skip to Main Content
5 de agosto de 2020 | 06:49 pm

POLÍCIA PRENDE HOMEM COM 2 MIL SANTINHOS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Polícia apreende cerca de dois mil santinhos (Foto Fábio Roberto/Pimenta na Muqueca).

O agente funerário Genildo Avilez Mendes, 40 anos, foi detido, há pouco, com bandeiras e cerca de dois mil santinhos de candidatos a deputado. Genildo estava em um Fiat Strada, placa JPJ-7416, com licença de Itajuípe-BA. O material seria usado em boca de urna, prática proibida nas eleições.
O agente funerário tentou livrar-se do flagrante ao jogar os santinhos para o alto, na avenida Juracy Magalhães, centro, em Itabuna. Policiais militares apreenderam os santinhos e o veículo e levaram Genildo para o Complexo Policial.
Após assinar termo circunstanciado, o agente foi liberado. Caberá à Justiça Eleitoral determinar o que será feito com o Fiat Strada apreendido na operação. O material era dos candidatos a deputado Augusto Castro (estadual) e Félix Júnior (federal).
MAIS APREENSÕES
Ao final desta manhã, a Polícia Militar também apreendeu material de propaganda no bairro Jorge Amado, periferia de Itabuna. Homens foram detidos com aproximadamente 1.500 santinhos dos candidatos a deputado Fábio Lima (PTdoB), Caduda Braga (PSDB) e João Almeida (PSDB).
Atualizado às 12h13min

Esta publicação possui 5 comentários
  1. O dibheiro que essa gente gasta para dizer que é gente boa, dá para fazer grandes programas sociais. Conheço gente em Itabuna que fez boca de urna para Augusto Castro; o melhor é que recebeu a merreca, mas votou em outro candidato. Coisa boa!!!
    O povo tem que cobrar respeito ao Meio ambiente. Todas as ruas das cidades brasileiras estão repletas de “santinhos”como se isso fosse modificar o voto de alguém. Um prejuizo que deve acabar por diversas razões.

  2. Em Itabuna comparando com a eleição anterior de 2008 mudaram o dia e os locais para compra de votos, desta vez a coisa foi feita dentro das casas dos cabos eleitorais, e foi a noite na vespera da eleição.
    Ontem a noite na casa de um certo vereador de Itabuna que reside no bairro Santo Antonio a coisa tava parecendo um ponto de droga, cada voto valia 50 reais e pago à vista, o candidato filho de ex-governador mandou uma boa grana para o vereador que prometeu muitos votos, bem mais do que na eleição de 2006 quando também comprou uma outra quantidade.

  3. os radialista da radio difulsora estão fazendo propaganda no ar ao vivo e a cores ao mesmo tempo indusindo os eleitores a não votar em doutor Edson Dantas e nem em Geraldo Simões dizendo eles que quem votar nesses dois candidatos irá perder o voto que vergonha para a difusora com essa ruma de radialistas jabazeiros ! , cade a democracia dessa radio ?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top