skip to Main Content
5 de março de 2021 | 10:08 pm

ILHÉUS: AUDITORIA APONTA IRREGULARIDADES NA SAÚDE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Irregularidades foram cometidas na gestão de Marleide Figueiredo, indicada pelo vereador Jailson Nascimento

Uma auditoria realizada pela Secretaria da Saúde da Bahia  aponta irregularidades cometidas na Secretaria da Saúde de Ilhéus, no período de janeiro a dezembro de 2009.
A investigação, realizada em conjunto com a Secretaria Nacional de Auditorias, vinculada ao Ministério da Saúde, constatou fortes indícios de desvios, como gastos exorbitantes com a locação de imóveis, compra de peças para veículos e pagamentos de serviços “extra-SUS”. Tudo sem licitação.
Somente com os referidos serviços extra-SUS, prestados por clínicas particulares, a SMS ilheense gastou em 2009 o valor de R$ 17.450,540,66. Repetindo: “sem licitação”.
Na época em que os desvios foram cometidos, a Secretaria estava sob o comando da enfermeira Marleide Figueiredo, aliada política e indicada pelo presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jailson Nascimento.
(Com informações do Blog do Gusmão)

Esta publicação possui 5 comentários
  1. Sera que essa auditoria e a mesma que oDeputado Bassuma(PV) denunciou nas 02 ultimos debates sobre a corrupçao na secretaria Estadual da Saude? Os repasses da PMS para o Samu 192 esta atrasado em 19 milhoes, os equipamentos de UTI dos hospitais estaduais estao para serem retirados por falta de pagamento de locação desde abril,o Otto que chegar agora para assumir a Saude, onde vamos parar?

  2. Por isso que faz quatro anos que ilhéus não abre chamamento público para credenciar novas clínicas. Está entendido.
    Deveria se feito tambem uma auditoria Na Secretaria de Saúde de UNA, onde a família do prefeito (nepostista sem pudor), manda e desmanda, faz e acontece. E acho até que esta Marleide está dando consultoria lá em Una. Imaginam para que não é?

  3. Quem assiste Jornal Nacional viu. Barbalha (CE) é um centro de excelência em saúde para o Nordeste o exemplo no interior do Ceara, a irmã Rosamaria, diretora executiva do hospital e controla as financias do Hospital explicou que:
    “Geralmente, a administração pública só olha para o bolso”, “Não queremos saber se o paciente é rico ou pobre. A gente não trata paciente como número”, completa.
    “Não vivemos aperreados por causa de dinheiro, o SUS não atrasa, então o que custa aplicar corretamente esses recursos? Nada”, acredita Ernane de Freitas.

  4. Um aviso aos trolls derrotados:
    A auditoria é na aplicação de verbas repassadas ao Município.
    Tem um “troll” comentando e querendo estendê-la ao Estado.
    Não sei se por ignorância ou “trollice”.

  5. a secretaria de saude de ilheus precisa tomar um rumo, efastar a presença de marleide, sonilda e cia, deve ser uma das medidas principais pata o sucesso de uma politica de recuperação, a credibilidade de ilheus esta na lama, por causa da permanencia destas duas e suas companheiras, o colapso ja se instalou, so não ve quem não quer

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top