skip to Main Content
6 de abril de 2020 | 11:51 am

MESÁRIA APARECE NA SEÇÃO APENAS COM O TÍTULO E É BARRADA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nem sua condição de mesária impediu a secretária parlamentar Margareth Brandão de ser barrada na manhã deste domingo, 3, quando compareceu à 47ª seção eleitoral para votar. Ela estava munida apenas do título de eleitor, que só é aceito se acompanhado de algum documento com foto.
A documentação insuficiente foi atestada por um fiscal da coligação “Pra Bahia Seguir em Frente”, que não permitiu que a mesária seguisse até a cabine de votação.
Margareth Brandão alegou que havia esquecido a carteira de identidade em casa, mas observou que é pessoa conhecida da comunidade e mesária há muitos anos naquela seção. Informou até o nome que estava antes do seu na lista de votação: o do juiz de direito Marfísio Cordeiro.
Mesmo assim a fiscalização não voltou atrás na decisão de impedir o voto da secretária parlamentar, que se retirou da seção fazendo protesto.

Esta publicação possui 9 comentários
  1. A doutora queria aplicar o “notório conhecimento”. Mas se esqueceu do preceito constitucional:”a ninguém é dado o direito de desconhecer a lei”. Portanto, a advogada e secretária parlamentar deu vexame…Que mico!!!!

  2. Que bom seria se houvesse a mesma fiscalização para impedir que os Fichas Sujas se candidatassem, concorressem, no entanto não é o que nós vemos, …!!!
    Por outro lado, mesmo sabendo que não pode, o povo ainda teima, …!!!
    Não há nada mais complicado que o ser humano, …!!!
    Deus que me livre, …!!!

  3. Acho isso uma palhaçada , porque meu marido votou no fórum e deu só o titulo , só pra ver se eles pediam a caretira de identidade , e pásmem , eles não pediram , e ele votou só com o titulo.

  4. EU VOTEI NA SECÇÃO 30ª DA ZONA 28ª COLEGIO GALILEU E LÁ A MESÁRIA NÃO ME PEDIU NENHUM DOCUMENTO COM FOTO, EMBORA EU TIVESSE PORTANDO A MINHA RG. PELO VISTO NEM TODOS OS MESÁRIOS DÃO IMPORTÂNCIA AS REGRAS.

  5. Fico feliz com a vitoria do governador agner. Mostra com isso, que o povo Bahiano não quer mas voltar ao tempo do CARLISMO. onde se vivia uma administração de opressão para com o povo Bahiano (pobre), porque só o rico tinha vez.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top