato, nomeia os seus candidatos na eleição de 2010.
O ex-ministro Geddel, César Borges, Edvaldo Brito, Lúcio Vieira Lima e Renato Costa, respectivamente para o governo da Bahia, Senado (são dois nomes), deputado federal e estadual.
Para não prejudicar a campanha do candidato peemedebista, o ex-alcaide não declara o seu voto a José Serra, presidenciável do PSDB. Ninguém sabe se a omissão ocorreu por conta própria ou foi um pedido de Geddel.
Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

O LEÃO DESENCANTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O jejum durava sete jogos até que apareceu um “galo morto” pela frente e foi devidamente devorado pelo Leão baiano. E assim o Vitória bateu o Atlético Mineiro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), pelo Brasileirão 2010. O time não vencia na competição desde o dia 15 de agosto, quando bateu o Santos por 4 a 2, em casa.
Até o goleiro Viáfara deixou o dele, de pênalti, seguido por outros marcados por Egídio e Henrique. O Galo Mineiro descontou com Daniel Carvalho e o ex-rubro-negro Neto Berola.
O Vitória pulou para a 13ª posição – provisória – e terá pela frente o Avaí, no Barradão, na quinta, 23. O rubro-negro arrancou os três pontos embora tenha jogado boa parte do tempo com um jogador a menos. Anderson Martins foi expulso ao receber dois amarelos.

SEM SINAL DA ARATU

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quem mora em Itabuna não poderá acompanhar o debate da TV Aratu, daqui a pouco, às 20 horas.
Apesar da emissora possuir um dos melhores sinais em Itabuna dentre as emissoras que retransmitem de Salvador, exatamente hoje o sinal está fora do ar.
Às 19h55min – Leitores lembram que há um caminho para assistir ao debate. É clicar no www.aratuonline.com.br.

PIMENTA DO DIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nem conto a dificuldade de caminhar pelas ruas olhando em frente, postura tão louvada e admirada como principal conquista da hominização.Os buracos provenientes dos passeios desmantelados não permitiam…
Dinah Hoisel, em comentário à nota ESSA OBRA É UMA VERGONHA

EM SERGIPE, TUCANO É ACUSADO DE VOTAR EM DILMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Durante comício na cidade de Itabaiana (SE), com a participação do presidenciável José Serra (PSDB), um candidato do PPS acusou o tucano Albano Franco de votar na candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. Tentando disfarçar o constrangimento, Serra pediu socorro ao ex-governador João Alves.
Assista:

DENGUE: VÍRUS 1 VOLTA A CIRCULAR EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Quem teve a doença na década de 90, além de crianças e adolescentes, são os mais vulneráveis

A semana que passou trouxe duas notícias preocupantes para as autoridades em saúde em Itabuna: a) a morte de um homem de 30 anos com quadro clínico confirmado de dengue hemorrágica; e b) a reintrodução do vírus 1 da dengue no município.
Itabuna teve neste ano cerca de mil casos suspeitos da doença transmitida pelo Aedes aegypti e grande parte dos registros está concentrada na Mangabinha, bairro onde residia Jorge Salustiano (reveja aqui).
Não bastasse o registro de morte suspeita de dengue, exames de isolamento viral feitos pelo Laboratório Central (Lacen) confirmam que o vírus tipo 1 da doença voltou a circular em Itabuna. Foi reintroduzido. O vírus não era detectado por aqui desde meados da década de 90.
A sua reintrodução traz uma ameaça para a população infanto-juvenil, que não teve contato com o vírus e, assim, fica mais suscetível à doença que pode ser letal. A forma mais grave, a hemorrágica, também é ameaça para quem foi picado pelo mosquito com o vírus 1, na década de 90.
Na mais grave epidemia de dengue em Itabuna, ano passado, foram detectados os vírus 2 e 3, mas especialistas alertam para o fato de pouco ter sido feito em relação a isolamento viral. O mosquito da dengue tem quatro variações de vírus. A cidade registrou nove mortes e mais de 15 mil casos em 2009.

ESSA OBRA É UMA VERGONHA

Tempo de leitura: 2 minutos

Imagens captadas pelo fotógrafo Jorge Bitencourt e publicadas originalmente no site O Trombone mostram o que este blog já denuncioiu por diversas vezes: a revitalização feita pela Prefeitura de Itabuna na Avenida do Cinquentenário é uma obra sem a menor qualidade e se constituiu em fragoroso exemplo de desperdício do dinheiro público.
Orçada em R$ 4,5 milhões, a obra nem de longe chega perto ao modelo que foi apresentado no ano passado pelo prefeito a empresários da cidade. A ideia “vendida” era a de transformar a Cinquentenário, a principal artéria comercial de Itabuna, em uma avenida bonita e moderna, com a padronização dos passeios, instalação de áreas de convivência e nova iluminação.
A iluminação melhorou, de fato, mas as novas luminárias foram instaladas em postes velhos, diferentemente da proposta inicial. Não combinou.
As “áreas de convivência” se limitam a bancos mal-posicionados ao longo da calçada, sem nenhuma preocupação urbanística.
E a pior parte são as pedras usadas na recomposição dos passeios: reprovada desde o início por comerciantes, transeuntes e até pela Caixa Econômica Federal, que financia parte da obra, a estrutura está se desmanchando e é sério o risco de que brevemente se torne necessária uma nova intervenção para rearrumar a avenida. Muito cedo para se acabar uma obra tão cara, inaugurada há menos de dois meses.
A CEF ainda fará nova avaliação, após o período eleitoral, para ver se libera sua parte no financiamento do projeto. Resta saber se a instituição vai pagar por aquilo.

O piso, que a Prefeitura diz ser "intertravado", está se "destravando" e o passeio afunda em diversos pontos (foto Jorge Bitencourt)

HOJE TEM DEBATE NA TV ARATU, ÀS 20H

Tempo de leitura: < 1 minuto

Cinco dos sete candidatos ao governo baiano participam do debate da TV Aratu, neste domingo (19), às 20 horas. Jaques Wagner (PT), Paulo Souto (DEM), Geddel Vieira Lima (PMDB), Luiz Carlos Bassuma (PV) e Marcos Mendes (PSOL) terão dois blocos reservados para perguntas entre si.
O debate será dividido em cinco blocos e tem previsão de durar duas horas. Perguntas também serão formuladas pela plateia e pelos jornalistas Aguirre Peixoto, d´A Tarde, Osvaldo Lyra da Tribuna da Bahia, Jairo Júnior, do Correio da Bahia, e de Bob Fernandes, do site Terra Magazine, além de Malu Fontes.

Back To Top